Carregando...

Homem confessa que matou vizinho a pauladas por ciúmes da esposa


imagem_2

Um homem foi preso em Araruama, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, suspeito de ser autor da morte do próprio vizinho. Segundo a assessoria da Polícia Civil, que divulgou o caso nesta segunda-feira (19), a prisão aconteceu no domingo (18), no distrito São Vicente, horas depois do crime ter acontecido.

De acordo com as investigações, Ilsimar Leite da Silva, de 40 anos, confessou para polícia que agrediu até a morte o vizinho Dorval Conceição Filho, de 49 anos, com pauladas na cabeça. Eles eram vizinhos e moravam no bairro Ipiaba.

Policiais da 118ª DP, em Araruama, sob a coordenação do delegado Raimundo Gonçalves Junior, prenderam o suspeito pelo crime logo após coletar informações na vizinhança. Ao chegar na casa de Ilsimar Leite, a polícia encontrou os mesmos cabos de enxadas que teriam sido usados para golpear a vítima.

Ao ser conduzido para a delegacia, policiais civis constataram que o suspeito havia sido condenado há 14 anos de prisão por outro homicídio no passado. Ele cumpriu pena por 10 anos até obter liberdade condicional. Contra Ilsimar Leite havia, ainda, dois mandados de prisão pendentes. Na delegacia, o suspeito confessou ter cometido o crime e disse que matou a vítima a pauladas na cabeça, porque tinha ciúmes da sua companheira. Segundo ele, a vítima havia assediado a mesma. Após dar depoimento, o suspeito sorriu ao tirar foto para ficar arquivada na delegacia. O corpo de Dorval Conceição foi levado para o Instituo Médico Legal da cidade.

tópicos:

Homem confessa que matou vizinho a pauladas por ciúmes da esposa
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *