FOTOS IMAGENS-Júri condena a 8 anos de prisão acusada de atropelar ex em RR


 

Júri condena a 8 anos de prisão acusada de atropelar ex em RR

Defensoria recorreu e Natália aguardará em liberdade; MP vai recorrer.
Em 2013, ela atropelou e arrastou o ex por 2 KM após os dois terminarem.

Valéria OliveiraDo G1 RR

Tentativa de homicídio ocorreu em janeiro de 2013; Felipe Brendo chegou a ser internado em estado grave. (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Roraima)Tentativa de homicídio ocorreu em janeiro de 2013; Felipe Brendo chegou a ser internado em estado grave (Foto: Reprodução/Rede Amazônica Roraima)

A estudante Natália Gomes, acusada de atropelar o ex-namorado, foi condenada a oito anos e oito meses de reclusão em regime fechado após júri popular. A sentença foi lida na noite desta quinta-feira (23) pela juíza Lana Leitão.

O júri, formado por quatro mulheres e três homens, acatou a acusação de tentativa de homicídio qualificado apresentada pelo Ministério Público do Estado.

Segundo informou o promotor de Justiça Paulo Trindade embora tenha sido condenada, Natália segue em liberdade em razão do pedido ingressado pela Defensoria Pública ter sido acatado pela juíza logo após o júri.

“Ela foi condenada a oito anos de reclusão em regime fechado e irá recorrer em liberdade. A juíza concedeu o direito de que ela aguardasse o recurso em liberdade, mas o Ministério Público vai recorrer para que ela cumpra imediatamente a pena”, explicou Trindade.

Conforme um trecho da sentença, a acusada nunca chegou a ser presa durante o processo.

Na ação, a estudante Natália Gomes foi acusada de atropelar e arrastar o ex-namorado, Felipe Brendo, por 2 KM em janeiro de 2013.

Durante o julgamento foram ouvidos Felipe Brendo (vítima), a mãe dele, três testemunhas de acusação, Natália (acusada), a tia e uma prima dela. O júri durou quase 13 horas e ocorreu no Tribunal do Júri no Fórum Criminal Ministro Evandro Lins e Silva, na zona Oeste de Boa Vista.

Crime
No dia 4 de janeiro de 2013, Natália atropelou o ex-namorado, Felipe Brendo. Ela o arrastou em alta velocidade por dois quilômetros atravessando ruas e avenidas até que se envolveu em um acidente e parou o carro. Após ser atropelado, Felipe Brendo ficou em estado grave.

Na época do crime, a Polícia Civil divulgou que em depoimento ela disse que tudo não passava de uma brincadeira e o advogado de defesa negou que ela tivesse intenção de matar o ex-namorado.

tópicos:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.