A PALAVRA DO DIA-Tema: “Jesus disse: “Vocês entenderam o que eu fiz?


BASE BÍBLICA

O apóstolo Paulo exorta sobre a necessidade da unidade espiritual entre os cristãos. Mais ainda, lembra-nos que devemos ser mais como Cristo, ter o mesmo ânimo e o mesmo amor incondicional. O amor cristão deve ser recíproco, ou seja, “ame e será amado”. Jesus era divino, mas também humano. Humilhou-se a si mesmo, converteu-se em servo. Foi criado como um ser humano comum, provavelmente trabalhando como carpinteiro com seu pai terreno. Foi obediente até a cruz, sofreu morte vergonhosa e dolorosa, a morte de um escravo.

INTRODUÇÃO

Filipenses 2. 1 – 11: Estes versículos nos fazem entender como os cristãos devem viver para receber a vida eterna. Paulo pede aos Filipenses, e a nós, que nos amemos uns aos outros; ter um só espírito e um só propósito. Quanto trabalhamos juntos, atendendo os problemas dos outros, como se fossem nossos, seguimos o exemplo do amor de Cristo. Não é necessário nos preocuparmos em dar uma boa impressão ou fazer as coisas somente para agradarmos a nós mesmos. Este tipo de atitude causa discórdia dentro do Corpo de Cristo. Deus prometeu suprir todas as nossas necessidades de acordo com suas riquezas em Glória, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor.

Capítulo 2: 1 – 5: Imitar o amor incondicional e a humildade de Cristo

A ambição egoísta pode arruinar a Igreja e o mundo, mas o amor genuíno pode redimi-los. Ter amor genuíno e humildade significa olharmos sob a perspectiva da verdade. Ser humildes não significa que tenhamos que depreciarmos a nós mesmos. Tenhamos presente que somos pecadores salvos somente pela graça; mas temos sido salvos e, portanto, nosso valor no Reino de Deus é grande. Por isso, deixemos de lado nosso egoísmo e tratemo-nos com respeito e com cortesia. Olhemos para Cristo, que foi o verdadeiro exemplo de humildade e de amor incondicional.

Filipos era uma cidade cosmopolita, e assim são as Bahamas e muitos outros países do mundo. A Igreja é um reflexo da comunidade, de pessoas com uma variedade de histórias pessoais. Nas igrejas das Bahamas encontramos uma diversidade de culturas e nacionalidades que vêm do Haiti, da Jamaica, da Guiana, de Barbados, dos Estados Unidos e de outras ilhas. Além disso, há homens e mulheres de negócios, ricos, outros não tão ricos e outros que vivem em pobreza total.

Com tanta variedade entre os membros, a unidade não é sempre fácil de ser mantida, embora não haja sinais evidentes de divisão na Igreja. Como seguidores de Cristo, devemos salvaguardar a unidade no corpo de Cristo. O apóstolo Paulo adverte-nos contra o egoísmo, a discriminação e os ciúmes que podem levar-nos à separação. Mostrar nosso interesse autêntico pelos outros é um passo positivo para manter a unidade entre os crentes e alcançar a comunidade de fora.

Cristo era humilde, obedecia a Deus servindo o povo. Como Cristo, nós devemos ter uma atitude de serviço, servindo com um amor incondicional a Deus e ao próximo, e não por medo ou sentimento de culpa. Recordemos que podemos escolher nossa atitude: podemos viver esperando ser servidos ou podemos buscar oportunidades para servir o próximo. Marcos 10.45 registrou: “Porque nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida como preço da liberdade de muitos.” (Ver mais sobre a atitude de Jesus como servo no Evangelho de João, cap. 13. 1-17).

Pergunta: Qual foi a ajuda mais importante que você recebeu ou que prestou a alguém? Por que razão essa ajuda foi tão importante?

Para conversar:

• Dar exemplos de ajuda dada por cristãos ou pela comunidade que tenha resolvido uma necessidade imediata e/ou permitido uma solução a longo prazo.

Capítulo 2. 6 -11: Serviço de amor incondicional como crentes em Cristo

Embora Cristo seja Deus, fez-se humano para levar a cabo o plano de salvação de Deus Pai para toda a humanidade. Cristo não somente tinha a aparência de um ser humano; fez-se humano para identificar-se com nossos pecados. “Embora existisse com o mesmo ser de Deus, não presumiu igualdade com Ele.” (v.6)

Ele morreu na cruz por nossos pecados, para que não tivéssemos que morrer eternamente. Assim, como podemos fazer menos que louvar a Cristo como nosso Senhor e nos dedicarmos ao Seu serviço?

Muitas vezes em nossa sociedade, as pessoas se desculpam do próprio egoísmo, da injustiça ou da maldade, reclamando seus privilégios. Por exemplo, alguém pode pensar: “Nesta prova posso colar; pois mereço terminar o meu curso.” Ou “posso gastar todo este dinheiro em coisas para mim, porque trabalhei muito duro para ganhá-lo.” Nós deveríamos ter uma atitude diferente para sermos capazes de servir o próximo. Se somos verdadeiros seguidores de Cristo, devemos viver como ele viveu. Devemos desenvolver sua atitude de amor incondicional para servir o outro, sem pensar no reconhecimento de nosso esforço. Deveríamos nos perguntar frequentemente: “Eu me apego aos meus privilégios ou estou disposta a servir?”

Nós todas somos líderes de alguma maneira; qualquer que seja nosso papel, nossa liderança deve seguir o exemplo de Cristo. Os sinais do amor incondicional em nossa liderança são:

• Cuidar do rebanho de Deus, não do nosso;
• Ser generosa pelo desejo de servir, não por obrigação;
• Preocupar-me pelo que eu possa dar e não pelo que eu possa receber;
• Guiar pelo exemplo e não pela força.

Pergunta: Você tem vivido momentos em sua vida cristã, centrada no amor e no serviço? Isso ajudou-a a esquecer seus temores?

Para conversar:

• Assuntos de saúde ou financeiros;
• Lugar de trabalho ou assuntos familiares;

CONCLUSÃO

E assim, minhas amigas em Cristo, Jesus pergunta a todas nós: “Vocês entenderam o que eu fiz?” Ele era Deus e humano ao mesmo tempo. Mostrou uma atitude de humildade e serviço. Nós, como suas seguidoras, devemos adotar a mentalidade de Cristo; devemos aproveitar todas as oportunidades para seguir seu exemplo.

Tomem parte de seu tempo para realizar pequenos atos de amor, mostrando apreço pelas pessoas, sem distinção. Animem alguém a cada dia. Busquem o lado bom das pessoas; falem-lhes das coisas de que gostam. Deus as usará em seus sorrisos, abraços e ações de serviço para levantar o ânimo de alguém que está chorando por dentro. Pratiquem o amor incondicional. Sejam amáveis, amorosas, humildes, sejam autênticas e justas. Estes simples atos podem trazer cura e paz, e vocês receberão a surpresa da graça eterna de Deus.

Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.