FOTOS IMAGENS-Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia


Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia

Sílvio Túlio e Vanessa MartinsDo G1 GO

Loading...
Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia, Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1)Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia (Foto: Vanessa Martins/G1)

O corpo da adolescente Andressa Cristina Marçal Souza, de 16 anos, encontrada morta junto com o namorado, Uenio Leite da Silva, de 25, é velado na tarde desta quinta-feira (2), no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. Sob forte comoção da família, a funerária chegou ao local com a garota por volta de 15h45. Muito emocionados, parentes e amigos se despedem da menina.

Assim que o corpo chegou, a mãe da  a dona de casa Mara Sandra Marçal Rodrigues, de 36 anos, teve de ser amparada. Chorando muito, ela se debruçou sobre o caixão. Já o irmão de Andressa, Tiago Henrique Marçal, de 21, quase desmaiou. Ele também precisou receber ajuda.

A bisavó de Andressa, Divina Lázara Marçal, também muito emocionada, questionava: “Meu Deus, por que, meu Deus?”.

Segundo a família, o sepultamento de Andressa está marcado para ocorrer somente na manhã de sexta-feira (3), às 9h, no mesmo local.

O corpo de Uenio é velado no Cemitério Jardim da Saudade, também em Goiânia.

Sumiço
Andressa e Uenio foram encontrados mortos na madrugada desta quinta-feira (2), na casa do rapaz, no Setor Chácaras Retiro, em Goiânia. Os parentes dizem que a garota saiu de casa por volta do meio-dia de terça-feira (28) e não fez mais contato. Na quarta-feira (1º), a mãe diz que recebeu uma mensagem anônima no celular avisando que o casal tinha sido morto a tiros.

A mãe de Andressa disse que era contra o relacionamento e temiam que algo errado acontecesse com a garota. “Eu não gostava dele, tinha medo de que acontecesse algo ruim. Agora eu fiquei sem minha filha. Por que esse cara [autor do crime] matou minha ela também? Ela não fazia maldade para ninguém,”, lamentou.

Amigos de Andressa também falaram que não gostavam do namoro. “A gente alertava ela, mandava sair fora do Uenio. Ele era estranho, tinha rolo com muita gente, mal olhava para a gente. Todos sabiam da má fama dele aqui no bairro, tanto que ele não parava em lugar nenhum. Vivia mudando de casa, fugindo. Eu tenho certeza de que ela não foi o alvo desse crime. Morreu porque estava com ele”, disse a estudante Maísa Pereira Lima, de 20 anos.

A estudante  Yasmin Rosa, 19, também diz que os amigos falavam para Andressa deixar de ver o rapaz, mas ela estava cada vez mais envolvida. “Ele tinha muito ciúmes dela, então, desde o começo, sabia que não ida dar certo. Mas ela estava cega, apaixonada, achava que ele era mil maravilhas. Uma vez saí com eles e ele nos levou em uma festa barra pesada, com muita gente estranha, foi aí que falei para ela romper com ele. Mas ela não escutava”, lamentou.

Dona de casa Mara Sandra Marçal Rodrigues, 36, chora pela morte da filha, Andressa Marçal Souza, em Goiânia, Goiás (Foto: Fernanda Borges/G1)Mara Sandra chora pela morte da filha, Andressa, em Goiânia (Foto: Fernanda Borges/G1)
Amigos de Andressa Cristina Marçal Souza dizem que desaprovavam namoro da adolescente com Uenio, em Goiânia, Goiás (Foto: Fernanda Borges/G1)Amigos dizem que desaprovavam namoro de Andressa com Uenio (Foto: Fernanda Borges/G1)

Tristeza
Muito abalada, a mãe de Andressa diz que a jovem costumava sair e passava a noite com o rapaz, mas ela sempre era contra. Além de temer pela segurança da filha, ela não queria que o filho da adolescente, um bebê de 1 ano e 8 meses, ficasse sem ser amamentado.

“Ele ainda mama no peito e já está sentindo falta da mãe. Por que Deus deixou isso acontecer com a minha filha? Por que isso aconteceu? Agora meu netinho ficou sem mãe, tão novinho, é triste demais”, lamentou.

Bisavó de Andressa, Divina Lázara Marçal diz ter certeza de que a bisneta não era alvo. “Ela estava no local errado, na hora errada. O atirador queria matar ele [Uenio], mas teve medo de que ela contasse quem era. Por isso, a matou também, mas ele não matou apenas ela, matou toda a nossa família”, afirmou.

