MACAU RN -PAPA CRITICA EXPLORAÇÃO FINANCEIRA NAS IGREJAS


This handout picture released by L'Osservatore Romano shows Pope Francis greeting a child during his weekly general audience in St. Peter square at the Vatican, Vatican City, 19 november 2014. ANSA/ OSSERVATORE ROMANO +++ HO - NO SALES, EDITORIAL USE ONLY +++

PAPA CRITICA EXPLORAÇÃO FINANCEIRA NAS IGREJAS

papa

Foto: ANSA

O papa Francisco fez uma homília forte durante a missa de Santa Marta nesta sexta-feira (21) e afirmou que Deus não tem nada a ver com dinheiro e que a Igreja Católica não pode ser “exploradora” ou vender a salvação.

“Há duas coisas que o povo de Deus não pode perdoar: um padre ligado ao dinheiro e um padre que maltrate as pessoas”, ressaltou o Pontífice dizendo que “os laicos” devem fazer denúncias “na cara do pároco” sobre o tráfico de dinheiro nas paróquias. Segundo a Rádio Vaticana, Francisco usou como exemplo a leitura da Bíblia em que Jesus expulsa os mercadores do Templo.

O Pontífice ressaltou que, muitas vezes ao entrar em uma Igreja, ainda hoje há a “lista de preços” para o batismo, para uma benção, para as intenções da Missa e “o povo se escandaliza”.

Ele aproveitou para contar um fato que observou enquanto era padre.

“Estava com um grupo de universitários e vários deles queriam se casar. Tinham ido a uma paróquia e queriam fazer o casamento com uma missa. E o secretário paroquial lhes disse: “Não, vocês não podem”. “Mas porque não podemos casar com a missa?”. “Não, não pode porque acrescenta mais de 20 minutos à celebração”. “Mas por que?”. “Porque há outros horários”. “Mas, nós queremos com a missa”. “Então, me paguem dois horários”. E, para que eles se casassem, precisaram pagar por dois horários. Isso é um pecado escandaloso!”, contou o Papa.

Ele pediu atitude dos fieis católicos para combater esse tipo de corrupção e problemas da entidade, afirmando que “quando aqueles que estão no Templo, sejam sacerdotes, laicos ou secretários, se tornam exploradores” é preciso “ter a coragem de denunciar”.

Jorge Bergoglio ainda explicou o motivo de sua revolta com a questão do dinheiro. “Mas, o que Jesus tem contra o dinheiro? É que a redenção é gratuita. A gratuidade de Deus é trazida por Ele, a gratuidade total do amor de Deus. E quando a Igreja ou as igrejas se tornam exploradoras, se diz que a salvação não é… tão gratuita. Por isso, quando Jesus destroi tudo é um rito de purificação no Templo”.

Agência ANSA

Rate this post



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.