SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN- Secretário de Tributação do Estado, Carlos Eduardo Xavier, revelou que as medidas do novo decreto estão em discussão de acordo com o contexto atual da pandemia da Covid-19 no RN


Redação 10/05/2021 | 08:15 Secretário de Tributação do RN Carlos Eduardo Xavier. Foto: Reprodução/Governo do RN O decreto estadual em vigor terá a validade encerrada na próxima quarta-feira 12. Por isso, o Governo do Rio Grande do Norte divulgará as novas medidas restritivas até o dia 12 de maio. Em entrevista ao Bom Dia RN nesta segunda-feira 10, o secretário de Tributação do Estado, Carlos Eduardo Xavier, revelou que o novo decreto está em discussão. Questionado sobre a possível flexibilização de algumas medidas, o secretário indicou que há discussão entre representantes da gestão estadual. “[Possíveis flexibilizações] Essa é a discussão da semana. A Secretaria de Saúde e o gabinete de crise do Governo do Estado estão debruçados sobre os números, sobre o contexto da pandemia no Estado. Até quarta-feira, a governadora vai anunciar as medidas desse novo decreto”, pontuou. O decreto em vigência tem o toque de recolher entre o horário das 22h às 5h, de segunda a sábado, e integral aos domingos e feriados – com exceção dos serviços essenciais. As academias estão autorizadas das 5h às 22h, respeitando o toque de recolher. Restaurantes também estão autorizados a funcionar com 50% da capacidade, das 11h às 21h – com liberação aos domingos das 11h às 15h – e tolerância de 60 minutos para encerramento das atividades. Foi mantido a proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes. No decreto publicado no dia 1º de abril, o Governo do Estado autorizou a volta do funcionamento do comércio.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/novo-decreto-estadual-sera-divulgado-ate-quarta-feira-governo-do-rn-discute-possiveis-flexibilizacoes/ | Agora RN



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.