Segundo a família, Andressa tinha parado de estudar quando engravidou, mas planejava retomar os estudos neste ano, quando ia cursar o sétimo ano do ensino fundamental. A adolescente ia completar 17 anos no dia 18 de maio. “Ela sonhava em ser modelo. Sempre dizia que queria estudar, ver o filho crescer, mas o sonho mesmo era trabalhar como modelo”.

Amigo e vizinho da família, o ex-vereador Djalma Araújo esteve na casa onde Andressa morava com os bisavós, a mãe e alguns parentes nesta manhã. O pai de Andressa, Wanderson Souza, trabalhou com o político por oito anos.

“Conheci a Andressa ainda na barriga da mãe. Quando tinha 4, 5 anos, ela ficava no bairro carregando minha bandeirinha de campanha. Esse crime horrível aconteceu porque nossa juventude está perdida. Essa não foi a única morte, vão acontecer mais enquanto o poder público não agir. Precisamos de segurança”, disse ao G1.

Sílvio Túlio e Vanessa MartinsDo G1 GO

Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia, Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1)Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia (Foto: Vanessa Martins/G1)

O corpo da adolescente Andressa Cristina Marçal Souza, de 16 anos, encontrada morta junto com o namorado, Uenio Leite da Silva, de 25, é velado na tarde desta quinta-feira (2), no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. Sob forte comoção da família, a funerária chegou ao local com a garota por volta de 15h45. Muito emocionados, parentes e amigos se despedem da menina.

Assim que o corpo chegou, a mãe da  a dona de casa Mara Sandra Marçal Rodrigues, de 36 anos, teve de ser amparada. Chorando muito, ela se debruçou sobre o caixão. Já o irmão de Andressa, Tiago Henrique Marçal, de 21, quase desmaiou. Ele também precisou receber ajuda.

A bisavó de Andressa, Divina Lázara Marçal, também muito emocionada, questionava: “Meu Deus, por que, meu Deus?”.

Segundo a família, o sepultamento de Andressa está marcado para ocorrer somente na manhã de sexta-feira (3), às 9h, no mesmo local.

O corpo de Uenio é velado no Cemitério Jardim da Saudade, também em Goiânia.

Sumiço
Andressa e Uenio foram encontrados mortos na madrugada desta quinta-feira (2), na casa do rapaz, no Setor Chácaras Retiro, em Goiânia. Os parentes dizem que a garota saiu de casa por volta do meio-dia de terça-feira (28) e não fez mais contato. Na quarta-feira (1º), a mãe diz que recebeu uma mensagem anônima no celular avisando que o casal tinha sido morto a tiros.

A mãe de Andressa disse que era contra o relacionamento e temiam que algo errado acontecesse com a garota. “Eu não gostava dele, tinha medo de que acontecesse algo ruim. Agora eu fiquei sem minha filha. Por que esse cara [autor do crime] matou minha ela também? Ela não fazia maldade para ninguém,”, lamentou.

Amigos de Andressa também falaram que não gostavam do namoro. “A gente alertava ela, mandava sair fora do Uenio. Ele era estranho, tinha rolo com muita gente, mal olhava para a gente. Todos sabiam da má fama dele aqui no bairro, tanto que ele não parava em lugar nenhum. Vivia mudando de casa, fugindo. Eu tenho certeza de que ela não foi o alvo desse crime. Morreu porque estava com ele”, disse a estudante Maísa Pereira Lima, de 20 anos.

A estudante  Yasmin Rosa, 19, também diz que os amigos falavam para Andressa deixar de ver o rapaz, mas ela estava cada vez mais envolvida. “Ele tinha muito ciúmes dela, então, desde o começo, sabia que não ida dar certo. Mas ela estava cega, apaixonada, achava que ele era mil maravilhas. Uma vez saí com eles e ele nos levou em uma festa barra pesada, com muita gente estranha, foi aí que falei para ela romper com ele. Mas ela não escutava”, lamentou.

Dona de casa Mara Sandra Marçal Rodrigues, 36, chora pela morte da filha, Andressa Marçal Souza, em Goiânia, Goiás (Foto: Fernanda Borges/G1)Mara Sandra chora pela morte da filha, Andressa, em Goiânia (Foto: Fernanda Borges/G1)
Amigos de Andressa Cristina Marçal Souza dizem que desaprovavam namoro da adolescente com Uenio, em Goiânia, Goiás (Foto: Fernanda Borges/G1)Amigos dizem que desaprovavam namoro de Andressa com Uenio (Foto: Fernanda Borges/G1)

Tristeza
Muito abalada, a mãe de Andressa diz que a jovem costumava sair e passava a noite com o rapaz, mas ela sempre era contra. Além de temer pela segurança da filha, ela não queria que o filho da adolescente, um bebê de 1 ano e 8 meses, ficasse sem ser amamentado.

“Ele ainda mama no peito e já está sentindo falta da mãe. Por que Deus deixou isso acontecer com a minha filha? Por que isso aconteceu? Agora meu netinho ficou sem mãe, tão novinho, é triste demais”, lamentou.

Bisavó de Andressa, Divina Lázara Marçal diz ter certeza de que a bisneta não era alvo. “Ela estava no local errado, na hora errada. O atirador queria matar ele [Uenio], mas teve medo de que ela contasse quem era. Por isso, a matou também, mas ele não matou apenas ela, matou toda a nossa família”, afirmou.

Segundo a família, Andressa tinha parado de estudar quando engravidou, mas planejava retomar os estudos neste ano, quando ia cursar o sétimo ano do ensino fundamental. A adolescente ia completar 17 anos no dia 18 de maio. “Ela sonhava em ser modelo. Sempre dizia que queria estudar, ver o filho crescer, mas o sonho mesmo era trabalhar como modelo”.

Amigo e vizinho da família, o ex-vereador Djalma Araújo esteve na casa onde Andressa morava com os bisavós, a mãe e alguns parentes nesta manhã. O pai de Andressa, Wanderson Souza, trabalhou com o político por oito anos.

“Conheci a Andressa ainda na barriga da mãe. Quando tinha 4, 5 anos, ela ficava no bairro carregando minha bandeirinha de campanha. Esse crime horrível aconteceu porque nossa juventude está perdida. Essa não foi a única morte, vão acontecer mais enquanto o poder público não agir. Precisamos de segurança”, disse ao G1.

Andressa Cristina Marçal Souza é encontrada morta com o namorado em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ Facebook)Amigos dizem que Andressa Marçal sonha em ser modelo (Foto: Reprodução/ Facebook)

Investigação
A morte do casal é apurada pelo delegado Marco Aurélio Ferreira, da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH). Ele disse que ainda não pode adiantar nenhuma informação sobre a motivação do crime. Nenhum suspeito foi preso até o início da tarde desta quinta-feira.

Mais cedo, o assessor da Polícia Civil de Goiás, delegado Gylson Mariano, explicou que o crime pode ter sido motivado por um acerto de contas. “Testemunhas nos relataram informalmente que ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas e isso pode ser o motivo do crime”, disse.

A Polícia Técnico-Científica também foi até a casa onde os corpos foram achados. Segundo o perito Ricardo Matos, a suspeita é de que as mortes foram premeditadas. “As características mostram que os autores agiram no momento em que as vítimas estavam em repouso, estavam sem chance de defesa”, contou. Segundo ele, Uenio levou três tiros e a adolescente, dois.

Os corpos do casal são velados nesta tarde em cemitérios diferentes, em Goiânia. O rapaz deve ser seputado ainda nesta tarde. Já o enterro de Andressa deve ser realizado na manhã de sexta-feira (3).

Casal de namorados é encontrado morto em casa no Setor Chácaras Retiro, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Corpos de casal foram achados em casa no Setor Chácaras Retiro (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

 

tópicos:

Andressa Cristina Marçal Souza é encontrada morta com o namorado em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ Facebook)Amigos dizem que Andressa Marçal sonha em ser modelo (Foto: Reprodução/ Facebook)

Investigação
A morte do casal é apurada pelo delegado Marco Aurélio Ferreira, da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH). Ele disse que ainda não pode adiantar nenhuma informação sobre a motivação do crime. Nenhum suspeito foi preso até o início da tarde desta quinta-feira.

Mais cedo, o assessor da Polícia Civil de Goiás, delegado Gylson Mariano, explicou que o crime pode ter sido motivado por um acerto de contas. “Testemunhas nos relataram informalmente que ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas e isso pode ser o motivo do crime”, disse.

A Polícia Técnico-Científica também foi até a casa onde os corpos foram achados. Segundo o perito Ricardo Matos, a suspeita é de que as mortes foram premeditadas. “As características mostram que os autores agiram no momento em que as vítimas estavam em repouso, estavam sem chance de defesa”, contou. Segundo ele, Uenio levou três tiros e a adolescente, dois.

Os corpos do casal são velados nesta tarde em cemitérios diferentes, em Goiânia. O rapaz deve ser seputado ainda nesta tarde. Já o enterro de Andressa deve ser realizado na manhã de sexta-feira (3).

Casal de namorados é encontrado morto em casa no Setor Chácaras Retiro, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Corpos de casal foram achados em casa no Setor Chácaras Retiro (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

 

tópicos:

FOTOS IMAGENS-Corpo de adolescente achada morta com namorado é velado em Goiânia
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *