RIO DE JANEIRO RJ-Petrobras aprova dividendos de R$ 43,6 bi no 3º trimestre


Logo da Petrobras na fachada da sede da empresa, no Brasil

Logo da Petrobras na fachada da sede da empresa, no Brasil

REUTERS/SERGIO MORAES

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta quinta-feira (3) o pagamento de dividendos de R$ 3,3489 por ação preferencial e ordinária em circulação, o equivalente a R$ 43,68 bilhões, conforme cálculo da Reuters.

Os dividendos serão pagos em duas parcelas iguais, em 20 de dezembro e 19 janeiro de 2023, informou a petroleira sobre o fato relevante ao mercado.

A Petrobras afirmou que o valor proposto está alinhado com a atual política de remuneração aos acionistas da empresa e que é compatível com a sustentabilidade financeira da petroleira no curto, médio e longo prazo.

VEJA TAMBÉM
  • Venda de veículos acumula alta de 3,3% no ano, aponta Fenabrave
    ECONOMIA

    Venda de veículos acumula alta de 3,3% no ano, aponta Fenabrave

  • PF prende investigado por fraude com criptomoedas no Paraná
    CIDADES

    PF prende investigado por fraude com criptomoedas no Paraná

  • Comércio estima que perdas com bloqueios nas rodovias podem superar as de 2018
    ECONOMIA

    Comércio estima que perdas com bloqueios nas rodovias podem superar as de 2018

A empresa disse ainda que o dividendo está em linha com o seu compromisso de geração de valor para a sociedade e para os acionistas. A União, como acionista majoritária, deve receber a maior parte.

Mais cedo nesta quinta-feira, a FUP (Federação Única dos Petroleiros) e a Anapetro, que representa os petroleiros acionistas minoritários da Petrobras, afirmaram que iriam à Justiça questionar o que chamaram de “megadividendo”, caso ele fosse aprovado, argumentando que isso reduz a capacidade de investimento da companhia.

A federação afirmou ainda que os dividendos totais do ano devem chegar perto de R$ 180 bilhões, enquanto os investimentos realizados pela estatal em 2022, até junho, somaram “apenas” R$ 17 bilhões.

Ao informar sobre o valor aprovado, a Petrobras destacou que no Plano Estratégico 2022-26 os projetos de investimentos solicitados pelas áreas de negócios foram atendidos porque apresentam boa resiliência, além de serem suportados pela geração de caixa operacional e pelo fluxo de desinvestimentos, sem efeitos adversos na alavancagem.

Dessa forma, a empresa garantiu que “não existem investimentos represados por restrição financeira ou orçamentária e a decisão de uso dos recursos excedentes para remunerar os acionistas se apresenta como a de maior eficiência para otimização da alocação do caixa”.

A atual política de remuneração aos acionistas da Petrobras prevê que, em caso de endividamento bruto inferior a US$ 65 bilhões, a companhia pode distribuir aos seus acionistas 60% da diferença entre o fluxo de caixa operacional e as aquisições de ativos imobilizados e intangíveis (investimentos).

Além disso, a política também prevê a possibilidade de pagamento de dividendos extraordinários, desde que sua sustentabilidade financeira seja preservada.

Recomendado para você

Últimas

  • Jornal Contábil

    JORNAL CONTÁBIL 

    Veja como participar do mutirão nacional de negociação de dívidas

  • Contábeis

    CONTÁBEIS 

    Receita regulamenta PERSE e restringe seus benefícios

  • Contábeis

    CONTÁBEIS 

    Como funciona a estabilidade da empregada gestante e mãe?

  • Contábeis

    CONTÁBEIS 

    Como lidar ambiente com hostil e de aversão ao empreendedorismo?

  • Jornal Contábil

    JORNAL CONTÁBIL 

    INSS: posso me aposentar com 50 anos de idade?

  • Petrobras decide antecipar R$ 43,7 bilhões em dividendos a acionistas

  • Contábeis

    CONTÁBEIS 

    Startup lança calculadora de apuração de tributos para contadores

  • Capitalist

    CAPITALIST 

    Alterações nas leis de trânsito podem multar motorista que possuem veículos irregulares!

  • Lorena - Economia

    LORENA – ECONOMIA 

    Tesla fecha seu primeiro showroom na China

Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.