SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Confira o discurso na íntegra do novo ministro Rogério Marinho


gra do novo ministro Rogério Marinho

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

12 fev 2020

Quero agradecer a oportunidade de estar aqui hoje, servindo nosso País. Quero agradecer o convite e a missão que me foi dada pelo presidente Bolsonaro. E dizer, presidente, que Vossa Excelência fique tranquilo, pois vou dar o melhor de mim. Vou dar o melhor de mim, sobretudo, para buscar construir pontes, estabelecer e consolidar relações, porque não vamos a lugar nenhum se formos caminhar sós.

Escutei em determinado lugar, não sei nem quem foi que disse, há muitos anos, que por mais pesado que seja o fardo, ele se torna maneiro ao ser carregado por muitas mãos. E eu pretendo carregá-lo com a ajuda de todos vocês.

Eu preciso da ajuda da sociedade brasileira aqui representada. Porque nossa missão, talvez, seja a mais nobre, de corrigir desigualdades regionais para permitir que os irmãos brasileiros tenham igualdade de oportunidades. E não tenho dúvidas de que essa é uma missão que cativa a cada um dos brasileiros presentes nessa sala, e de todo brasileiro que está nos ouvindo nesse momento.

Quero saudar o general Ramos, nosso ministro de articulação política e que tem uma árdua e difícil tarefa, mas tem se desincumbido de forma sobranceira. Quero saudar nosso presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que mostra com seu gesto a consolidação e a maturidade das nossas instituições republicanas e da nossa democracia. Agradeço, presidente, a sua presença.

Saudar o senador amigo Davi Alcolumbre, que, com sua simplicidade, com seu jeito absolutamente impessoal de tratar assuntos sérios e relevantes tem conseguido dar tom, dar rumo e ajudar o Legislativo brasileiro a empreender importantes mudanças no nosso País.

Quero saudar o general Mourão, nosso vice-presidente, que como conversava com nosso presidente Rodrigo Maia, nos inspira, inclusive, com o tom da sua voz cantando o Hino Nacional. Temos que cantar junto, quem está perto tem que seguir o tom. Obrigado, general, pela sua presença, pelo seu estímulo, pela sua vibração.

Quero saudar o presidente Rodrigo Maia. Um amigo e um amigo do Brasil. Alguém que tem espírito público e tem nos ajudado muito nessa tarefa hercúlea de mudar essa Nação.

Quero, por fim, saudar o ministro Canuto, que fez um extraordinário trabalho à frente do Ministério do Desenvolvimento Regional. E não foi fácil, certamente, esse momento inicial de unir as Cidades com suas especificidades, com sua atribuição absolutamente distinta, que é de estrutura urbana e, de mobilidade urbana, de transporte, de habitação, de saneamento – e em transportes leia-se trens urbanos, a CBTU –, com a necessidade de se prover a Defesa Civil – e todos nós estamos acompanhando os problemas que estão ocorrendo em alguns estados do Sudeste do Brasil. A questão do desenvolvimento regional e da segurança hídrica, entre outros.

Essa é uma tarefa hercúlea. Esse é um Ministério de muitos desafios. Esse é o braço em que o Governo abraça a população brasileira, acolhe a população brasileira. Nós sabemos o tamanho da nossa responsabilidade e é uma missão que queremos fazê-la juntos com os senhores ministros aqui presentes. E quero saudar de uma maneira especial o ministro Paulo Guedes, que, literalmente, me recrutou para fazer parte de sua equipe. Nos deu régua, compasso, nos deu segurança, nos deu autonomia e nos deu apoio para realizarmos a tarefa que, em conjunto com a sociedade brasileira, em especial sob a liderança do presidente Jair Bolsonaro, com o Congresso Nacional.

Não há nada mais importante em um País como o nosso que preservar valores que fazem parte do nosso DNA. Valores que estão se consolidando cada vez mais. Valores que dizem respeito ao amadurecimento da nossa democracia. As instituições funcionam, e como funcionam!

O Executivo faz a sua parte na hora em que provoca, na hora em que permite o debate absolutamente franco, na hora em que traz o Parlamento brasileiro para debater temas que são extraordinariamente importantes e que, por muito tempo, foram deixados de lado.

A coragem do Executivo, a receptividade do Parlamento brasileiro, o apoio da sociedade, a vigilância do Judiciário, isso tem feito com que nós possamos continuar avançando e consolidando essas mudanças, essas transformações tão importantes que todos nós brasileiros desejamos e ansiamos, independentemente do espectro político de quem quer que seja.

 

Compartilhar



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.