O PT, sozinho, arrecada em dinheiro o dobro de PSDB, PMDB e PSB somados. E por que, então, o partido quer proibir a doação de empresas privadas?


Montanha-de-dinheiro-480x350Blogs e Colunistas

18/05/2014

às 7:18

O PT, sozinho, arrecada em dinheiro o dobro de PSDB, PMDB e PSB somados. E por que, então, o partido quer proibir a doação de empresas privadas?

Montanha de dinheiro

O PT quer acabar com as doações de empresas privadas a campanhas. Infelizmente, já há uma maioria no STF formada em favor dessa tese. Muito bem! Não é que o partido esteja se dando mal com o sistema em vigência, não! Muito pelo contrário! Segundo informam David Friedlander e Ricardo Mendonça, na Folha de hoje, empresas que tradicionalmente doam dinheiro para partidos políticos e que mantêm negócios com o setor público repassaram ao PT, no ano passado, QUASE O DOBRO DO QUE, ATENÇÃO!, DOARAM AO PSDB, AO PMDB E AO PSB! R$ 79 MILHÕES CONTRA R$ 46,5 milhões. Há quatro anos, o “Partido dos Companheiros” já tinha uma vantagem sobre os demais de R$ 9,4 milhões; agora, de R$ 33,2 milhões

Por que o PT quer tanto acabar com um modelo que o beneficia? Porque não gosta de privilégios? Ora…Quem aí acredita que, uma vez proibidas as doações privadas, elas não continuarão a ser feitas, mas por baixo dos panos? A Folha só conseguiu chegar aos números porque, afinal existe o registro. Quando não houver mais…

Leiam trecho da reportagem. Volto em seguida:
“Nos últimos dias, a Folha conversou com um consultor, um tesoureiro de partido, um empresário e dois executivos de construtoras. Eles só aceitaram falar anonimamente. Segundo eles, é difícil não dar preferência ao PT, que ocupa a Presidência. Como Dilma estava muito à frente nas pesquisas, a força da sigla para captar era ampliada. Caso a disputa presidencial fique mais acirrada, como sugerem as últimas pesquisas, a divisão de verbas tende a se equilibrar. “Quem trabalha com governo não tem preferência”, diz um alto executivo de uma grande construtora. “Precisa ser amigo de quem estiver no poder.” Um consultor com muitos anos de experiência em arrecadação define assim: “Para as empresas, a doação funciona como um investimento para ter acesso aos candidatos que elas ajudam a eleger”.

Retomo
Muito bem! Proibidas as doações privadas, o interesse desses financiadores de campanha vai desaparecer? É curioso o caminho que essa questão tomou: é como se a transparência incomodasse: “Vejam como empresas com interesse no governo doam dinheiro para partidos!”. Sim, é verdade! E quando a lei proibir? O tal interesse desaparece por força da interdição?

Nos últimos tempos, nota-se um aumento das doações de empresas. Não há explicação para isso a não ser uma: muita gente que apelava ao caixa dois ficou com medo de ver seu nome envolvido em alguma operação da Polícia Federal. Não se faz esse tipo de coisa sem recorrer ao serviço dos “Albertos Youssefs” da vida. Vale dizer: escolheram o caminho legal; preferiram sair da clandestinidade.

Daqui a pouco, a lei vai empurrá-las de novo para o submundo. E se viverá, então, a sensação de que a política foi moralizada. É uma piada!

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

 

 

150 Comentários

  • Ferrabraz

    19/05/2014 às 12:32

    Só tem um jeito. Voto distrital puro. Qualquer outro meio termo, levará a um resultado igual ao de hoje. É preciso pequenos distritos municipais para vereadores, pequenos distritos estaduais para os deputados estaduais e para os federais, uma pequena soma destes distritos estaduais. Verbas publicas mínimas e igualitárias, doações privadas abertas e com limitações, tanto de indivíduos e empresas, porcentual limite de participação eleitoral para partidos existirem, ficha limpa para candidatos, lista aberta, votação majoritária, proibição de mudança de partido antes das eleições, mudança de partido só com a não participação na eleições seguinte, isto é 4 anos sem partido ou sem participação em eleição.
    Aí sim, teremos ideologia, programas partidários, saberemos em quem votamos, veremos seu trabalho acontecendo e reelegeremos os que se destacam.
    Todo o restante de organização política sempre é enrolação e nunca é democrático. É preciso uma legislação que a primeira vista parece ingênua, porque simples.

  • Luiz Fernando

    19/05/2014 às 12:05

    O PT é uma diabólica mistura de leninismo, marxismo gramsciano e stalinismo.

  • Antonio Martins

    19/05/2014 às 12:01

    EM 2015 O BRASIL VAI INSTITUIR UM TRIBUNAL ESPECIAL PARA JULGAR POLÍTICOS CORRUPTOS.QUANTO A PENA, O POVO DIRA ATRAVÉS DE UM PLEBICITO.

  • Rafael

    19/05/2014 às 11:00

    quando as coisas parecem q vão tomar rumo, pois a contabilidade das doações legais aumentaram ,mostrando assim como foi dito por Reinaldo que as empresas estão mais temerosas de recorrerem ao caixa 2, surge uma lei que torna o caixa 2 obrigatório.

  • Octávio

    19/05/2014 às 10:10

    Se os “cumpenheros” já metiam a mão em propinas, continuarão metendo. Mas como dinheiro é bom, começarão também a sangrar o contribuinte. Que paraíso esse PT criou para si mesmo!

  • Alex Wie

    19/05/2014 às 9:41

    Ué , para oóbvio, não ter mais caixa 2 , e sim 3 ,4 ,5 um mar de lama sem fim.

  • Nelson

    19/05/2014 às 9:37

    ENQUANTO NÃO HOUVER UMA REFORMA POLITICA SÉRIA NESTE PAIS, A CORRUPÇÃO VAI ANDAR DA MESMA FORMA QUE A IMUNIDADE PARLAMENTAR!!! FORA PETRALHAS!

  • André Renato

    19/05/2014 às 9:35

    O país está um caos,e a culpa não é somente do desgoverno PETRALHA que foi instalado por eleitores que também tem uma enorme parcela de culpa por terem votado nesta corja,entretanto, tem CULPA também os eleitores que se omitiram,preferindo ficar em cima do muro,anulando o seu voto ou viajando.Agora têm de aguentar LulaRÁPIO,DilmANTA,GENRO E coxinha HADDAD da vida.Vamos ver se tomam jeito e desta vez nos ajudem a tentar consertar este nosso BRASIL.

  • Marco Antonio do Prado

    19/05/2014 às 9:30

    NÃO PENSAM NÃO QUE ESTE VAZO SANITÁRIO DE ÉTICA QUE SE TORNOU O PETISMO ESTÁ PREOCUPADO COM A ÉTICA E OS BONS COSTUMES, ESTA CORJA SABE QUE NÃO EXISTE CONTROLE NENHUM POR PARTE DO FISCO QUANDO SE TRATA DE DOAÇÕES PARA ABASTECER OS BALCÕES DE NEGÓCIOS QUE VIRARAM AS SEITAS POLITICAS, MAIS NOTADAMENTE O PT, O QUE ELES QUEREM É CONSOLIDAR ESTA GRANA NO CAIXA DOIS… ISTO ESTÁ OBVIO. E O QUE É PIOR COM O RESPADO CONIVENTE DA MAIORIA PETISTA QUE COMPÕEM O SUPERIOR TRIBUNAL DA INJUSTIÇA DESTE NOSSO FOLCLÓRICO E RIZIVEL PAÍS.

  • paulo nunes lacerda

    19/05/2014 às 9:26

    Os petista são capazes de tudo.Para eles não existe limite. O filho do lula, já é um dos homens mais rico deste país.Parece que eles têem uma grande plantação de laranjas.Precisamos com urgencia tirar essa corja incompetente e ladra do poder. Para mim eles são a rale da sociedade e, deveriam estar na cadeia.Pena que os partidos politicos para ganhar dinheiro fácil, se aliaram a essa quadrilha que está no poder. Os senadores e deputados precisam ser substituídos, esse que estão ai, são da mesma laia dos petistas safados que roubam o dinheiro da saúde,educação, transporte, segurança. Eles não precisam se preocupar com doações, eles têem a chave do banco central, banco do brasil e caixa economica, nás maõs É como deixar a raposa cuidando do galinheiro. Estamos Fritos. Vamos virar outra venezuela. Os candidatos que vão concorrer no pleito deste ano, que se cuidem, porque as urnas eletrônicas são faceis de ser adulteradas.Mudaram o provedor delas.Instalaram um que não tem a mesma qualidade do primeiro.Muito cuidado com esses bandidos do pt. São capazes de fazer de tudo para não sair do poder.Aécio e campos que se cuidem.

  • Elias Alves

    19/05/2014 às 9:23

    A reforma política tem que ser feita no próximo pleito presidencial, esse modelo atual favorece o financiamento de campanha ilegal e por consequência a corrupção.

  • Alexandre Souto

    19/05/2014 às 9:07

    Você pode tirar o petismo da clandestinidade mas não pode tirar a clandestinidade do petismo.

  • António

    19/05/2014 às 8:46

    O pt apoia porque a nova lei só entrará em vigor em 2015. Então este ano arrecadará como sempre e tentará consolidar a reeleição. Depois é outra história, e outras invenções surgirão.

  •  
O PT, sozinho, arrecada em dinheiro o dobro de PSDB, PMDB e PSB somados. E por que, então, o partido quer proibir a doação de empresas privadas?
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *