FOTOS IMAGENS-Após transferência, Sérgio Cabral chega a carceragem da PF em Curitiba


Após transferência, Sérgio Cabral chega a carceragem da PF em Curitiba

10/12/2016 16h25 – Atualizado em 10/12/2016 20h20

Após transferência, Sérgio Cabral chega a carceragem da PF em Curitiba

Ex-governador do Rio de Janeiro foi preso pela Operação Calicute.
MP-RJ denunciou visitas irregularidades de amigos e familiares de Cabral.

Do G1 PR

whatsapp_image_2016-12-10_at_15-41-35

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) chegou à região de Curitiba por volta das 16h20 deste sábado (10). O político foi preso pela Operação Calicute e estava detido no complexo penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro, desde o dia 17 de novembro.

Ele desembarcou no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana da capital paranaense, e foi levado ao Instituto Médico-Legal de Curitiba para exame de corpo de delito. Em seguida, o ex-governador foi para Superintendência da Polícia Federal, onde estão 12 presos da Operação Lava Jato.

O ex-governador ficará na mesma carceragem que, por exemplo, o deputado cassado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-ministro Antônio Palocci e Marcelo Odebrecht.

Cabral foi transferido por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. O Ministério Publico do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou de que o ex-governador estava recebendo visitas de amigos e familiares irregulares.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) divulgou nota sobre as visitas ao ex-governador. No documento esclarece que “todas as visitas de familiares do ex-governador Sérgio Cabral foram previamente cadastradas e tiveram as carteirinhas de visitantes expedidas conforme normas desta secretaria”.

A Operação Calicute investiga desvios de R$ 220 milhões em obras do governo estadual do Rio, no período em que Cabral foi governador – entre 2007 e 2014.

Além de Cabral, dez pessoas foram presas no dia que a operação foi deflagrada.

Na terça-feira (6), a advogada Adriana Ancelmo, mulher de Cabral, também foi detida.

Conforme os investigadores, o grupo que seria liderado por ele recebia propinas pagas pela construtora Andrade Gutierrez, responsável, por exemplo, pela reforma no Estádio do Maracanã, para a Copa do Mundo.

O inquérito policial concluiu que o ex-governador e o grupo supostamente liderado por ele cometeu crimes que vão de corrupção passiva e ativa, organização criminosa a lavagem de dinheiro. Entre os indiciados estão o ex-governador Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo.

Ainda devem ser instaurados outros inquéritos policiais para aprofundamento de novas vertentes da investigação.

Defesa fala que Cabral corria risco
De acordo com o Jornal Hoje, Bretas também considerou o pedido da defesa do ex-governador pra autorizar a transferência. Os advogados alegaram que Cabral corria em risco por estar no mesmo presídio de traficantes e milicanos presos enquanto ele era governador.

Manifestação popular
Do lado de fora do prédio da Polícia Federal, cerca de 10 pessoas esperam a chegada do ex-governador do Rio de Janeiro. Um carro de som toca músicas e mensagens de apoio à Lava Jato, ao juiz Sérgio Moro e contra Sérgio Cabral.

Populares acompanharam a chegada de Sérgio Cabral à Polícia Federal de Curitiba (Foto: Rafael Nascimento/ RPC Curitiba)Populares acompanham a chegada de Sérgio Cabral à Polícia Federal de Curitiba (Foto: Rafael Nascimento/ RPC Curitiba)
Criança coberta pela bandeira do Brasil aguarda a chegada de Sérgio Cabral à Polícia Federal de Curitiba (Foto: Rafael Nascimento/ RPC Curitiba)Criança coberta pela bandeira do Brasil aguarda a chegada de Sérgio Cabral à Polícia Federal de Curitiba (Foto: Rafael Nascimento/ RPC Curitiba)

Quer saber mais notícias do estado? Acesse G1 Paraná.

FOTOS IMAGENS-Após transferência, Sérgio Cabral chega a carceragem da PF em Curitiba
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *