RECIFE-PE-Turistas e blocos já ocupam as ladeiras de Olinda



Ladeiras do sítio histórico já estão tomadas por orquestras de frevo (Foto: Lorena Andrade/G1)Ladeiras do sítio histórico já estão tomadas por orquestras de frevo (Foto: Lorena Andrade/G1)

Ladeiras do sítio histórico já estão tomadas por orquestras de frevo (Foto: Lorena Andrade/G1)

Após a abertura oficial do carnaval de Olinda, que juntou mais de 20 agremiações na quinta-feira (23), as ladeiras da cidade já estão repletas de gente ávida pela folia. Animados, muitos turistas chegam à cidade histórica e aguardam a passagem de blocos nas ladeiras históricas para cair no frevo.

Em viagem conhecendo o Nordeste do país, o francês Pierre Paquel, 28 anos, que mora em Paris, aproveitou para fazer uma parada em Pernambuco para curtir o carnaval do Estado. Ele veio acompanhado da namorada e de um amigo, e está hospedado em uma casa próxima ao Sítio Histórico de Olinda. “Estou muito animado, sempre ouvi falar muito bem do carnaval daqui e agora vim conferir de perto. É a primeira vez que venho, mas há alguns anos já conheço as músicas de Alceu Valença”, contou. “Estou achando a cidade muito quente, mas também muito animada”, completou Pierre, que chegou na quinta-feira (23) e ainda não sabe quando vai embora.

O francês Pierre (direita) está em Pernambuco pela primeira vez (Foto: Lorena Andrade/G1)O francês Pierre (direita) está em Pernambuco pela primeira vez (Foto: Lorena Andrade/G1)

O francês Pierre (direita) está em Pernambuco pela primeira vez (Foto: Lorena Andrade/G1)

O farmacêutico Johnny Ramos, 29 anos, chegou nesta sexta de Aracaju para curtir o carnaval de Olinda pela sexta vez. Este ano, vai dividir uma casa com mais 20 pessoas na Rua Prudente de Morais, um dos principais focos da folia. Ele chegou de manhã e fica na cidade até a quarta-feira (1º) de cinzas.

“Não tenho vontade de conhecer outro carnaval, o de Olinda é maravilhoso demais. O clima da festa é gostoso, você se sente muito bem. Nunca me arrependo de passar o carnaval aqui”, afirmou. E o que não pode faltar na mala para aproveitar os dias de folia? “Muitas fantasias e animação”, revelou.

Johnny Ramos veio do Sergipe acompanhado de amigos para curtir o carnaval de Olinda pela sexta vez (Foto: Lorena Andrade/G1)Johnny Ramos veio do Sergipe acompanhado de amigos para curtir o carnaval de Olinda pela sexta vez (Foto: Lorena Andrade/G1)

Johnny Ramos veio do Sergipe acompanhado de amigos para curtir o carnaval de Olinda pela sexta vez (Foto: Lorena Andrade/G1)

A brasiliense Thaís Sarmento, 29 anos, é daquelas foliãs ansiosas que passam o ano pensando no carnaval. “Estava tão agoniada que desde junho eu já tentava reservar a pousada. O gerente pediu para eu esperar um pouco, e em setembro consegui fazer as reservas”, confessou. Pelo quarto ano consecutivo curtindo o carnaval em Olinda, Thaís chegou nesta sexta (24) e também só vai embora na quarta-feira (1º).

Ela veio acompanhada de três amigas, que vieram do Sergipe. Animadas, as meninas já aguardavam a festa na tarde desta sexta (24) nos Quatro Cantos de Olinda. “Estamos aqui à toa, esperando passar algum bloco. Temos que aproveitar tudo, todos os dias”, afirmou a advogada Virgínia Sarmento. “A gente aproveita cada segundo e faz questão de passar o carnaval aqui em Olinda, porque é uma festa livre, democrática, tem de tudo”, completou Bárbara Reis, 29, que encarou sete horas de ônibus para chegar à cidade.

Este grupo de amigas veio de Campina Grande e vai dividir uma casa com mais 37 pessoas (Foto: Lorena Andrade/G1)Este grupo de amigas veio de Campina Grande e vai dividir uma casa com mais 37 pessoas (Foto: Lorena Andrade/G1)

Este grupo de amigas veio de Campina Grande e vai dividir uma casa com mais 37 pessoas (Foto: Lorena Andrade/G1)

Carregando malas pesadas, ventilador e travesseiros pelas ladeiras de Olinda, as amigas Rafaela, Renata e Markeynya vieram de Campina Grande (PB). Vão dividir uma casa pequena com mais 37 pessoas na Rua Sete de Setembro durante os dias de folia. O desconforto, no entanto, não atrapalha em nada, revelam. “Estamos muito animadas. É a primeira vez que vamos passar o carnaval todo aqui, dividindo casa e aproveitando os quatro dias de festa”, contou a estudante Renata Barbosa, 19 anos (de branco na foto).

Mas também tem gente que é de Pernambuco e já está em Olinda para curtir o carnaval. Acompanhando o bloco da Escola Estadual Guedes Alcoforado, que desfilou na tarde desta sexta (24) pelas ladeiras do sítio histórico da cidade, a professora Ivone Bitencourt, 46 anos, é moradora de Olinda. Apaixonada pela época, ela também trouxe a filha Bárbara, 6 anos, pra curtir a festa. “Acho ótimo ter o bloco hoje, porque amo carnaval, então quanto mais festa, melhor. Começo a aproveitar hoje e só paro na quarta de cinzas”, contou.

A professora Ivone Bitencourt trouxe a filha Bárbara, fantasiada de alerquina, para curtir o carnaval de Olinda (Foto: Lorena Andrade/G1)A professora Ivone Bitencourt trouxe a filha Bárbara, fantasiada de alerquina, para curtir o carnaval de Olinda (Foto: Lorena Andrade/G1)

A professora Ivone Bitencourt trouxe a filha Bárbara, fantasiada de alerquina, para curtir o carnaval de Olinda (Foto: Lorena Andrade/G1)

13
COMENTÁRIOS
Rate this post



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.