SÃO PAULO-SP-BRASIL-Alckmin fala pela 1ª vez sobre morte do filho: ‘É uma dor sem limite’


4097061_x360

09/04/2015 00h00 – Atualizado em 09/04/2015 07h56

Alckmin fala pela 1ª vez sobre morte do filho: ‘É uma dor sem limite’

Governador de São Paulo publicou mensagem no Facebook.
Thomas Alckmin morreu em um acidente de helicóptero na quinta (2)

Do G1 São Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, se manifestou pela primeira vez após a morte do filho caçula, Thomaz Alckmin, em acidente de helicóptero na quinta-feira (2).

Em sua página no Facebook, ele postou na noite de quarta-feira (8) uma foto junto de Thomaz e um depoimento em que diz que “perder um filho é uma dor sem limite”.

O governador também agradeceu as mensagens de solidariedade e disse que elas “estão sendo muito importantes para a família no momento”.

Veja abaixo a mensagem compartilhada por Geraldo Alckmin:

“Perder um filho é uma dor sem limite. Só a fé e a solidariedade dos amigos nos ajudam a suportá-la neste momento. Acabo de retornar da Missa de Sétimo Dia do nosso filho Thomaz. Na segunda-feira, ele teria feito 32 anos. A Lu Alckmin e eu agradecemos a todos pelas mensagens de apoio, solidariedade e carinho. Elas estão sendo muito importantes para nossa família neste momento.”

O governador também compartilhou na rede social a reflexão de Santo Agostinho que sua esposa Lu Alckmin postou nesta quarta-feira (8) em uma homenagem ao filho.

Os três filhos de Geraldo Alckmin na foto do perfil do Facebook de Geraldo Alckmin Neto (Foto: Reprodução/Facebook)Os três filhos de Geraldo Alckmin na foto
do perfil do Facebook de Geraldo Alckmin Neto
(Foto: Reprodução/Facebook)

O acidente
Thomaz morreu na queda de um helicóptero em Carapicuíba, na Grande São Paulo. Cinco pessoas morreram no acidente. O helicóptero da empresa Seripatri caiu sobre uma casa sem deixar sobreviventes.

Além do caçula de Alckmin, morreram o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, de 53 anos, e os mecânicos Paulo Henrique Moraes, de 42, Erick Martinho, de 36, e Leandro Souza, de 34.

Reportagem do G1 mostrou que o conjunto de pás do rotor principal do helicóptero passou por uma inspeção de rotina, mas não foi substituído, segundo informou uma fonte da Helibrás.

A empresa é representante no Brasil da Eurocopter, fabricante da aeronave, e é a única autorizada a fazer o serviço de vistoria de produtos da marca na América do Sul.

Geraldo Alckmin fala pela 1ª vez sobre a morte do filho (Foto: Reprodução/Facebook/GeraldoAlckmin)Geraldo Alckmin fala pela 1ª vez sobre a morte do filho (Foto: Reprodução/Facebook/GeraldoAlckmin)

Duas pás foram encontradas próximas ao local da queda. Um vídeo que mostra a aeronave segundos antes de atingir o solo foi analisado pelo perito Ricardo Molina. Segundo ele, tudo indica que uma peça vista das imagens seja uma das pás do rotor do helicóptero, conjunto popularmente conhecido como hélice.

“Após analisar o vídeo quadro a quadro, posso dizer que uma peça se solta do helicóptero antes da queda”, disse Molina.

Inspeção
De acordo com a Helibrás, as cinco pás foram retiradas da aeronave e passaram por inspeção de rotina, como descrito nos manuais do fabricante.

Após a vistoria, o conjunto de pás foi entregue novamente à proprietária da aeronave, a Seripatri, com um relatório sobre a inspeção. A Helibrás nega, no entanto, que tenha feito a reinstalação das pás.

A Polícia Civil quer ouvir pelo menos 20 pessoas, entre elas os responsáveis pela inspeção nas pás. Os investigadores do 1º Distrito Policial querem saber se a aeronave da empresa Seripatri caiu por causa de falha mecânica ou humana, ou ainda a conjunção dessas duas possibilidades na queda.

 

Rate this post



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.