GUAMARÉ-MACAU-CARNAUBAIS-PENDÊNCIAS-ALTO DO RODRIGUES-ASSU-IPANGUASSU-RN-Petroleiros do RN promovem ato público em defesa do Pré-sal e da Petrobras


IMG-20140916-WA0010_1O Sindicato dos Petroleiros e Petroleiras do Rio Grande do Norte (SINDIPETRO-RN) promove hoje, 19, um ato público em defesa do Pré-sal, da Petrobras e do Brasil. A manifestação terá início às 8h, em frente ao portão principal de acesso à sede administrativa da Companhia, na Cidade da Esperança, em Natal.

A Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN convida a categoria petroleira norte-riograndense a participar do Ato Público em defesa do Pré-sal, da Petrobrás e do Brasil. A manifestação será realizada nesta sexta-feira, 19, a partir das 8h00, em frente ao portão principal de acesso à sede administrativa da Companhia, na Cidade da Esperança, em Natal.

O evento tem caráter unitário e conta com o apoio de centrais sindicais e entidades representativas de diversos segmentos sociais. São amplos setores preocupados com os rumos que o debate eleitoral vem tomando, com proposições e ideias que defendem o fim da política de conteúdo nacional, do modelo de partilha e da Petrobrás como operadora única do Pré-sal.

Os petroleiros e todos os trabalhadores que sofreram na pele as consequências das políticas neoliberais não aceitam retrocessos. Com o Pré-sal, o Brasil poderá ingressar em um novo período histórico. Um futuro com desenvolvimento econômico soberano, socialmente justo, em que o trabalho seja amplamente valorizado. Garantir que essa riqueza sirva aos interesses da maioria da Nação é o nosso maior objetivo.

 

Rate this post



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.