AFONSO BEZERRA RN-A HISTÓRIA DO MUNICÍPIO DE AFONSO BEZERRA


No dia 27 de outubro de 1953 foi criado o município de Afonso Bezerra. É uma cidade bonita e alegre, seu povo é hospitaleiro, vibrante e trabalhador. Nos primórdios de Afonso Bezerra a povoação era conhecida por Carapébas. O surgimento dessa denominação se deu pela fartura deste saboroso peixe que dava em grande quantidade no rio Amargoso ou Salgado como era chamado. Vestígios como panelas de barro e lanças de pedras revelam traços dos primeiros habitantes da região, os índios Tapuios. Nos idos de 1850, a fazenda Carapébas situada às margens do rio Salgado deu origem ao povoado que recebeu o nome da fazenda. Os primeiros povoadores da localidade, Augustinho Barbosa da Silva, Tenente-Coronel Antônio Francisco Bezerra, Tenente José Alexandre Solino da Costa e Vicente Ferreira Barbosa eram agricultores e criadores. Em 1865, José Avelino Bezerra, seguiu como voluntário do exército para a luta contra o ditador paraguaio, Francisco Solano Lopes. Em 1894, o fazendeiro Alexandre Avelino Bezerra ergueu a capela de Nossa Senhora da Conceição, tendo a partir daí o povoadoprogredido com a construção de escola e de casas comerciais em torno da igreja. A primeira missa foi celebrada em 1902 pelo Cônego Sabino Coelho. Um acontecimento marcou em 1907, a história de Carapebas foi o nascimento de seu ilustre filho e escritor Afonso de Ligório Bezerra que apesar de ter falecido precocemente, aos 23 anos de idade, conseguiu com seu talento ultrapassar os limites de sua terra.Carapébas então povoado do município de Angicos, continuou progredindo com a passagem da linha férrea em 1919, com a chegada dos Correios em 1920 e com o serviço telefônico em 1926.Em 1931, um ano após o falecimento do escritor Afonso de Ligório Bezerra, seu ex-professor Bibiano Bezerra propôs a mudança do nome do povoado e o prefeito provisório de Angicos assinou o Ato dando à terra do Cará o nome de Afonso Bezerra.(Cará nome do peixe de água doce existente na localidade). Através da Lei nº 20, de 27 de outubro de 1953, Afonso Bezerra foi desmembrado de Angicos, tornando-se município do Rio Grande do Norte.Por volta do ano de 1880 era uma antiga fazenda de gado, surgindo ali uma próspera povoação.O crescimento foi constante até que em 1894, um filho de Carapébas, fazendeiro que tinha uma boa situação financeira, toma a frente do povoado e decide pelo seu impulso e progresso. Era Alexandre Avelino Martins que com obstinação construiu a capela de Nossa Senhora da Conceição, que posteriormente em 1921 foi reconstruída. A importância de Alexandre Avelino para Carapébas foi fundamental para seu progresso. Em 1922 já existiam na cidade mais 100 casas construídas, já existia escola, mas ainda pertencia a Angicos. Seu povo queria a liberdade e lutava politicamente para se tornar cidade. Em 1931 a prefeitura de Angicos mudou o nome de Carapébas para Afonso Bezerra em homenagem ao filho ilustre do lugar que se destacou sobremaneira. Afonso Ligório Bezerra nasceu em Carapébas no ano de 1907, era um rapaz muito inteligente que ainda menino chamava a atenção para o futuro da educação do povoado. Ainda rapaz foi estudar em Natal e posteriormente prestou vestibular na Faculdade de direito de Recife – PE. Já como aluno de direito passou também a escrever crônicas literárias para os jornais da capital pernambucana e de jornais do sul.\ Afonso Bezerra faleceu muito novo com apenas 23 anos de idade, prematuramente em 1930 em Natal e no ano seguinte por iniciativa das lideranças políticas de Angicos seu nome foi dado ao povoado que ele tanto amava. Carapébas passou então a chamar-se Afonso Bezerra já a partir de 1931. A emancipação política de Afonso Bezerra aconteceu no ano de 1953 quando foi criado desmembrando-se de Angicos.Outras lideranças se juntam ao ex-prefeito João Batista Alves Bezerra Neto no interesse de servir ao município, os ex-prefeitos Chagas Avelino, o médico Agostinho Lopes Neto e ex-prefeito José Robson de Souza, Carlos Ernande A. Bezerra, Iran José das Chagas, Miguel Arcanjo Ferreira, Cícero Francisco dos Santos, Fernando Antônio de Souza, José Cordeiro de Souza, Willo Freire, José Alves Bezerra, Rui Ricardo Avelino Paiva, Valdemiro Ferreira da Silva, Luiz Gonzaga da Cunha, Francisco Raimundo Filho, Abrahão Lincoln Bezerra Dantas,Francisco Nilo da Cruz, Giovane Laurentino de Souza, José Lira das Chagas, Alaíde Fernandes de Amorim Lopes, Francisco das Chagas Gomes Dantas, Djailson Fidelis da Silva, Francisco Inácio de Oliveira, Expedito Venâncio da Costa, Geovane Laurentino de Souza, Maria de Fátima Bezerra de Souza, Josemberg Pereira dos Santos, Noemia Andrade de Souza, Joaquim de Souza Neves, Jaconias Batista de Medeiros, Alarizo Ferreira da Cunha Junior, Maria do Socorro Bezerra, Luiz Elizeu Bezerra Neto, Keyla Regina Bezerra Ferreira, Francisco Maria da Costa, Francisco Américo de Souza, Francisco das Chagas Silva Felix, Carlos Antônio Azevedo Morais, Cleidimar Alves Pereira, Francisco Felix da Cunha, José Felix da Cunha, e Ivan de Oliveira Silva. O novo prefeito José Robson de Souza foi eleito numa disputa com João Batista Alves Bezerra Neto candidato a reeleição. José Robson tomou posse em 01 de janeiro de 2001 e governou o município até 31 de dezembro de 2004, quando foi reeleito disputou a eleição contra o forte candidato Jakson de Santa Cruz Albuquerque Bezerra pelo PFL e Iran Jose das Chagas do PTB, e esperava governar novamente o município por mais quatro anos. Sua eleição foi questionada na justiça, afastado, disputou novamente e foi vencedor duas vezes no voto , teve como vice Alaíde Fernandes de Amorim Lopes e desta segunda disputa teve novamente Jakson Santa Cruz Bezerra e como vice Francisco das Chagas Felix. Afonso Bezerra tem ligação asfaltica com a capital do Rio Grande do Norte, obra executada pelo então governador Garibaldi Filho, é servida de telefonia móvel e celular, rádio e tv.
INDICADORES IDH 0,629 PNUD/2000
PIB R$ 27.436.956,00 IBGE/2003
PIB per capita R$ 2.512,31 IBGE/2003
Sua população, estimada pelo IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, no ano 2004, era de 10.93 habitantes. Área territorial de 576,25 km².
 
 
AFONSO BEZERRA RN-A HISTÓRIA DO MUNICÍPIO DE AFONSO BEZERRA
Avalie esta postagem



Loading...

Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *