MOSSORÓ RN- Dois deputados doarão suas férias e décimo-terceiro


Pelo menos dois deputados estaduais já deixaram claro que não vão fazer uso em benefício próprio de pagamentos de 13º salário e abono de férias, conforme aprovação de projeto de lei 045/2019 e processo 0152/2019, aprovados pela Assembleia Legislativa do RN, semana passada.

Coronel André Azevedo fará doação à Segurança Pública e Alysson Bezerra a entidades beneficentes (Fotos: AL)

– Informo que não receberei nenhum centavo de retroativo por estar em primeiro mandato. Decidi não aceitar o recebimento da verba do 13º salário e das férias, doando os recursos para o setor de Segurança Pública – adiantou através de nota de sua Assessoria de Imprensa, o deputado Coronel André Azevedo (PSL), que está em seu primeiro mandato.

O parlamentar mossoroense Allyson Bezerra (Solidariedade), também já adiantou providências para converter esses recursos aprovados pela Assembleia Legislativa, como adequação à legislação federal, em favor de entidades beneficentes.

Atraso salarial

– Comunico que esses valores, em sua totalidade, serão destinados a instituições que prestam relevantes serviços sociais ao Rio Grande do Norte. Desde o primeiro momento, decidi transformar esse benefício pessoal em benefícios sociais e assim o farei – postou Allyson Bezerra à semana passada, em suas redes sociais.

Sandro Pimentel (PSOL) tomou posição parecida, mas com um diferencial: pretende receber, mas a partir do momento em que os servidores estaduais passem a ter seus salários em dia.

Pelo projeto aprovado, deputados reeleitos terão direito a pagamento retroativo dos dois benefícios. Os não reeleitos, oriundos da legislatura passada, também. Os novatos passam a receber a partir deste período legislativo. Os recursos para cobertura desses “direitos” passarão de R$ 4,1 milhões.

Leia também: Tudo legal, tudo dentro da lei, mas é sensato?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política

 



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.