Polícia Civil prende quadrilha acusada de assaltar e matar taxista


qaudrilha-taxi

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) sob o comando do delegado Herlânio Cruz, prendeu na manhã dessa sexta-feira (22), quatro pessoas acusadas de assaltar e matar o taxista João Batista de Souza, de 54 anos, crime ocorrido na última quarta-feira (22) em Extremoz. Um dos suspeitos é um adolescente de 17 anos. Os acusados foram identificados como sendo Ewerton José Gomes Pereira, 21 anos, Tiago da Silva Santos, 22, Renato Fernandes da Costa, 22, e um menor com 17 anos. Todos confessam ter praticado o crime, mas negam que tenham tido a intenção de matar a vítima, alegando que apenas o amarraram e o abandonaram ainda com vida e que só souberam da morte da vítima no outro dia pela televisão. Tiago diz ter levado do roubo apenas o celular e a carteira do taxista.

O corpo do taxista João Batista de Souza, de 54 anos, foi encontrado por trás de uma fábrica, no município de Extremoz com as mãos amarradas e marcas de estrangulamento na manhã de ontem (21). A vítima teve o carro roubado na noite da quarta-feira (20) por quatro homens armados que teriam usado o veículo da vítima para assaltar uma loja de conveniência em um posto de combustíveis no município de Touros, no litoral Norte potiguar.  O carro de João Batista foi encontrado na manhã desta quinta-feira (21) no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte de Natal. Em depoimento, os acusados dizem ter pedido uma corrida ao taxista e seguiram em direção a Extremoz e quando entraram numa estrada carroçável anunciaram o assalto. Eles também disseram à polícia que o tempo todo a vítima colaborou e não esboçou reação.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.