UMARIZAL RN-Jean Martins da Silva, foi alvejado por seu concunhado Lucilano Costa de Oliveira, 33 anos, em frente a casa do sogro de ambos, quando na oportunidade Jean tentava reatar o casamento e como a ex-mulher não estava em casa, ele, como de costume, passou a agredir o restante da família dela.


TIMA DE HOMICÍDIO NO ANO DE 2019; JEAN MARTINS MORREU NO HOSPITAL REGIONAL TARCÍSIO MAIA

Vítima de disparos de arma de fogo na noite do dia 24 de janeiro de 2019, no bairro caraíbas, Jean Martins da Silva, 30 anos, morreu na manhã desta quinta (07) em um dos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia, onde era tratado das lesões causadas pelos disparos.

Relembrando 
Jean Martins da Silva, foi alvejado por seu concunhado Lucilano Costa de Oliveira, 33 anos, em frente a casa do sogro de ambos, quando na oportunidade Jean tentava reatar o casamento e como a ex-mulher não estava em casa, ele, como de costume, passou a agredir o restante da família dela.
Lando Guilherme, como é mais conhecido o acusado, entrou em defesa da família, e como estava armado, efetuou disparos na direção do acusado, que em seguida subiu em sua motocicleta e procurou socorro no posto de saúde e após os primeiros socorros, ele foi encaminhado a uma unidade de saúde com mais recursos médicos e na ultima quinta-feira faleceu em decorrência dos disparos sofridos.
Na época, após o acontecido, Lando Guilherme fugiu e se apresentou dias depois com um advogado na delegacia de polícia civil, e após contar sua versão dos fatos, foi liberado para responder o processo em liberdade, devido ter livrado o flagrante.

*Umarizal News.

 



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.