PENDÊNCIAS RN -Com o apoio do PSB de Marina e PSDB de Aécio, Henrique Alves ‘esconde’ Dilma nos comício pelo Interior do RN


65u536u3u

A pluralidade do palanque do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), na campanha pelo governo do Rio Grande do Norte, obriga o candidato a esconder seu apoio à presidente Dilma Rousseff em discursos pelo Estado.

Entre os 17 partidos do chapão de Alves estão o PSB de Marina Silva e o PSDB de Aécio Neves. Além disso, o PT está na chapa de oito partidos do candidato Robinson Faria (PSD), vice-governador do RN e principal adversário de Alves.

Na semana passada, por três dias a Folha acompanhou o candidato em eventos de campanha no interior do Estado. Em nenhum deles santinhos, cartazes e adesivos recebidos havia nome ou número da presidente.

A assessoria do candidato, porém, afirma que há material de campanha com
Alves ao lado da petista.

Em entrevista à rádio “94 FM” no início do mês, Alves disse apoiar Dilma, mas tratou os três presidenciáveis de maneira equivalente. “Se a eleita for Dilma, tem o nosso apoio, é a nossa candidata a presidente da República.

Se for Marina, teremos a força de Wilma [de Faria, do PSB, candidata ao Senado na chapa de Alves], que a apoia. Se for Aécio, temos uma amizade forte”, afirmou.

O nome de Dilma só é citado em discursos por Alves quando ele elenca os presidentes que já “bateram à sua porta” para “pedir ajuda”. “Não tem um presidente da República desde [José] Sarney, Itamar Franco, meu querido Lula, minha querida Dilma – que tenta sua reeleição -, não tem um deles que não tenha procurado Henrique deputado, líder [do PMDB], presidente [da Câmara], e eu não tenha ajudado a aprovar seus projetos pelo Brasil”, disse em Caicó, no sertão do Seridó, na noite de sexta-feira (12).

No périplo feito pelo interior do Estado, o único a pedir votos de maneira direta para a presidente é o primo de Henrique Alves, o ministro Garibaldi Alves Filho (Previdência), que também desfila de “papamóvel” no meio da população. “Para presidente, eu não quero perder o emprego de jeito nenhum. É Dilma”, disse na manhã do último sábado (13), em Parnamirim, na região metropolitana de Natal.

 

 

Fonte: Folha de SP

Compartilhar:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.