RIO DE JANEIRO -RJ-BRASIL-Vasco sai na frente, Bota empata em golaço de falta: 1 a 1 em São Januário


riascos

RESUMÃO

  • O JOGOSEM PERDERO gol de Riascos, em ótima trama de Eder Luis, deu a impressão de que o até então melhor ataque (Vasco) teria supremacia sobre a defesa menos vazada (Botafogo) do Carioca. Porém, uma linda e forte cobrança de falta de Emerson, surpreendendo Martín Silva, aos 41 minutos do segundo tempo, deu números iguais ao clássico, neste domingo, em São Januário: 1 a 1.Os dois times continuam sem perder. (Leia a crônica completa)

  • DESTAQUEPANORAMAA partida marcou o surgimento de um novo artilheiro do campeonato: Riascos, com seis gols, igualou a marca de Fred, do Fluminense. E também a perda dos 100% de aproveitamento do Bota. As duas equipes já estavam classificadas à próxima fase do estadual. O Vasco viu ainda o Flamengo, após o 5 a 0 sobre o Resende, passar a ter o ataque mais positivo do torneio.

  • DESTAQUEPRÓXIMOS JOGOSCom 17 pontos, o Vasco se mantém na primeira posição do Grupo A. O Bota, com 19, lidera a Chave B. As duas equipes voltam a atuar no domingo, às 17h (de Brasília), como visitantes. O Vasco encara o Bonsucesso enquanto o Botafogo, o Boavista.

  • DESTAQUEPÚBLICO E RENDAO público em São Januário foi de 8.869 presentes (7.921 pagantes). Renda, R$ 291.570,00.

  • DESTAQUE90 MINUTOSRiascos foi o nome do jogo. No primeiro tempo, os melhores lances do Vasco surgiram dos pés do atacante. Cruzou para Jorge Henrique cabecear com perigo. Jefferson ainda teve sorte: chute do gringo tirou tinta da trave. Após o intervalo, o panorama pouco mudou. Neilton deu novo gás ao Alvinegro. Só não abriu o placar pois Martín Silva fez grande defesa depois de chute cruzado. Eder Luis, que entrara fazia pouco, aproveitou desatenção de Diogo Barbosa, foi à linha de fundo e cruzou para Riascos completar: 1 a 0, aos 15 minutos. O Bota igualou, aos 41 minutos:  Emerson bateu falta com força e precisão. A bola entrou no ângulo e determinou o empate.

  • DESTAQUEBOMBA A 109 KM/HO lance mais marcante do clássico foi o gol de empate do Bota. Pela plasticidade do lance, pela velocidade da bola. Emerson igualou o placar, em chute de longe. A bola alcançou 109 km/h. E surpreendeu Martín Silva.

  • DESTAQUERIASCOSEle fez de tudo. Finalizou, deu carrinho, assistência. O esforço foi duplamente premiado: fez gol e teve nome gritado pela torcida. O filho Paulinho, antes de pegar no sono na arquibancada, aprovou o desempenho do pai. Não foi perfeito pois o atacante saiu com dores na coxa direita. Será reavaliado.

  • DESTAQUENEILTONSubstituto de Luis Henrique no intervalo, Neilton deu nova vida ao ataque do Bota. Quase marcou, em boa trama pela esquerda. Parou na mão esquerda de Martín Silva. Começa a recuperar a forma do ano passado e logo deve retomar a posição de titular.

RIO DE JANEIRO -RJ-BRASIL-Vasco sai na frente, Bota empata em golaço de falta: 1 a 1 em São Januário
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *