Carregando...

Suspeito de assalto a empresário ostentava ‘vida de luxo’ em rede social


fabiano2222

22/05/2014 07h26 – Atualizado em 22/05/2014 15h40

Suspeito de assalto a empresário ostentava ‘vida de luxo’ em rede social

Acusado tinha dois carros, sendo um esportivo, além de duas motos.
Jovem comerciante que passava pelo local morreu durante a troca de tiros.

Rodrigo MartinsDo G1 Santos

Suspeito de assalto a empresário ostentava 'vida de luxo' em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)Suspeito de assalto a empresário ostentava ‘vida de luxo’ em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)

Foragido da Justiça, Fabiano Mateo Lázaro, acusado de participação na troca de tiros entre assaltantes e policiais à paisana que faziam a escolta de um empresário, que culminou com a morte do comerciante Vinícius Rodrigues Paiva, de 30 anos, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, ostentava uma vida de luxo. Morador de um prédio de classe média alta em Santos, Fabiano tinha dois carros, entre eles um modelo esporte de luxo, além de duas motos. Esses e outros bens materiais podiam ser conferidos em sua página em uma rede social.

Suspeito de assalto a empresário ostentava 'vida de luxo' em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)Fabiano Mateo Lázaro é considerado foragido (Foto:
Reprodução/Facebook)

Na página, o suspeito apresenta com orgulho o veículo de luxo que foi apreendido pela polícia durante uma operação na tarde desta quarta-feira (21), bem como as motos que possui, as quais ele chama de ‘princesas’ em uma das fotos postadas na rede social. A polícia destaca que os carros e as motos não estavam no nome de Fabiano, está tudo registrado em nome de uma empresa.

Suspeito de assalto a empresário ostentava 'vida de luxo' em rede social (Foto: Reprodução/Facebook)Suspeito chamava as motos de ‘princesas’ (Foto:
Reprodução/Facebook)

Fabiano teve a sua prisão temporária decretada na terça-feira (20), no entanto, ele ainda não foi encontrado. De acordo com as investigações, com base nas câmeras de monitoramento do prédio onde o suspeito reside, ele não é visto no edifício desde o dia do crime. Casado e com um filho, Fabiano já tem várias passagens por roubo e ficou pelo menos cinco anos preso.

Além do carro de Fabiano que foi apreendido, a polícia também localizou o segundo automóvel utilizado na fuga. O veículo foi encaminhado para a Delegacia Sede de Praia Grande.

Mais um suspeito é identificado
A polícia confirmou que já conseguiu identificar mais um dos suspeitos da ação. O nome não foi divulgado, mas o seu pedido de prisão temporária já foi apresentado pelo delegado Aloízio Pires de Araújo. A solicitação deve ser atendida pela Justiça.

De acordo com as imagens, o quarto suspeito seria o motorista de um furgão utilizado pelos assaltantes no dia do crime. Ao todo, três pedidos de prisão temporária foram expedidos, sendo que, até o momento, apenas Maurício Fernando Iglesias Zacca, de 34 anos, foi preso.

Primeiro preso
A polícia chegou até Maurício Fernando Iglesias Zacca, de 34 anos, por meio das imagens de câmeras de monitoramento que gravaram a ação dos criminosos. Sua prisão temporária foi decretada. Além de Maurício, Fabiano Mateo Lázaro e Luciano, conhecido como ‘Jagunço’, também foram identificados e são procurados pela polícia. Suas prisões também já foram decretadas.

Suspeito de participar de tiroteio com morte de inocente é preso no litoral de SP (Foto: Reprodução / TV Tribuna)Suspeito de participar de tiroteio é preso no litoral
de SP (Foto: Reprodução / TV Tribuna)

Caso
De acordo com a Polícia Militar (PM), quatro homens armados com fuzis e revólveres esperavam a vítima – um empresário, dono de uma distribuidora de gás – na saída do Viaduto 6, na Via Expressa Sul, no bairro Ocian. Ele estava a caminho do banco, com uma grande quantia em dinheiro no carro. Com o empresário, no veículo, estava um policial militar de folga, que reagiu quando os criminosos iniciaram a ação. Outros dois PMs à paisana faziam a escolta em outro carro.

Vinícius Rodrigues Paiva, de 30 anos, foi morto durante o tiroteio (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Vinícius Rodrigues Paiva, de 30 anos, foi morto
durante o tiroteio (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

Vinícius Rodrigues Paiva, de 30 anos, passava de moto por acaso no local do crime e foi baleado. Vinícius foi alvejado por um tiro que atravessou a viseira do capacete que ele usava e o atingiu abaixo do olho. De acordo com a polícia, foi um tiro de fuzil e o jovem morreu na hora. Ele era estudante de um curso para auxiliar de mecânico e ia se formar no fim deste mês. “Levantamos os antecedentes, ele realmente fazia um curso de mecânica aqui em Praia Grande, foi uma fatalidade, ele estava no lugar errado, na hora errada”, disse o delegado. Vinicius foi sepultado nesta terça-feira (20).

Câmeras de monitoramento da prefeitura gravaram toda a ação e podem ajudar a polícia a elucidar o caso. Segundo a Polícia Militar, há indícios de que os suspeitos tinham informações privilegiadas com relação ao cotidiano do empresário.

Homem morre durante troca de tiros em Praia Grande, no litoral de SP (Foto: Reprodução / TV Tribuna)Homem morre durante troca de tiros em Praia Grande, no litoral de SP (Foto: Reprodução / TV Tribuna)
Os carros usados pelo empresário e pela escolta, além da moto da vítima que morreu no local (Foto: Cristiane Amaral/G1)Os carros usados pelo empresário e pela escolta, além da moto da vítima que morreu no local (Foto: Cristiane Amaral/G1)
Suspeito de assalto a empresário ostentava ‘vida de luxo’ em rede social
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *