SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Senadora Zenaide e Presidente do PROS reforçam candidatura de Maurício Marques em Parnamirim


Em vídeo muito claro, a senadora Zenaide e o presidente do partido e secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo Fátima Bezerra Jaime Calado anunciaram à candidatura do ex-prefeito Maurício Marques à Prefeitura de Parnamirim.

Maurício está consolidando sua candidatura recebendo apoios importantes e indicadores positivos em todas pesquisas de intenção de votos para prefeito.

Facebook Comments

Facebook
Twitter

143 pessoas estão em estado crítico em leitos de UTI no RN, secretário de Saúde admite colapso no sistema

O secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, na coletiva de imprensa para atualização dos dados da Covid-19 no Rio Grande do Norte, realizada neste sábado (09), na Escola de Governo, foi enfático ao recomendar que a população permaneça em casa.

“Já havíamos alertado que o relaxamento do isolamento social, o descumprimento dos decretos, refletiria em mais casos confirmados, suspeitos e óbitos. Esse fato também se reflete na situação de internação”, disse.

Atualmente, o RN 285 leitos ocupados, sendo 161 na rede pública e 124 na rede privada. Desse total, 143 pacientes estão em estado crítico e 104 em observação. Cipriano informou que hoje pela manhã havia fila de pelo menos 10 pacientes aguardando leitos, mas a Sesap já autorizou a transferência para a rede privada, de acordo com a pactuação, caso não seja possível atendê-los na rede pública.

O secretário alertou que, se as medidas de controle e contenção não forem obedecidas, o sistema poderá entrar em colapso a qualquer instante. “Com aglomerados em filas e no comércio, sem as medidas adequadas de higiene, o vírus será propagado cada vez mais, pois já é comprovado que ele permanece em ambientes físicos por muito tempo”, alertou.

Cipriano informou também que foram abertos 10 novos leitos no Hospital São Luiz, mais 5 no Hospital Regional Tarcísio Maia e mais 10 no Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró. Em Natal e Região Metropolitana, está havendo limitação para abertura de novos leitos, devido à falta de equipamentos, além de trâmites burocráticos, mas uma das soluções para ampliar o número de leitos na Capital está sendo a transferência de pacientes do Hospital Giselda Trigueiros para outras unidades hospitalares, liberando esses leitos para pacientes em estado de observação. “A gente volta a alertar para que a população obedeça às medidas de contenção”, pontuou.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.