Prefeitura de Jucurutu implanta novo método de combate ao Aedes aegypti


Entre as ações planejadas pela prefeitura de Jucurutu

Através da secretaria de Saúde, em função do combate ao mosquito Aedes aegypti, surge uma nova alternativa. “A distribuição de peixes para a população colocar nas caixas de água começa a partir do próximo mês em Jucurutu. Os peixes que já estão em um reservatório na sede do Núcleo de Vigilância Sanitária se tornou algo muito eficiente na eliminação das larvas do mosquito nos municípios que adotaram o método”, afirma Silvestre de Souza, o popular “Novinho”, coordenador de Endemias de Jucurutu.

Jucurutu
Jucurutu

Dois peixes serão colocados em cada reservatório nas residências do município e serão distribuídos a partir do mês que vem. “O peixe que será distribuído como mais uma alternativa de combate ao Aedes aegypti é o Lebiste Selvagem ou Barrigudinho, que se mostra uma arma importante na prevenção ao mosquito, se alimentando das larvas”, diz o prefeito George Queiroz (PMDB) ao comentar a mais nova alternativa para combater a procriação do mosquito transmissor da Dengue, Zika vírus e Chikungunya. A secretária de Saúde de Jucurutu, Liane Araújo, acrescenta que o governo municipal tem elaborado meios para combater o mosquito e cita como exemplo a realização dos mutirões que estão sendo realizados no município.

Prefeitura de Jucurutu implanta novo método de combate ao Aedes aegypti
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *