NATAL RN-Venezuelanos pedem ajuda nas ruas de Natal-QUEM PODER AJUDAR,FAÇA O BEM.


Tem venezuelanos chegando a Natal.

Nas ruas, pedem ajuda à população.

Fotos Thaisa Galvão

18 de setembro de 2019 às 8:09

Bombeiros e voluntários trabaham toda a madrugada em Patu e conseguem debelar a maior parte dos focos de incêndio e savar o Santuário do Lima[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais de 100 pessoas entre bombeiros e voluntários trabalharam durante toda a madrugada e conseguiram combater quase todos os focos de incêndio na Serra do Lima, em Patu.

Pelo menos, segundo informações do próprio Corpo de Bombeiros, eles conseguiram savar o Santuário do Lima.

18 de setembro de 2019 às 5:30

Minuto da Câmara: Prestando contas[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara conta agora com a Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas em Situação de Rua. A iniciativa do vereador Maurício Gurgel (PSOL) foi aprovada em sessão ordinária.

Essa e outras notícias no Minuto da Câmara, um resumo do trabalho do legislativo municipal de Natal.

Acompanhe:

18 de setembro de 2019 às 0:58

Para evitar ação judicial por publicar consultas privadas com nora de Bolsonaro, Grupo Globo pede desculpas e cúpula da revista Época se demite[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A diretora de redação da revista Época, Daniela Pinheiro; o redator-chefe, Plínio Fraga; e o editor Marcelo Coppola, se demitiram da revista.

Eles foram responsáveis pela publicação da matéria do repórter João Saconi, que se passou por gay e fez, durante um mês, aulas de coaching online com a psicóloga Heloísa Bolsonaro, nora do presidente da República, publicando depois todas as conversas dos dois nas páginas da revista Época.

Ameaçado de ser alvo de ação judicial, o Grupo Globo, detentor da revista, emitiu nota tratando a reportagem como “erro”, e pediu desculpas à nora de Bolsonaro.

Pouco tempo depois de divulgada a nota foi noticiada a demissão da cúpula da redação da Época.

Eis a nota do Grupo Globo:

Como toda atividade humana, o jornalismo não é imune a erros. Os controles existem, são eficientes na maior parte das vezes, mas há casos em que uma sucessão de eventos na cadeia que vai da pauta à publicação de uma reportagem produz um equívoco.

Foi o que aconteceu com a reportagem “O coaching on-line de Heloisa Bolsonaro: as lições que podem ajudar Eduardo a ser embaixador”, publicada na última sexta-feira. ÉPOCA se norteia pelos Princípios Editoriais do Grupo Globo, de conhecimento dos leitores e de suas fontes desde 2011. Mas, ao decidir publicar a reportagem, a revista errou, sem dolo, na interpretação de uma série deles.

É certo que em sua seção II, item 2, letra “h”, está dito: “A privacidade das pessoas será respeitada, especialmente em seu lar e em seu lugar de trabalho. A menos que esteja agindo contra a lei, ninguém será obrigado a participar de reportagens”. A letra “i” da mesma seção abre a seguinte exceção: “Pessoas públicas – celebridades, artistas, políticos, autoridades religiosas, servidores públicos em cargos de direção, atletas e líderes empresariais, entre outros – por definição abdicam em larga medida de seu direito à privacidade. Além disso, aspectos de suas vidas privadas podem ser relevantes para o julgamento de suas vidas públicas e para a definição de suas personalidades e estilos de vida e, por isso, merecem atenção. Cada caso é um caso, e a decisão a respeito, como sempre, deve ser tomada após reflexão, de preferência que envolva o maior número possível de pessoas.

O erro da revista foi tomar Heloisa Bolsonaro como pessoa pública ao participar de seu coaching on-line. Heloisa leva, porém, uma vida discreta, não participa de atividades públicas e desempenha sua profissão de acordo com a lei. Não pode, portanto, ser considerada uma figura pública. Foi um erro de interpretação que só com a repercussão negativa da reportagem se tornou evidente para a revista.

Em sua seção 1, item 1, letra “r”, os Princípios Editoriais do Grupo Globo determinam: “Quando uma decisão editorial provocar questionamentos relevantes, abrangentes e legítimos, os motivos que levaram a tal decisão devem ser esclarecidos”. E o preâmbulo da mesma seção estabelece com clareza: “Não há fórmula, e nem jamais haverá, que torne o jornalismo imune a erros. Quando eles acontecem, é obrigação do veículo corrigi-los de maneira transparente”.

É ao que visa esta Carta aos Leitores. Explicar o que levou à decisão editorial equivocada, reconhecer publicamente o erro e pedir desculpas a Heloisa Bolsonaro e aos leitores de ÉPOCA.

Nesta terça-feira (17), a cúpula da redação da revista Época decidiu pedir demissão após uma nota publicada pelo grupo Globo se desculpando por uma reportagem com a nora do presidente Jair Bolsonaro. A matéria trazia o repórter tendo sessões de coaching com Heloísa Wolf Bolsonaro. A informação foi dada pelo site Portal dos Jornalistas.

A reportagem irritou o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que chegou a criticar integrantes da revista e ameaçou entrar com um processo. O texto foi escrito pelo repórter João Saconi.

+ Internautas acusam Globo de ser traidora da pátria

+ Eduardo decide processar repórter e chefia da Época

17 de setembro de 2019 às 22:17

Câmara de Natal mantém veto parcial da Prefeitura a projeto que altera Código Tributário do Município[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os vereadores de Natal discutiram nesta terça-feira o veto parcial ao Projeto de Lei Complementar, de autoria do Poder Executivo, que tratava de uma emenda apresentada pelo vereador Raniere Barbosa (Avante), que alteraria o Código Tributário do Município. Segundo a emenda, todos os recursos provenientes da arrecadação das receitas oriundas de multas, fiscalizações e penalidades da taxa de licença sanitária fossem destinados especificamente para a Covisa.

Foram 13 votos favoráveis à manutenção do veto e 11 a favor da derrubada do veto, além de uma abstenção.

Para o vereador Fernando Lucena (PT), presidente da Comissão de Saúde da Câmara, a emenda, caso aprovada, garantiria mais investimentos para a Vigilância Sanitária de Natal.

“Essa taxa já era cobrada e consequentemente havia uma dificuldade quanto à sua efetivação por não haver um dispositivo legal no Código Tributário do Município. Com a aprovação do Projeto de Lei foi institucionalizada a possibilidade legal da Covisa fazer a cobrança da taxa, só que foi aprovada na casa também uma emenda para vincular e destinar a arrecadação dessas taxas exclusivamente para as atividades da vigilância sanitária, sendo que sempre essa arrecadação foi destinada a conta única do município, podendo assim ser utilizada em outras áreas da saúde, como postos de saúde, insumos, medicamentos e equipamentos”, explicou o líder da Prefeitura, vereador Kleber Fernandes (PDT).

Vice-presidente da Comissão de Justiça da Câmara, a vereadora Nina Souza (PDT) pontuou que não é de responsabilidade do Poder Legislativo determinar de que forma esses recursos poderão ser aplicados.

“Quando a gente analisa o veto inicialmente, a gente analisa sua legalidade, por isso a gente aprecia o parecer da Comissão de Justiça, que observa a matéria como específica do Poder Executivo e nós não podemos legislar sobre a criação de taxas, nem a sua destinação. Obviamente se pudesse nós colocaríamos os recursos na vigilância sanitária, mas infelizmente não se pode. Por isso acompanhamos a Comissão de Justiça por saber que taxas e todas as convenções relativas são privativas do Poder Executivo”.

17 de setembro de 2019 às 22:02

Vídeo: Prefeito de Patu Rivelino Câmara fala das providências para debelar incêndio na Serra do Lima[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Patu, Rivelino Câmara, foi nosso entrevistado no Jornal da Noite, na 95MaisFM nesta terça-feira.

Ele falou sobre o incêndio, ainda sem controle na Serra do Lima, e das providências que estão endo tomadas junto ao Governo do Estado.

 

17 de setembro de 2019 às 20:52

Como postou o Blog, Correio Braziliense diz que afagos de Mourão com Fátima apressaram volta de Bolsonaro ao Planalto[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Correio Braziliense publicou hoje o que o Blog havia postado ontem…

Que os afagos do presidente em exercício Hamilton Mourão tinham apressado a saída de Jair Bolsonaro do hospital e a volta dele ao Palácio do Planalto.

Leia trecho da reportagem de Ingrid Soares e Rodolfo Costa, do Correio, no que se refere à governadora do Rio Grande do Norte:

Contrariando previsões, o presidente Jair Bolsonaro confessou a interlocutores que retorna nesta terça-feira (17/9) aos despachos da Presidência porque não quer prolongar a estadia do vice, Hamilton Mourão, por mais tempo no comando.

A expectativa era de que ele voltasse ao cargo apenas na quinta-feira.

Nesta segunda-feira (16/9), Mourão esteve no Rio Grande do Norte onde se encontrou com a governadora do estado, Fátima Bezerra (PT).

No Planalto, fontes comentam que Bolsonaro não se sente confortável com a agenda política do vice e que o próprio Mourão havia recebido a sugestão de cancelar a agenda no Rio Grande do Norte.

*

Do Blog: Só para relembrar, o presidente em exercício Hamilton Mourão tomou café da manhã com a governadora Fátima Bezerra na Secretaria de Segurança, onde os dois se mostraram muito afinados como comprovam as fotos abaixo:

Do café os dois foram juntos, no mesmo carro, para o Centro de Convenções de Natal, para a abertura do Encontro Econômico Brasil-Alemanha.

O presidente Hamilton Mourão e a governadora Fátima Bezerra não fizeram nada além de cumprirem a liturgia dos cargos que ocupam.

Foram eleitos com e sem os votos da população brasileira e potiguar.

Tem obrigação de governar para todos, independente de partidos ou preferência política.

Além do que, se mostraram pessoas educadas.

Jair Bolsonaro não entende nada disso.

Mourão e Fátima entendem.

E praticaram.

Resta saber se o comportamento nada republicano de Jair vai interferir na liberação dos recursos pactuados para a segurança do Rio Grande do Norte.

O que Fátima pediu a Mourão, foi tão somente uma atenção para que o governo federal vá liberando os recursos pactuados, assim que os processos forem chegando.

Mourão disse que sim.

Mas, se por represália ao gesto de educação do presidente com a governadora, Jair decidir emperrar a liberação…pior para o Rio Grande do Norte.

Rio Grande do Norte de quem não votou, e de quem votou no capitão.

17 de setembro de 2019 às 17:33

TRE marca para 1º de dezembro eleições suplementares para escolha de novo prefeito de Ceará-Mirim[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) aprovou à unanimidade na sessão desta terça-feira, a resolução que determina a realização de eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Ceará-Mirim no dia 1º de dezembro de 2019.

A nova eleição, que segue as mesmas condições de um pleito convencional, será realizada em virtude da cassação e perda de mandato do prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto, e da vice-prefeita, Zélia Pereira dos Santos, por abuso de poder econômico.

Há 6 dias o presidente da Câmara, Ronaldo Venâncio, assumiu a Prefeitura para o mandato tampão que se encerrará com a eleição do novo prefeito

Venâncio vai disputar reeleição.

17 de setembro de 2019 às 17:21

Governadora Fátima e comandante do Corpo de Bombeiros acompanham incêndio em Patu e destinam mais de 50 homens para tentar apagar fogo[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Twitter da governadora Fátima Bezerra sobre o incêndio na Serra do Lima, em Patu.

Tocador de vídeo

00:00
00:56

17 de setembro de 2019 às 16:53

Dilma Rousseff é aplaudida ao chegar para palestra na Sorbonne em Paris[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A ex-presidente Dilma Rousseff foi ovacionada nesta terça-feira em Paris.

Ela foi convidada de honra de uma conferência sobre o Brasil, cujo tema é “O Brasil é o país do futuro?”.

Veja a chegada da ex-presidente na Universidade de Sorbonne:

Tocador de vídeo

00:00
00:21
Tocador de vídeo

00:00
00:19

Vídeos do Twitter de Hildegard Angel

17 de setembro de 2019 às 16:27

Padre de Patu visita àrea em chamas na Serra do Lima e pede ajuda para debelar fogo[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Continua o fogo na mata da Serra do Lima, em Patu.

Vereador de Mossoró, João Gentil foi ao Santuário do Lima, que já começa a ser ameaçado pelo incêndio, acompanhado do Padre Thelmo, vigário do município.

Tocador de vídeo

00:00
01:01
17 de setembro de 2019 às 15:07

Novo prefeito de Ceará-Mirim recebe município sem condições de receber verbas federais[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Há 6 dias no cargo de prefeito de Ceará-Mirim, após afastamento do prefeito cassado Marconi Barreto, Ronaldo Venâncio trabalha para tirar o município do estado de inadimplência junto à União.

Com o munícipio na condição de ‘negativo’ junto ao Serviço Auxiliar de Informação para Transparência Voluntárias (Cauc), a administração está impedida de receber transferências voluntárias ou assinar convênios com o Governo Federal.

“Precisamos urgentemente reabilitar Ceará-Mirim para fazer parcerias com a União, só assim poderemos captar mais recursos para a saúde, escolas, creches e outras políticas públicas”, relatou o prefeito.

O município de Ceará-Mirim, segundo o prefeito, está com pendências junto à Receita Federal e à Previdência.

17 de setembro de 2019 às 14:25

Prefeito de Patu recorre ao comando do Corpo de Bombeiros mas não encontra solução para apagar incêndio que já dura 24h na Serra do Lima[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Patu, Rivelino Câmara, está desesperado com o incêndio que há 24 horas toma conta de uma grande área na Serra do Lima, pertinho do Santuário do Lima.

Segundo o prefeito em contato com o Blog, a área que está sendo queimada desde às 13 horas desta segunda-feira, é inacessível e os carros de bombeiros não tem como chegar.

“A água tem que chegar por via aérea”, disse o prefeito, que está em Natal e foi ao comando do Corpo de Bombeiros solicitar, sem sucesso, o helicóptero da Polícia Militar.

“Me disseram que o helicóptero já completou as horas de voo”, disse o prefeito, que apelou ainda, também sem sucesso, para uso da aeronave do governo do Ceará que estava no Rio Grande do Norte.

O prefeito Rivelino, que atua em parceria com o Governo do Estado, iria apelar ainda nesta terça-feira para o Exército, na tentativa de conseguir uma aeronave.

https://www.thaisagalvao.com.br/wp/wp-content/uploads/2019/09/img_3809.mov https://www.thaisagalvao.com.br/wp/wp-content/uploads/2019/09/img_3808.movFumaça chegando ao Santuário

17 de setembro de 2019 às 11:30

Ôôhhh Temer…[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente Michel Temer foi o entrevistado desta segunda-feira do programa Roda-Viva, da TV Cultura.

Ele falou sobre o impeachment de Dilma Rousseff e garantiu que não colaborou com o afastamento da presidente.

Tocador de vídeo

00:00
00:41

Dois comentários sobre a declaração do ex-presidente:

1- Temer admitou categoricamente que o que aconteceu com Dilma foi “golpe”.

2- Ôôhhh…

17 de setembro de 2019 às 11:14

Wilsinho é plano B do ex-prefeito Wellinson Ribeiro em Canguaretama[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Enfrentando alguns processos na justiça, que podem impedir sua quarta candidatura em 2020, o ex-prefeito de Canguaretama Wellinson Ribeiro (PSD) já tem um Plano B: o irmão empresário Wilsinho Ribeiro.

Wellinson responde por ter contratado servidores e deixado de fora do quadro da Prefeitura, os aprovados nos concursos públicos referentes a dois editais.

17 de setembro de 2019 às 7:30

Rompimento do PSL com governo Wilson Witzel dificulta discurso pró-Bolsonaro do deputado potiguar Coronel Azevedo[0] Comentários | Deixe seu comentário.

É quando o Blog diz que o discurso pró-Bolsonaro do deputado estadual potiguar Coronel Azevedo vai ter que mudar…

Só recapitulando: o deputado trocou o PSL de Bolsonaro pelo PSC de Wilson Witzel.

Na capa do jornal:

A manchete da página:

E trecho da reportagem:

17 de setembro de 2019 às 7:10

RJ e DF: Endereços da deputada Flordelis são alvos de operação da Polícia Civil[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1

Polícia Civil faz buscas em endereços da deputada Flordelis

Delegacia de Homicídios cumpre mandados no RJ e no DF dentro da investigação da morte do pastor Anderson. Crime completou três meses esta semana.

Por Felipe Freire e Bette Lucchese, TV Globo

Policiais da Divisão de Homicídios do RJ que investigam a morte do pastor Anderson do Carmo cumprem nesta terça-feira (17) quatro mandados de busca e apreensão em endereços ligados à deputada federal Flordelis (PSD).

Dois dos filhos do casal estão presos pelo assassinato.

A polícia ainda apura a motivação para o homicídio.

Onde as equipes estão

-O local do crime, em Niterói;

-Uma casa em Jacarepaguá, na Freguesia;

-O gabinete no Centro do Rio, na Rua 1º de Março;

-E um escritório funcional em Brasília, na Asa Norte.

O crime completou três meses nesta segunda-feira (16). Anderson foi morto com vários tiros, na garagem da casa da família, em Pendotiba, Niterói, em 16 de junho.

Como estão as investigações

FILHOS SÃO RÉUS

Há um mês, dois filhos do casal se tornaram réus. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aceitou denúncia do Ministério Público do Rio contra Lucas de Souza e Flávio Rodrigues pelo assassinato do pastor.

A decisão assinada pela juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce dos Santos, da 3ª Vara Criminal de Niterói, transformava a prisão temporária dos dois acusados em prisão preventiva, onde eles terão que aguardar o julgamento em regime fechado.

De acordo com a denúncia do MP, Flávio vai responder por porte ilegal de arma de fogo. A acusação diz que foi ele quem atirou no pastor. Já o irmão teria sido seu cúmplice ao comprar a arma do crime.

Os dois são acusados de homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima), com pena prevista de 12 a 30 anos.

17 de setembro de 2019 às 5:30

Minuto da Câmara: Prestando contas[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os 302 anos do bairro das Quintas, na zona Oeste de Natal, foram comemorados em solenidade na Câmara. A proposição do presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PSDB) homenageou moradores da região.

Essa e outras notícias no Minuto da Câmara, um resumo do trabalho do legislativo municipal de Natal.

Acompanhe:

17 de setembro de 2019 às 1:05

Parceria da Prefeitura com a Marinha garantiu dia cívico em Messias Targino[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A data cívica de 7 de setembro além do tradicional desfile pelas ruas da cidade.

Foi o que aconteceu no município de Messias Targino, no Oeste do Rio Grande do Norte.

A prefeita Shirley Targino garantiu uma parceria com a Marinha e levou serviços para a população, como mostra a reportagem de Elias Medeiros para a Band.

https://www.thaisagalvao.com.br/wp/wp-content/uploads/2019/09/img_3772.trim_.mov



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.