MACAÍBA RN-Diretor do ABC diz que clube busca jogadores em toda América do Sul


José Aldenir / Agora RN

Giscard Salton, executivo de futebol do ABC

A cultura de atletas estrangeiros jogarem no futebol do Rio Grande do Norte há anos não é alimentada. Enquanto no Sul e Sudeste constantemente jogadores sul-americanos são apresentados nas principais equipes, no Nordeste a incidência é bem mais baixa. Porém, no que depender do ABC em 2019, a realidade pode mudar em solo potiguar.

De acordo com o diretor-executivo de futebol do clube, Giscard Salton, a diretoria Alvinegra tem buscado reforços não só mercado brasileiro, mas também em toda a América do Sul. O último atleta não-brasileiro que vestiu a camisa abecedista foi o paraguaio Echeverría, entre as temporadas de 2016 e 2017. Até hoje é bem-quisto pelos torcedores alvinegros.

“A nossa busca por reforços continua e a gente tem analisado bem o mercado. Neste ano, a diferença é que não ficaremos apenas monitorando o futebol brasileiro, mas também todo o Mercosul. É um mercado que a gente tem buscado entrar e vamos ver se conseguimos”, revelou o dirigente.

Até agora, 13 reforços foram confirmados no ABC, mas todos os nomes são pouco conhecidos pelo torcedor. A intenção do clube é trazer atletas mais ‘badalados’ a partir de janeiro, de modo que o grupo possa ter um acréscimo maior de qualidade.

“A ideia é ingressar um valor a mais nesse plantel para qualificá-lo. Estamos fazendo um esforço pra qualificar, mas com muita cautela. Essa é a peça que não podemos errar. Essa é a peça que vem com o valor mais caro, que o abecedista vai jogar o valor lá. Essa peça não se pode errar”, concluiu Salton.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.