NATAL RN-Em reunião com bancada federal, governo do RN pede emendas para construção de hospital na Grande Natal e recuperação de estradas



Reunião entre deputados, senadores do RN e gestores estaduais e municipais aconteceu nesta sexta-feira (4) em Natal. — Foto: Francielly Medeiros/Inter TV Cabugi

Reunião entre deputados, senadores do RN e gestores estaduais e municipais aconteceu nesta sexta-feira (4) em Natal. — Foto: Francielly Medeiros/Inter TV Cabugi

Em reunião com os deputados federais e senadores pelo Rio Grande do Norte, na manhã desta sexta-feira (4), a governadora Fátima Bezerra (PT) pediu emendas coletivas dos parlamentares para a saúde e a infraestrutura das estradas estaduais no orçamento de 2023.

Segundo a governadora Fátima Bezerra, o objetivo é construir um novo hospital de traumas para atender à demanda da região metropolitana de Natal e reformar estradas estaduais.

“Há necessidade de a gente ter um novo equipamento na área da saúde, um hospital referência em urgência de trauma, para que a gente possa atender à demanda da população que mais do que triplicou desde que o Hospital Walfredo Gurgel foi construído em 1971”, afirmou a governadora.

Sobre as estradas, Fátima afirmou que o governo já tem um plano de recuperação e construção de novos trechos que envolve investimentos de R$ 1 bilhão. “O governo vai destinar recursos próprios durante os quatro anos, para essa área, mas precisa de ajuda. Por isso trazer essa reivindicação para a bancada”, justificou.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB) também participou do encontro com os parlamentares do estado e pediu recursos para construção de um hospital municipal. A gestão municipal pretende construir a unidade em um terreno no bairro Pitimbu.

“Natal é a única capital do Nordeste que não possui um hospital municipal próprio. O nosso funciona em um prédio alugado. A necessidade é premente porque funciona precariamente, e nós precisamos desse hospital com 250 leitos, um hospital moderno, completo, que atenderá todas as especialidades e receberá pacientes de todas as zonas e bairros de Natal”, afirmou.

Entre emendas individuais e coletivas, a bancada federal do Rio Grande do Norte deverá indicar cerca de R$ 500 milhões no orçamento de 2023. Segundo o coordenador da bancada, deputado federal Benes Leocádio (União Brasil), 50% dos recursos previstos nas emendas individuais precisam ser investidos em saúde.

“Estamos recebendo as sugestões, as solicitações, as prioridades de cada entidade. E na próxima semana nos reuniremos em Brasília para definirmos quais poderão ser atendidas ou priorizadas dentro do espaço existente”, afirmou o parlamentar.

Além do governo e da prefeitura de Natal, outras prefeituras e órgãos como universidades também apresentaram solicitações de emendas, durante a reunião realizada no Centro de Convenções, em Natal. Ainda de acordo com o deputado, obras federais em andamento no estado, como a barragem de Oiticica e a duplicação da Reta Tabajara, também precisam ser incluídas.

bancada federal do Rio Grande do Norte tem até o dia 14 de novembro para enviar as atas com as propostas de emendas de 2023 para inclusão no orçamento que será votado no Congresso Nacional.

Veja os vídeos mais assistidos no g1 RN

 

50 vídeosCiclista se joga em carro para simular acidente durante protesto em ParnamirimPRF usa spray de pimenta para tentar liberar BR-101 em Parnamirim, RNTropa de Choque da PRF encerra bloqueio na BR-101 em Parnamirim

Veja também

Especial de Domingo

Ainda não recebi o convite para participar da equipe de transição ou para o ministério da Economia, diz Henrique Meirelles

Henrique Meirelles, ex-ministro da Economia, falou sobre os desafios do governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva com o orçamento de 2023. Para ele, PEC dá mais segurança, mas questão é o tempo.

6 de nov de 2022 às 20:20

PróximoLuzes em movimento aleatório são vistas por pilotos em voos entre São Paulo e Porto Alegre
Mais do G1
Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.