NATAL RN-banco de alimentos combate a fome em Natal


O banco de alimentos de Natal passou por um amplo processo de reestruturação e ampliação executado pela prefeitura. A medida tem como principal objetivo combater a fome e evitar o desperdício de alimentos. Autor da lei que instituiu o programa no âmbito do Município, estabelecendo critérios para que empresas, cooperativas e pessoas físicas do setor alimentício doem alimentos que não são considerados próprios para o comércio, mas que ainda são próprios para o consumo, o vereador Felipe Alves (União Brasil) celebra o reforço da iniciativa que tem contribuído para levar comida de qualidade para a mesa de quem mais precisa.

Advertisement

“A fome é o maior problema enfrentado no mundo atualmente. De acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU) mais de 800 milhões de pessoas estão em condição de insegurança alimentar em todo o planeta. A pandemia agravou essa realidade. Ao organizar e tirar do papel ações como o banco de alimentos, essa realidade é amenizada. Como autor da lei que instituiu o programa, fico muito feliz de ver que uma proposição nossa tem feito a diferença na vida da população carente e em situação de vulnerabilidade de Natal”, destacou o vereador Felipe.

Com esse processo de reestruturação, a capacidade de captação das doações ofertadas pelos parceiros do projeto foi ampliada, permitindo atender a um número maior de pessoas em situação de vulnerabilidade social, que são o público alvo da iniciativa. De forma criteriosa, as equipes técnicas da Prefeitura de Natal visitam os estabelecimentos comerciais parceiro do banco de alimentos e assinam os termos de adesão e doação; Os gêneros alimentícios são arrecados e transportados para a secretaria municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) que seleciona, pesa e destina os alimentos às instituições.

Atualmente 16 instituições filantrópicas são beneficiadas com as doações: São elas: 1 – Adote (Associação de Orientação aos Deficientes); Centro Sócio-pastoral Nossa Senhora da Conceição ; Aldeias SOS; ARPI; Casa da Criança; Casa do Menor Trabalhador de Natal; Patronato da Medalha Milagrosa; Centro Educacional Dom Bosco; Hatmo/RN; Centro Suvag/RN; Lar Fabiano de Cristo; Sociedade Professor Heitor Carrilho; Casa de Idosos Jesus Misericordioso; Juvino Barreto; Lar da Vovozinha e o Lar do Ancião Evangélico.

Só em 2021, o banco de alimentos do município arrecadou mais de cinco toneladas dos mais diversos gêneros, sobretudo, os oriundos das Feiras de Agricultura Familiar coordenadas pela própria Prefeitura. Com a reorganização, a expectativa é que esse número possa chegar, já que novos parceiros estão aderindo a iniciativa. A Redemais, o Favorito, a Verdefrut e o Rotary assinaram o protocolo de adesão ao programa e serão doadores regulares.

“A iniciativa privada tem um papel preponderante no sucesso da iniciativa. É salutar a chegada desses novos parceiros. Com essa união de esforços não iremos vencer a fome, mas amenizaremos muito esse problema. Parabéns as empresas e instituições que se uniram e vão ajudar a fortalecer o banco de alimentos”, ressaltou o vereador.

A lei de autoria do vereador Felipe Alves foi o grande impulsionador da chegada de mais parceiros a iniciativa: “Com o respaldo jurídico que passamos a ter com a Lei e diante do programa, temos agora a segurança necessária para contribuir. Sabemos que as indústrias têm muito desperdício em seus refeitórios mas, agora, com essa nova realidade iremos ajudar e vamos avançar muito na luta contra a fome em Natal”, comentou Juliano Martins, superintendente do SESI/RN e representante da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte – FIERN, que está fazendo essa articulação junto a classe produtiva da cidade.

 Sede: Rua dos Caiacós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
 Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
 Redação: (84) 98117-5384 – [email protected]
 Comercial: (84) 98117-1718 – [email protected]
Logo Agência Poseidon Publicidade
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.

Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.