SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-RN tem 15 assassinatos no fim de semana e passa de 630 no ano


Crédito da foto: Reprodução/O CâmeraLocal onde mãe e filha foram mortas em Mossoró

 

Por Fábio Vale – Repórter do JORNAL DE FATO

Quinze pessoas foram assassinadas neste fim de semana em todo o Rio Grande do Norte. A violência homicida predominou principalmente na segunda maior cidade do estado. Mossoró registrou seis mortes, incluindo a de um policial militar lotado no estado do Ceará. Os crimes fizeram o RN ultrapassar de 630 crimes neste ano e Mossoró, de 70 casos.

Segundo o observatório da Violência (OBVIO), dos 15 assassinatos no RN entre a última sexta-feira (04) e o domingo (06), seis foram em Mossoró. Os outros restantes foram dois em Natal; dois em São Gonçalo do Amarante; e um, cada, em Tibau do Sul, Currais Novos, Parelhas, Vera Cruz e São José do Campestre. Os crimes fizeram o estado chegar a 632 assassinatos em 2021.

No acumulado deste ano, ainda conforme o Obvio, Natal lidera com 126 mortes e Mossoró, com 71. O segundo maior município potiguar liderou o ranking de assassinatos neste fim de semana. A cidade foi palco para seis crimes, sendo o primeiro registrado na tarde de sábado (05), próximo a um hotel nas imediações do bairro Alto da Bela Vista e Abolição III. Dyego Ramon da Silva Grigorio, de 30 anos de idade, policial militar do estado do Ceará, morreu baleado após ser abordado quando chegava em casa de carro, por dois criminosos que estavam em uma motocicleta.

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) lamentou a morte do soldado que ingressou na Corporação em 27 de dezembro de 2017. Ainda na mesma tarde, Erikson Rutennio da Silva Santos, de 26 anos, foi assassinado a tiros quando chegava em casa de motocicleta no Loteamento Pousada dos Thermas. Ele ficou com a cabeça desfigurada em decorrência de um disparo de escopeta calibre 12. Poucos minutos depois, Mossoró registrou o terceiro assassinato do dia. Emerson Carlos Santana Bezerra, de 32 anos de idade, foi morto no quintal da casa dele no Alto da Conceição.

Já na noite do mesmo dia, a cidade foi palco para um duplo homicídio, na Rua Helena de Oliveira Moura, bairro Pousada dos Thermas. Maria Rita Vieira de Freitas, de 51 anos de idade, e a filha, Maria Clara Vieira de Freitas, de 16 anos, foram mortas com tiros de escopeta na cabeça. O caso fez o município somar cinco homicídios em menos de dez horas. E o sexto assassinato do fim de semana em Mossoró já foi no início da noite de domingo, no Santo Antônio, onde um homem morreu após ser baleado. A polícia não informou as motivações dos crimes e nem se haveria relação entre eles. Os casos devem ser investigados.

 

Mulheres mortas

 

O estado segue registrando casos de violência letal também contra mulheres. Adriele Fernandes da Silva, de 23 anos, foi morta a pauladas no início da madrugada desta segunda-feira (07), no município de Parelhas, na região do Seridó Potiguar. O suspeito do crime é o próprio companheiro dela, que foi preso. De acordo com o Obvio, neste ano, pelo menos 33 mulheres já foram mortas em todo o RN, sendo ao menos cinco casos caracterizados como feminicídio, que é o crime motivado por violência doméstica e/ou de gênero.

 

Tags:

 

Polícia Militar

 

Polícia Civil

 

segurança

 

crime

 



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.