A PALAVRA DO DIA -A RELIGIÃO MATA!


SAINDO DE TABUS E QUEBRANDO OS PADRÕES SOCIOLÓGICOS… A RELIGIÃO MATA!

 

O que realmente significa escândalo pra você? Ler um artigo dizendo que a religião mata ou ler algo dizendo que Deus existe?

Sem sentido talvez, mas com certeza você escolheria a primeira opção.

Pra quem acredita em Deus é claro que não seria um escândalo ou algo espantoso dizer que Ele existe, é claro que não, mas dizer que a religião mata com certeza é.

A questão é que a humanidade de uma forma generalizada esta acostumada a procurar alguém para colocar a esperança e não, isso não é errado.

Mas acreditar que Deus é feliz quando se fala de religião é errado sim.

A bíblia diz claramente: “o meu povo é tolo, eles não me conhecem!” (Jr.4:22)

Não estou aqui para dar a ninguém uma aula bíblica, de maneira alguma! O problema é que mais do que a metade da nação brasileira tem em mente um pensamento de que “eu preciso no mínimo ir a uma igreja pelo menos um domingo por mês, por que… (o porquê ninguém sabe, ou procura saber), só preciso ir depositar minha esperança de que indo a uma igreja estou fazendo algo bom, talvez eu seja salvo por isso”.

É aqui que entra a questão que a religião mata!

Onde quero chegar é que naturalmente precisamos de algo que nos preencha. É claro.

Nós somos como um balde vazio… E esse balde precisa ser preenchido. O fato da vida ser cheia de relacionamentos explica muito isso, existe uma necessidade em nós de sermos preenchidos por algo (fato!).

E é exatamente por esse motivo que muitas pessoas procuram uma religião, então elas criam rotinas, costumes, atividades novas e etc.

O problema é que eu posso encontrar em uma religião algo que preencha com atividades o meu dia a dia, mas infelizmente nunca irá preencher o meu coração e nem muito menos meu vazio.

A pergunta é: “por que ainda estou dizendo que a religião mata?”

Simples. A religião te deixa feliz e preenchido por um tempo, pois a consciência acha que esta fazendo algo certo, mas os anos vão se passando, as coisas vão ficando chatas ir a um culto de domingo não é mais satisfatório assim, ouvir um pastor, padre ou algum mestre religioso pregar só esta dando sono agora… o que estou agregando para minha vida?

A verdadeira dor de um autor ao escrever sobre isso é que a palavra religião torna uma terra fértil num monte de poeira rasa e sem propósito algum…

Faz de uma criança pura um robô com controle remoto.

Alguém pode dizer: “-Mas ir a igreja é a vontade de Deus.”

E não, não esta errado! Mas será mesmo que o coração de um pai é convidar o filho para um almoço em família mas nem ao menos poder abraça-lo?

Deus não quer que você conheça a igreja, Ele quer que você O conheça! Então consequentemente você ira ter o desejo de conhecer tudo que envolve Ele, pois alguém que o experimenta uma vez se quer, deseja experimenta-lo pra sempre!

E não me venha com esse papo de “mas eu tenho minha religião!”, na verdade o que você tem é sérios problemas.

Não siga uma religião, siga o Cristo.

Concluindo:

A religião mata! Não trazendo um câncer, doença, acidente ou algo do tipo… ela mata a liberdade de um filho em conhecer seu Pai, ela mata a liberdade de um pai em querer abraçar seu filho!

Sim, a religião mata!

 

                                                              KarinaOliveira.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.