Reflexão; O GRANDE MANDAMENTO DO AMOR


download (15)

O amor ao próximo é o maior testemunho de que somos verdadeiros cristãos.


Disse Jesus: “Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros” (João 13.34,35).

 

“Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço. O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros” (João 15.10,12,17).

 

“Pai justo, o mundo não te conheceu; eu, porém, te conheci, e também estes compreenderam que tu me enviaste. Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja” (João 17.26).


Jesus almeja que amamos as pessoas como Ele nos ama. Isso nunca seria possível mediante o amor humano, limitado.


Nós amamos o Senhor porque Ele nos amou primeiro e com o amor que Ele tem nos amado, devemos amar uns aos outros.

 

“Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros… se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado” (1 João 4.11,12).

 

“E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, Deus nele” (1 João 4.16).

 

“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus: quando amamos a Deus e praticamos os seus mandamentos” (1 João 5.1,2).


Quando amamos uns aos outros, expressamos o amor que Cristo nos deu.


Se verdadeiramente cumprirmos o primeiro grande mandamento, isto é, amar a Deus acima de todas as coisas, conseqüentemente cumpriremos o segundo grande mandamento.

 

“Sede, pois imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave” (Efésios 5.1,2).

 

“Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados” (1 Pedro 4.8).


À medida que o Espírito Santo desenvolve a semelhança de Cristo em nós, aprendemos a amar como Cristo amou.


Precisamos amar a Deus e ser movido pelo Seu amor. Que o Espírito do Senhor nos conduza para o mais profundo do amor de Deus!

 

:: Por Anderson Quadros, mensagens bíblicas.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.