FOTOS IMAGENS-Prédio de 24 andares desaba em incêndio no Centro de SP



RESUMO

  • Chamas começaram por volta da 1h30 no 5º andar
  • Prédio de 24 andares abrigava ocupação irregular
  • Prefeitura de São Paulo diz que 92 famílias estavam no local
  • Homem caiu junto com o prédio em tentativa de resgate
  • Bombeiros combatem focos de incêndio e buscam desaparecidos

ACOMPANHE

Em nota, a Promotoria de Habitação e Urbanismo informou que vai reabrir o inquérito em decorrência da queda do prédio.

Loading...

Dezenas de prédios estão ocupados irregularmente na cidade de São Paulo

Quase 1,2 milhão de famílias vivem em situação precária em SP, de acordo com dados da Secretaria Municipal da Habitação de São Paulo. O número abrange o déficit habitacional de 358 mil moradias, que consiste na quantidade de novas moradias que precisam ser construídas na cidade, e outras 830 mil famílias que vivem em “assentamentos precários, que precisam de algum tipo de melhoria”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

VÍDEO: veja o momento em que o prédio desaba enquanto bombeiro tentava resgatar homem com corda para outro prédio.

Prédio pega fogo e desaba no Centro de SP

“O pior eram as crianças pedindo socorro e nós sem podermos ajudar”, diz sobrevivente de incêndio em São Paulo.

“Elas gritavam e choravam muito, pediam muito socorro. E a gente não tinha condição de ajudar porque era muita fumaça, muito fogo, muita gente correndo.”

Leia o relato da dominicana Reyna, que morava no edifício havia 6 meses.

Famílias que moravam no edifício que desabou em São Paulo

Famílias que moravam no edifício que desabou em São Paulo (Foto: Rafael Barifouse/ BBC)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma avaliação do prédio que desabou, feita pela Defesa Civil, afirmou que não havia risco estrutural na edificação, “embora a instalação elétrica estivesse em desacordo com as normas aplicáveis, assim como o sistema de combate a incêndio”.

Leia mais sobre o documento assinado em 16 de março.

Defesa Civil afirmou que prédio que desabou no Centro de São Paulo não tinha riscos estruturais

Defesa Civil afirmou que prédio que desabou no Centro de São Paulo não tinha riscos estruturais (Foto: Reprodução/MPSP)

Moradores disseram que uma briga de casal que cozinhava com álcool ou um estouro de panela de pressão podem ter dado início ao incêndio.

“Quando a gente estava lá se divertindo, a gente só ouviu os dois discutindo. Nessa , os dois estavam cozinhando no álcool, álcool de posto, né? Foi nessa hora que pegou fogo em tudo”, afirmou Gabriel Arcangelo.

Prédio em chamas no Centro de São Paulo

Prédio em chamas no Centro de São Paulo (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Os Bombeiros e os peritos do Instituto de Criminalística ainda analisam o que pode der causado a tragédia.

“A única certeza até agora que temos é a de houve um incêndio e só análises aprofundadas dirão o que causou”, disse o capitão Marcos Palumbo, porta voz dos bombeiros.

Cruz Vermelha de São Paulo está recebendo doações de todos os tipos – em especial, água, alimentos não perecíveis, roupas, sapatos e itens de higiene pessoal – para auxiliar as vítimas do incêndio e desabamento.

As pessoas que quiserem ajudar, devem levar as doações para a sede da Cruz Vermelha, localizada na Avenida Moreira Guimarães, 699, próximo ao aeroporto de Congonhas, onde serão triadas e destinadas às famílias atingidas.

Ex-moradores do prédio que desabou recebem doações enquanto aguardam na rua

Ex-moradores do prédio que desabou recebem doações enquanto aguardam na rua (Foto: Marcelo Brandt/G1)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

MAIS DO G1

FOTOS IMAGENS-Prédio de 24 andares desaba em incêndio no Centro de SP
Avalie esta postagem



Loading...

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *