Gesane desistiu por grana que teria sido oferecido por Henrique, diz Zé Dias


YI6767I67I

Alex Viana

 

Repórter de Política

 

O deputado José Dias (PSD) anunciou que a desistência da deputada estadual Gesane Marinho (PSD) em disputar a reeleição à Assembleia Legislativa teve motivo torpe: o oferecimento de dinheiro por parte do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, pré-candidato do PMDB a governador nas eleições deste ano.

 

Gesane, que vinha reclamando da ausência de uma boa coligação para disputar a reeleição, declarou que não será candidata. A partir de agora, aguarda-se a confirmação da candidatura do irmão dela, vereador em Natal Bertone Marinho, que é do PMDB, partido de Henrique, para a qualquer momento.

 

Para José Dias, do partido de Gesane, “há em marcha uma articulação para desarticular nossa chapa proporcional”, afirmou, se referindo à chapa de candidatos a deputado estadual e federal do palanque do pré-candidato do PSD ao governo, Robinson Faria, e da pré-candidata do PT ao Senado, Fátima Bezerra.

 

“É claro que por trás disso tudo há uma articulação do ‘acordão’. O presidente da Câmara, o terceiro homem mais importante da República, não conseguiu tirar as candidaturas de Robinson e Fátima. E como ele acha que só ganha a eleição por W.O., há em marcha uma articulação para desarticular nossa chapa proporcional. Tenho convicção absoluta que da mesma forma que Robinson e Fátima resistiram a acenos, ofertas e pressões, os nossos candidatos também vão resistir”, afirmou o deputado, em entrevista ao Blog da jornalista Thaísa Galvão.

 

Segundo Dias, a “oferta” em questão é de “ajuda financeira”. “(Henrique) Oferece a todos. Ele acha que cobre o preço de todo mundo. Dinarte Mariz não dizia que todo homem tem seu preço?”, contou o deputado, afirmando que o presidente da Câmara “encucou” que todo homem tem seu preço. “Eu acho que o preço das pessoas não é só avaliado pelo material fabricado na Casa da Moeda. Muitos ainda têm um preço moral, e nisso aí, eu vou dizer uma coisa, acho que Henrique não está muito rico não”, afirmou.

 

Instado a dizer se houve assédio e oferta de dinheiro à deputada Gesane, José Dias afirmou não poder dizer nem que sim, nem que não, mas afirmou que a dúvida será tirada em breve, porque o comportamento das pessoas revelará. Apesar disso, o deputado acredita na possibilidade de reversão da posição de Gesane Marinho.

 

“Acredito que as bases que ela teve com apoio de Robinson na eleição passada deram a ela 48 mil votos. Além dos 20 mil da capital foram 28 mil do interior, e todas essas bases foram mantidas. E a deputada sabe porque tem experiência, que o crescimento da campanha de Robinson, como está acontecendo, facilita o apoio de lideranças”, disse.

 

José Dias culpou “algumas pessoas do PT” pela vulnerabilidade da chapa proporcional da aliança com o PSD. “Não posso culpar o PT porque o PT na sua totalidade não foi responsável. Foram responsáveis algumas pessoas do PT”, disse. De acordo com o deputado, a decisão de Gesane não passa pelo desinteresse da chapa majoritária em relação à proporcional.

 

“Houve empenho indiscutível e eu sou partícipe interessado. Houve todo esforço de Robinson e Fátima para que houvesse a aliança na totalidade. Algumas pessoas do PT entenderam que não era conveniente para a proporcional do PT e, apesar de ser um grande equívoco, nós não podemos impor”, avaliou.

 

Na visão do deputado, a união em todos os níveis, prejudicada em razão de o PT não aceitar a coligação na proporcional com o PSD, beneficiaria a chapa majoritária. “Nunca pensei e ainda não penso que haja prejuízo para a proporcional. Não tenho a menor dúvida que temos possibilidade de fazer 3 deputados estaduais”, disse.

 

Apesar disso, ele acha que a chapa não será prejudicada sem os votos de Gesane. “Não podemos desprezar os votos de Gesane que, no meu ponto de vista, tinha reeleição garantida. Mas, isso não será fator para inviabilizar nossa chapa, até porque os eleitores que iam votar nela é um eleitorado fiel, engajado. É um voto pessoal a ela, mas, politicamente engajado na nossa luta”, disse.

 

Compartilhar:

 



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.