GIRO PELO MUNDO- Zuckerberg conta que sugestão de Steve Jobs moldou Facebook como é hoje


4277_2_L-644x336

SÃO PAULO – Nascido em um dormitório de colégio, o Facebook tinha uma função muito clara nos seus primeiros dias: conectar estudantes universitários. Gradualmente, Mark Zuckerberg foi entendendo que a rede social era muito maior que um grupo social e transformou a empresa no que ela é hoje: a forma de comunicação mais usada na terra.

Mas houve um momento que o empreendedor duvidou do caminho. E foi Steve Jobs que o recolocou na órbita, mostra o Business Insider. “No começo, as coisas não iam bem. Estavámos em uma fase difícil e muitos tentavam comprar o Facebook. Foi quando eu conheci o Steve Jobs e ele me disse que eu teria que visitar um templo na Índia para perceber que o que eu acreditava era o futuro da companhia”, conta Zuckerberg.

ÚLTIMO DIA para garantir sua vaga no Accelerator Day. Se você tem ou quer ter uma startup, não pode ficar de fora!. VEJA AQUI!

O templo foi o mesmo que Steve visitou no começo da Apple e que ajudou muito para ele perceber que a sua visão do futuro era a correta. Zuckerberg visitou a Índia e passou um mês viajando pelo país – percebendo que o mundo seria muito melhor se todos tivessem a oportunidade de se conectar.

“Isso reforçou para mim a importância do que estávamos fazendo e eu vou sempre lembrar isso”, disse. Depois da viagem, Zuckerberg superou a fase ruim que o Facebook passava e rejeitou todas as oportunidades de vender a empresa.

Hoje, o Facebook é líder na Índia e a iniciativa internet.org de Zuckerberg ajuda milhões de pessoas daquele país a se conectarem na internet pela 1ª vez. Graças à Steve Jobs.



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.