A PALAVRA DO DIA-7 selos e os cavaleiros do Apocalipse – Você está preparado?


  • Curso Transformação

7 selos e os cavaleiros do Apocalipse – Você está preparado?

por: Antonio Júnior

ASSISTA ESTE VÍDEO NO YOUTUBE! CLIQUE AQUI ► 7 selos e os cavaleiros do Apocalipse

Os 7 selos serão abertos e com eles virão os cavaleiros do Apocalipse. Neste vídeo eu vou te revelar tudo o que a Bíblia conta sobre o fim dos tempos e o que significa cada um dos selos e dos 4 cavaleiros do Apocalipse.


A Bíblia conta que, durante o fim dos tempos, Deus derramará a Sua ira como julgamento pelos pecados do mundo e como um último chamado para a humanidade se arrepender e adorá-Lo. No Livro de Apocalipse, o apóstolo João narra a visão que o Senhor lhe deu sobre esse tempo futuro. E esse julgamento será dividido em duas partes: os sete selos e as sete trombetas. Neste vídeo, falaremos especificamente dos sete selos.

Em sua visão, João vê um anjo procurando alguém que seja digno de abrir o livro que iniciará o julgamento no mundo. O apóstolo chora porque a Bíblia diz que “ninguém foi considerado digno de abrir o livro e de olhar para ele” (Apocalipse 5:4). Mas um dos 24 anciãos olha para João e diz:

“Não chore! Eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos” (Apocalipse 5:5).

Naquele momento, João vê Jesus no centro do trono, cercado pelos quatro seres viventes e pelos anciãos. O Cordeiro, então, pega aquele pergaminho, pois somente Ele é digno de abri-lo. Em seguida, aqueles que O cercavam se prostraram no chão e O adoraram (Apocalipse 5:6-14). Cristo, então, começou a quebrar selo por selo, revelando o Seu julgamento sobre a Terra. Veja o que significa cada um dos 7 Selos do Apocalipse:

1º Selo: A vinda do anticristo

O apóstolo João escreveu: “Observei quando o Cordeiro abriu o primeiro dos sete selos. Então ouvi um dos seres viventes dizer com voz de trovão: ‘Venha!’ Olhei, e diante de mim estava um cavalo branco! Seu cavaleiro empunhava um arco, e foi-lhe dada uma coroa; ele cavalgava como vencedor determinado a vencer.” (Apocalipse 6:1,2)

Os quatro primeiros selos são conhecidos como os “4 Cavaleiros do Apocalipse”. E o primeiro deles abre as portas para que o anticristo venha ao mundo. Nesta visão, o cavalo branco e a coroa simbolizam que ele será alguém poderoso que chegará com o discurso de promover a paz no mundo. Porém, o arco que o cavaleiro segura em suas mãos mostra que sua verdadeira intenção é enganar as pessoas e dominar o mundo.

2º Selo: O espírito de guerra

Sobre o segundo selo, João teve a seguinte visão: “Então saiu outro cavalo; e este era vermelho. Seu cavaleiro recebeu poder para tirar a paz da terra e fazer que os homens se matassem uns aos outros. E lhe foi dada uma grande espada.” (Apocalipse 6:4)

O segundo selo aberto por Jesus marca a chegada do espírito da guerra, que causará as batalhas mais sangrentas da história da humanidade. Durante esse período, boa parte dos habitantes do planeta morrerá. Este cavaleiro do cavalo vermelho tem uma grande espada, e acredita-se que ela represente o castigo, ou seja, Deus fará com que os adoradores da besta e do falso profeta sofram as consequências.

3º Selo: O espírito da fome

João descreveu a visão desta maneira: “Quando o Cordeiro abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro ser vivente dizer: ‘Venha!’ Olhei, e diante de mim estava um cavalo preto. Seu cavaleiro tinha na mão uma balança. Então ouvi o que parecia uma voz entre os quatro seres viventes, dizendo: ‘Um quilo de trigo por um denário, e três quilos de cevada por um denário, e não danifique o azeite e o vinho!’” (Apocalipse 6:5,6)

Na cultura judaica, a cor preta simboliza o lamento, a aflição e a fome. E é exatamente isso que o cavaleiro do cavalo preto trará ao mundo quando Jesus abrir o terceiro selo. Perceba que ele carrega consigo uma balança que, segundo os estudiosos, representa a crise econômica e a fome, pois a balança seria símbolo da falta de alimentos e dos preços exorbitantes. Isso significa que as pessoas terão que trabalhar muito para poder comprar um pouco de comida. Para você ter ideia, um denário era um salário comum para um dia de trabalho (Mateus 20:2), isso que significa que as pessoas gastarão toda a sua renda para conseguir seu sustento.

4º Selo: O espírito da morte

Em seguida, o apóstolo João traz revelações sobre a chegada do último cavaleiro. Ele disse: “Quando o Cordeiro abriu o quarto selo, ouvi a voz do quarto ser vivente dizer: ‘Venha!’ Olhei, e diante de mim estava um cavalo amarelo. Seu cavaleiro chamava-se Morte, e o Hades o seguia de perto. Foi-lhes dado poder sobre um quarto da terra para matar pela espada, pela fome, por pragas e por meio dos animais selvagens da terra.” (Apocalipse 6:7,8)

A abertura do quarto selo permitirá que o espírito da morte acabe com a vida de um quarto da população da terra – e grande parte dessas pessoas, infelizmente, será levada para o inferno. Elas morrerão por causa da guerra, da fome e das doenças causadas pelas aberturas dos selos anteriores e, também, pelo ataque de animais selvagens que, por causa da falta de comida, devorarão os seres humanos.

5º Selo: Desejo de justiça

Ao ver Jesus abrir o quinto selo, João relatou:

Quando ele abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas daqueles que haviam sido mortos por causa da palavra de Deus e do testemunho que deram. Eles clamavam em alta voz: “Até quando, ó Soberano santo e verdadeiro, esperarás para julgar os habitantes da terra e vingar o nosso sangue?’ Então cada um deles recebeu uma veste branca, e foi-lhes dito que esperassem um pouco mais, até que se completasse o número dos seus conservos e irmãos, que deveriam ser mortos como eles.” (Apocalipse 6:9-11)

Assim que o quinto selo foi aberto por Jesus, todos aqueles homens e mulheres cristãos que haviam perdido a vida por causa de sua fé em Cristo, perguntaram ao Senhor quanto tempo levaria para que aqueles que os mataram seriam julgados. Eles, então, foram instruídos a esperar pacientemente até que os demais cristãos que ainda estavam na Terra também fossem perseguidos e mortos. Em outras palavras, outros crentes ainda precisavam ser martirizados.

6º Selo: Uma grande catástrofe no universo

A visão de João durante a abertura deste selo se voltou para toda a Terra e o sistema solar. Ele disse: “Observei quando ele abriu o sexto selo. Houve um grande terremoto. O sol ficou escuro como tecido de crina negra, toda a lua tornou-se vermelha como sangue, e as estrelas do céu caíram sobre a terra como figos verdes caem da figueira quando sacudidos por um vento forte. O céu foi se recolhendo como se enrola um pergaminho, e todas as montanhas e ilhas foram removidas de seus lugares. Então os reis da terra, os príncipes, os generais, os ricos, os poderosos – todos os homens, quer escravos, quer livres, esconderam-se em cavernas e entre as rochas das montanhas. Eles gritavam às montanhas e às rochas: ‘Caiam sobre nós e escondam-nos da face daquele que está assentado no trono e da ira do Cordeiro! Pois chegou o grande dia da ira deles; e quem poderá suportar?’” (Apocalipse 6:12-17)

A maior catástrofe de toda a história da humanidade acontecerá com a abertura do sexto selo. Um fenômeno cósmico, envolvendo os planetas, o sol, a lua, as estrelas e todos os outros corpos celestes aterrorizará toda a população mundial. Então, as pessoas terão a certeza de que o fim dos tempos está cada vez mais próximo. Provavelmente o apóstolo João teve dificuldades para transformar em palavras tudo aquilo que seus olhos realmente viram nessa ocasião, tamanha a sua grandiosidade.

Durante esse período assustador, um anjo mostra a João que 144 mil pessoas receberão o selo de Deus para que sejam protegidos da ira do Pai. Esses 144 mil selados pregarão as boas novas às pessoas e muitas se converterão a Cristo nos últimos dias.

7º Selo: As sete trombetas

Se a abertura dos seis primeiros selos já havia deixado João maravilhado e, ao mesmo tempo, espantado diante do tamanho do poder de Deus, a abertura do último selo mostrou ao apóstolo que coisas ainda mais terríveis estavam por acontecer. Ele escreveu:

“Quando ele abriu o sétimo selo, houve silêncio no céu por volta de meia hora. Vi os sete anjos que se acham em pé diante de Deus; a eles foram dadas sete trombetas. Outro anjo, que trazia um incensário de ouro, aproximou-se e se colocou de pé junto ao altar. A ele foi dado muito incenso para oferecer com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro diante do trono. E da mão do anjo subiu diante de Deus a fumaça do incenso juntamente com as orações dos santos. Então o anjo pegou o incensário, encheu-o com fogo do altar e lançou-o sobre a terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e um terremoto.” (Apocalipse 8:1-5)

A abertura do sétimo selo do livro traz consigo consequências terríveis à Terra. Porém, antes disso, há um período de silêncio absoluto, como se fosse Deus esperando para que as pessoas pudessem se arrepender de seus pecados e se voltar para Ele.

Mas, mesmo diante de tantas desgraças, milhões de pessoas não se arrependerão de seus erros e, em vez disso, amaldiçoarão ao Senhor por tudo o que acontecerá. Então, após esse período de silêncio, os anjos começarão a tocar suas trombetas e, a cada toque, julgamentos muito piores irão acontecer, até que, enfim, Jesus voltará cheio de glória e poder.

Por isso, meu querido irmão e irmã, é hora de nós ficarmos firmes com Jesus, pois, somente com Ele, a nossa salvação está garantida e não precisamos temer o futuro!



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.