Salmo 122 Estudo: A Casa de Deus


No Salmos 122, Davi descreve o seu amor por Jerusalém, e foi justamente durante seu reinado que ela foi escolhida como a cidade que levaria o nome do Senhor, o que trouxe muita alegria e felicidade para aquelas pessoas.

Para que você entenda essa passagem e o que significa, preparamos esse estudo bíblico, leia com atenção e aprenda mais da palavra do Senhor!

Salmo 122 estudo

Salmo 122 Estudo: A Casa de Deus
Salmo 122 Estudo: A Casa de Deus

Eles sentiam satisfação e alegria de estarem na casa de Deus, para eles era o local de congregação do seu povo que ali estava.

Além disso, se tratava também um local de paz, de edificação da alma e harmonia, as intrigas e carnalidades ficavam fora desse espaço delimitado à adoração do Senhor.

E assim como naquela época, hoje também o templo deve ser uma ambiente agradável, um espaço onde possa encontrar Deus na terra.

Desse modo, Davi continua estimulando os leitores a orarem pela paz de Jerusalém para a segurança de todos aqueles que amam.

Os conflitos em Jerusalém

Como foi antecedido no Salmo 121, Jerusalém, também chamada de a cidade santa, sempre foi alvo de muitas guerras e conflitos. Isso deve ao fato de ser uma terra onde há promessas de Deus, e que o diabo sente muito desconforto.

Sendo assim, nós como cristãos devemos orar por Jerusalém, pela cidade que o nosso Deus fez promessas, e essa passagem diz exatamente em um contexto onde Davi pede orações para que a paz de Jerusalém continue.

É também, uma cidade revestida de glória e seu nome permanecerá para sempre como sendo do Senhor.

Portanto, todos aqueles que buscam o bem da cidade santa serão amados por Deus, e desfrutarão de segurança e paz.

Como no Salmo 122 – 1 que diz: “Vamos à casa do Senhor!” onde há um convite a todos aqueles que amam a Deus e querem estar na sua casa e na sua presença.

E continua na parte onde ele diz: “Nossos pés já se encontram dentro de suas portas, ó Jerusalém” e que “Jerusalém está construída como cidade firmemente estabelecida”.

Do versículo 6 ao 7, Davi enfatiza que oremos pela paz de Jerusalém e de todos que habitam em Israel para que vivam em segurança, assim como todos aqueles amam!

Todos aqueles que estão lá ou não, devem orar para que a paz seja reestabelecida e que as promessas de Deus possam se cumprir, havendo paz também entre todos aqueles que a habitam a cidade.

“Haja paz em ti” ele diz, como uma consequência da oração e da paz como um todo, isso demostra o quão poderosa é a nossa oração.

Objetivo de frequentar a casa de Deus

O intuito de ir à casa de Deus é justamente o prazer de servi-lo, junto à alegria dos outros irmãos.

Por essa razão, Davi sempre pede por oração para que essa paz seja duradoura a adoração a Deus possa continuar da forma que eles se alegravam.

 O objetivo final é estar sempre próximos de Deus e gozarmos de sua presença, estaremos ansiosos para adorá-lo e louvá-lo, desse modo, nossa atitude em relação a Deus determinará nossa visão de adoração.

Sem dúvida, Davi foi abençoado pelas visitas anteriores à Jerusalém, e em vista disso ele antecipava com santa alegria outra oportunidade para adorar ali.

Concluímos, portanto, que por se tratar de um cântico de peregrinação, ele é uma expressão de alegria pelo privilégio de ir até Jerusalém para adorar.

Com isso, Davi se alegrou com a oportunidade de se juntar a outras pessoas na jornada para adorar em Jerusalém, pois, há alegria em adorar na companhia de irmãos de fé.

Essa adoração pode ser vista para alguns como uma alusão ao ajuntamento do povo de Deus para comunhão espiritual.

E qual o significado de Jerusalém? Como sede do governo, era o centro da justiça para toda a nação. Tivessem os reis de Israel governado como Deus designara, seus governos teriam promovido e conservado misericórdia, justiça, paz, alegria e amor  virtudes que emanam do trono divino.

Em tese, Jerusalém deveria ser uma cidade de paz, com amor dos meus irmãos e muitas promessas de Deus, porém, exatamente por essa razão é constantemente arrasa por conflitos, que acreditamos serem obras do inimigo para tentar atrapalhar os planos do Senhor.

Mas, sabemos que no final, o único poder que irá prevalecer é o do Senhor, sendo assim que continuemos em oração por Jerusalém.

Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.