SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-No RN, gasto com aposentados aumentou mais de 173% em cinco anos


Valor da folha salarial saltou de R$ 77,1 milhões, em janeiro de 2014, para os R$ 210,4 milhões registrados em junho deste ano

Gustavo Roth / INSS

Volume da total folha de pagamentos – para inativos e ativos – aumentou 50,93% ao longo dos últimos cinco anos
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Agora RN » No RN, gasto com aposentados aumentou mais de 173% em cinco anos0:00100%Audima

Em apenas cinco anos, o tamanho da folha salarial de aposentados do governo do Rio Grande do Norte aumentou 173%, segundo dados da Secretaria Estadual de Administração (Sead). O valor saltou de R$ 77,1 milhões, em janeiro de 2014, para os R$ 210,4 milhões registrados em junho deste ano.

O crescimento dos gastos com aposentados pressionou uma alta expressiva nos gastos com pessoal pelo governo estadual. O volume da total folha de pagamentos – para inativos e ativos – aumentou 50,93% ao longo dos últimos cinco anos. Os vencimentos totais passaram dos R$ 328,1 milhões registrados no mês de janeiro de 2014 para R$ 495,2 milhões, em junho de 2019.

Segundo os dados da Sead, a partir do boletim de informações da administração, o atual quadro de servidores estadual registra 106 mil vínculos, dos quais 48,9% são ativos e 51,1% são inativos (aposentados e pensionistas).

O número evidencia a situação de desequilíbrio no quadro de servidores da Administração Pública Estadual. Em janeiro de 2014, por exemplo, os vínculos ativos representaram 64,7% da folha, ao passo que os vínculos inativos representaram 35,3%.

Nos primeiros seis meses do ano, o maior crescimento se deu na folha de pagamento dos servidores aposentados, que teve uma elevação de 5,42%, passando de R$ 203,8 milhões para R$ 214,9 milhões. O menor crescimento foi na folha dos pensionistas, que oscilou positivamente 0,85%. A folha dos servidores ativos, por sua vez, cresceu 1,26%.

Atualmente, cinco órgãos do Poder Executivo Estadual têm folhas de pagamento superior a R$ 10 milhões e representam mais de 81% do total da folha dos servidores ativos, são eles a Secretaria de Estado da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Seec), Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC) e Secretaria de Estado da Tributação (SET).

Entre os servidores ativos, a média salarial é de R$ 4,5 mil. Os integrantes da pasta de Trabalho e Assistência Social (Sethas) tem a menor média de vencimentos, com R$ 2,1 mil, para um total de 267. O maior valor médio está na Tributação (SET), com salários entre R$ 23,6 mil, para um grupo de 670 pessoas.

Avalie esta postagem



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *