PENDÊNCIAS-ALTO DO RODRIGUES-MACAU-CARNAUBAIS-GUAMARÉ-ASSU-IPANGUASSU-RN-RIO PIRANHAS SECA E DEIXA CERCA DE CEM FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO COMPLICADA EM JARDIM DE PIRANHAS


download (1)

Por Caicodigital.com – Famílias da zona rural de Jardim de Piranhas que antes dependiam das águas do Rio Piranhas para sobreviver estão totalmente sem água, pois a três meses que o rio não tem água corrente no local e agora os poços que ficaram estão secos.
Fotos feitas nesta terça feira 23 de setembro, mostram a triste e preocupante realidade do rio Piranhas em suas margens logo após a cidade de Jardim de Piranhas, moradores da zona rural falam que a água do Rio só chega até o local da adutora que leva água para Caicó, deixando o leito seco logo a frente.
Cerca de 100 famílias moradoras da zona rural do município e que antes tiravam a água de uso deste local mostrado nas fotos, agora estão tendo que cavar cacimbas e buscar a pouca água que encontram no lombo do jumento.
Moradores informam que essa situação é mais grave entre os sítios Santa Cruz até o sítio Juazeiro, alguns moradores foram na prefeitura de jardim de Piranhas e conseguiram um carro pipa mas que já faz oito dias e a água já está acabando, segundo um desses moradores o prefeito falou que está de mãos atadas pois só tem um carro pipa pra atender toda a população. A situação pode se agravar e os moradores já falam em organizar um protesto com latas e invadir a cidade de Jardim de Piranhas exigindo soluções para o problema.
A Prefeitura de Jardim de Piranhas vem atendendo várias comunidades rurais naquele município mais não tem a estrutura necessária para atender a todos os lugares.  Somente a Operação Pipa do Exercito poderá ajudar a Prefeitura nesse abastecimento.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.