PENDÊNCIAS RN -Bertone: “Se PMDB quiser candidatura de Hermano, Garibaldi Filho vai aceitar”


trjurtu65u

Alex Viana

Repórter de Política

O vereador Bertone Marinho (PMDB) afirma que a candidatura do PMDB a prefeito de Natal em 2016 não está descartada e que o partido deverá se reunir para discutir as possibilidades que estão postas no quadro político municipal, inclusive composição com o governo Carlos Eduardo Alves (PDT), com possível aliança do partido em torno da reeleição do gestor. Neste fim de semana, as discussões sobre sucessão em Natal ganharam peso e relevância a partir da declaração do ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB). Em entrevista ao Jornal de Hoje, o ministro afirmou que, embora não haja uma posição formal do PMDB, sua preferência é que a legenda apoie a reeleição de Carlos Eduardo.

“A executiva municipal não foi chamada para conversar. Só estou vendo declarações de maneira pessoal, e não partidária. Não me chamaram formalmente para escutar o PMDB e ver nossa posição. Nós tivemos um candidato muito bem votado que foi para o segundo turno, que foi o deputado estadual reeleito Hermano Morais”, declarou Bertone. Sobre a opinião do ministro, Bertone disse ser a opinião do ministro. “Garibaldi declarou de uma maneira particular. Eu acho que ele sabe que vivemos num partido e que a deliberação se dá pela maioria. Se a maioria for a favor dele, o PMDB vai corroborar a opinião dele. Mas se a maioria for pela candidatura própria, Garibaldi vai ter humildade de ter opinião partidária e seguir o partido. A opinião dele foi pessoal”, frisou.

Apesar disso, o vereador não descarta defender a composição com o prefeito Carlos Eduardo. No entanto, é preciso saber quais espaços o PMDB irá ocupar na gestão do pedetista. “Eu sou a favor do diálogo. Quero perguntar ao prefeito Carlos Eduardo se o PMDB vai participar da gestão, de que maneira a gente pode ajudar”, afirmou. “E perguntar a opinião dos colegas. Vamos ouvir a argumentação do vereador Ubaldo Fernandes, do vereador Felipe Alves. Vamos perguntar aos outros membros do diretório. A gente só escuta opiniões de pessoas de hierarquia maior, e não escuta o PMDB municipal. É necessário diálogo e conversa”, disse Bertone, mostrando-se favorável, não à candidatura de Hermano ou ao apoio a Carlos, mas à discussão interna antes da tomada de posição unificada.

“Candidatura de Hermano é a mais racional para o PMDB”

Na visão de Bertone Marinho, a candidatura do PMDB a prefeito de Natal seria a posição mais racional que o PMDB poderia adotar em relação à sucessão municipal de 2016. “Muito gente defende que plantamos um nome, que foi o de Hermano. Não podemos descartar. Na verdade, é um conjunto de fatores que temos que sopesar, e, ao final, termos uma decisão majoritária”, defendeu o vereador.

Bertone foi além e avalia que dentro do projeto de candidatura própria do PMDB, a do deputado estadual reeleito Hermano Morais se afigura como a mais racional. “Eu acho que a candidatura própria para mim é mais racional, porque Hermano já mostrou. Eu caminhei ao lado de Hermano e o nome dele saiu fortalecido. É uma maneira de o PMDB administrar Natal, uma vez que faz muito tempo que o PMDB não administra a capital”.

As discussões sobre a sucessão municipal iniciaram em outubro de 2012, quando, eleito prefeito de Natal, Carlos Eduardo lançou-se candidato à reeleição. No último dia 26 de outubro, o governador eleito, Robinson Faria (PSD), acrescentou um fato a este processo, ao lançar o nome do deputado estadual reeleito Fernando Mineiro (PT) também candidato a prefeito de Natal em 2016.

Entre os analistas políticos, outros nomes também estariam dentro do processo, sendo eles, o do professor Robério Paulino (PSOL), que teve 22% dos votos nas eleições para governador do Estado; o do deputado federal eleito Rogério Marinho (PSDB); o do deputado estadual reeleito Kelps Lima (Solidariedade) e o do deputado federal reeleito Felipe Maia (DEM).

Sobre eventual candidatura a prefeito de Natal, Kelps Lima declarou hoje, em entrevista a 94 FM, que não descarta a possibilidade de disputar. “Não descarto, mas também não trabalho com esse cenário ao curto prazo. Eu acho que o Solidariedade tem preparado um projeto bom para a cidade, para o Estado e eu acredito que as candidaturas devem ser consequências de um projeto”, frisou.

Rate this post



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.