FOTOS IMAGENS-Chuva deixa o Rio em estágio de atenção pelo quarto dia seguido


transitochuva

 

Chuva deixa o Rio em estágio de atenção pelo quarto dia seguido

Sirenes de alerta foram acionadas em seis comunidades da Zona Sul.
Há uma semana, cidade é atingida por temporais no começo da noite.

Do G1 Rio

Pelo quarto dia seguido, o município do Rio entrou em estágio de atenção por causa da chuva. A Zona Sul da cidade foi a mais atingida pelo temporal. Sirenes de alerta foram acionadas em seis comunidades da região cerca de uma hora após início da chuva na noite desta segunda-feira (22).

A Defesa Civil acionou os alertas nas comunidades Santa Marta, Fallet, Chapéu Mangueira/Babilônia, Pereirão (Laranjeiras), Fazenda Catete e Guararapes. As sirenes são acionadas quando o volume de chuva deixa a encosta vulnerável a deslizamentos. No Morro Santa Marta, após as sirenes, uma gravação orientava os moradores a buscar abrigo em local seguro (confira no vídeo). As sirenes foram desligadas às 22h20.

Motoristas tiveram de redobrar a atenção para trafegar nas vias encobertas pela água (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)Motoristas tiveram de redobrar a atenção para trafegar nas vias encobertas pela água (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

Várias ruas da cidade ficaram tomadas pela enxurrada, sobretudo em Botafogo. Segundo o Centro de Operações, o bairro tinha bolsões d’água nas ruas São Clemente; Real Grandeza, Voluntários da Pátria e General Polidoro. Também houve acúmulo de água no acesso ao Viaduto Santiago Dantas.

Temporal alagou a Rua do Riachuelo, na Lapa (Foto: Rodrigo Gorosito)Temporal alagou a Rua do Riachuelo, na Lapa (Foto: Rodrigo Gorosito)

Além disso, quedas de árvores também prejudicaram o tráfego. Uma das ocorrências foi registrada na Rua das Laranjeiras, na Zona Sul.

Na Rua do Catete, pedestres ficaram ilhados na calçada (Foto: Junior Lopes / Arquivo Pessoal)Na Rua do Catete, pedestres ficaram ilhados na calçada (Foto: Ademir Junior / Arquivo Pessoal)

De acordo com o Centro de Operações, a mudança de estágio ocorreu às 19H30 desta segunda-feira (22). Os ventos chegaram a quase 60 km/h.

No fim da tarde, o Centro de Operações já alertava para a possibilidade de chuva forte, acompanhada de rajadas de vento e raios. Os primeiros registros, segundo o Alerta Rio, foram na Urca, na Zona Sul, e em Santa Cruz, na Zona Oeste.

Temporal voltou a atingir o Rio após dia de intenso calor (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)Temporal voltou a atingir o Rio após dia de intenso calor (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

 

Até as 20h, os maiores volumes de chuva haviam sido registrados na Urca (33mm) e em Santa Teresa (25,6).

Após a cidade entrar em estágio de atenção, os aeroportos continuavam operando normalmente para pousos e decolagens, sendo que o Aeroporto Santos Dumont realizava suas operações com o auxílio de instrumentos.

O dia foi de calor intenso na cidade. A temperatura máxima chegou a 37,1°C. A maior sensação térmica foi de 44,2°C, registrada na Zona Oeste.

Rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, também ficou alagada nesta segunda-feira (22) (Foto: Mirelle de França / )Rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, também ficou alagada nesta segunda-feira (22) (Foto: Mirelle de França / )

 

Rua Senador Vergueiro, no Flamengo, também ficou alagada (Foto: Mylene Neno / G1)Rua Senador Vergueiro, no Flamengo, também ficou alagada (Foto: Mylene Neno / G1)

Rua do Riachuelo, na Lapa, ficou tomada pela água (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)Rua do Riachuelo, na Lapa, ficou tomada pela água (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

Recomendações
O Estágio de Atenção é o segundo nível em uma escala de três e é caracterizado pela possibilidade de chuva forte. A prefeitura do Rio recomenda que, neste estágio, a população procure se abrigar em um local seguro, evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos e redobre a atenção ao dirigir.

Em caso de ventania e raios, é aconselhável evitar a proximidade com árvores ou áreas descampadas. Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros, já que o acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento.

Em caso de emergência, a população deve acionar a Defesa Civil, por meio do telefone 199.

Rua do Catete também ficou tomada pela água durante temporal desta segunda-feira (22) (Foto: Junior Lopes / Arquivo Pessoal)Rua do Catete também ficou tomada pela água durante temporal desta segunda-feira (22) (Foto: Ademir Junior / Arquivo Pessoal)

 

Pedestres se arriscam para atravessar rua da Lapa em meio aos carros e enxurrada (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)Pedestres se arriscam para atravessar rua da Lapa em meio aos carros e enxurrada (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

 

tópicos:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.