REFLEXÃO;Pecado é não fazer o bem (Tiago 4.17)


“Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado.” (Tiago 4.17)

As pessoas costumam achar que pecado é fazer algo errado,e com isto deixam de entender o seu significado mais relevante. Pecado não é só praticar o mal. Pecado é não fazer o bem!

Acho que a origem dessa maneira de ver as coisas está relacionada à disposição da maioria dos mandamentos da antiga aliança no formato “negativo”: “Não farás para ti nenhum ídolo”, “Não matarás”, “Não Adulterarás”, “Não furtarás”, etc.

Quando a lei a ser seguida é “negativa”, a desobediência a ela (pecado) se dá pela prática daquilo que não se deveria fazer. Ou seja, se o mandamento diz “Não matarás”, ele é quebrado quando alguém comete o homicídio. Mas quando a lei a ser seguida é “positiva”, ela não é desobedecida (pecado) pela prática de algo, mas sim pela omissão em relação àquilo que deveria ser feito. Isto é, se o mandamento diz “Honra teu pai e tua mãe”, ele é contrariado quando o fiel deixa de honrar, ignora, fica omisso em relação aos seus pais.

Na Nova Aliança, Cristo e os apóstolos nos mostraram que toda a lei se resume em “Amar o próximo como a si mesmo”, isto é, um mandamento “positivo”. Portanto, o pecado agora é melhor definido como a não prática do bem do que como a prática do mal. E isso muda tudo!

Uma visão clara a respeito do pecado como omissão é o primeiro passo para nos tornar menos juízes e mais devedores uns dos outros. Por exemplo: Quem vê o viciado como “pecador” é juiz da pessoa que se droga, mas quem vê o omisso como “pecador” se torna comprometido e se vê “obrigado” a se envolver com a questão da dependência química na sua comunidade. O evangelho de Jesus tem muito mais a ver com a segunda postura do que com a primeira.

Portanto, a partir de hoje, passe a olhar o pecado como sinônimo de omissão contra a lei do amor ao outro. Faça isto e certamente você vai se aproximar de Deus com o coração muito mais quebrantado, com a certeza de que você mesmo é um pecador necessitado de mudança de atitude. Sua oração será muito mais parecida com a do publicano do que com a do fariseu (Lucas 18.9-14) e será aceita por Deus.

Graça e Paz!

blogdopastortulio.blogspot.com.brdownload

Rate this post



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.