Ex-diretor da Petrobras delata parlamentares, governador e ministro em esquema de corrupção Read more: http://oglobo.globo.com/brasil/ex-diretor-da-petrobras-delata-parlamentares-governador-ministro-em-esquema-de-corrupcao-


Costa

Delação premiada: Costa, que teve papel decisivo em diferentes fases da construção de Abreu e Lima, é ameaça – Givaldo Barbosa / Agência O Globo

PUBLICIDADE

BRASÍLIA e RIO — O ex-diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras, Paulo Roberto Costa, aceitou termos de um acordo de delação premiada e começou a falar sobre o esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef. Preso pela Polícia Federal (PF) na operação Lava-Jato, Costa já denunciou o envolvimento de deputados de três partidos, senadores e de pelo menos um governador com o desvio de dinheiro da Petrobras.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nesta sexta-feira que todos os nomes dos políticos mencionados pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa numa série de depoimentos iniciados semana passada serão enviados ao Supremo Tribunal Federal (STF).

– Todos os termos da delação premiada serão submetidos ao Supremo . Cabe ao Supremo decidir o que é e o que não é (consistente) – disse Janot ao GLOBO.

O procurador-geral não quis confirmar nome ou número de autoridades citadas, sustentando que o sigilo faz parte da negociação do processo de delação premiada. Já tramita em segredo de Justiça no STF sob a relatoria do ministro Teori Zavascki.

Os depoimentos de Paulo Roberto têm sido explosivos e estão sendo encarados com toda reserva pelos procuradores. Ao final de cada interrogatório, as declarações são criptografadas e guardadas num computador sem internet. Os depoimentos começaram na sexta-feira passada e ainda não há prazo para conclusão da nova etapa da chamada Operação Lava Jato.

Pelas investigações da Polícia Federal, empreiteiras com contratos com a Petrobras fizeram pagamentos suspeitos ao doleiro Alberto Yousseff a partir de transações com empresas laranjas. A suspeita é que o dinheiro tenha abastecido campanhas eleitorais. Um dos supostos chefes da estrutura de desvio seria Paulo Roberto. Durante as investigações, a polícia recebeu a informação de que o ex-diretor mantinha U$ 23 milhões em 12 contas na Suíça.

Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”,Costa afirmou em depoimento que os desvios nos contratos da Petrobras envolveriam desde funcionário do terceiro escalão até a cúpula da empresa. De acordo a “Folha de S. Paulo”, integrantes de PT, PMDB e PP estariam envolvidos no esquema de corrupção.

Ainda segundo a “Folha de S. Paulo”, o ex-diretor da Petrobras deu o nome de 12 senadores, 49 deputados federais e um governador. Já o “Estado de S. Paulo” afirma que Costa citou pelo menos 32 deputados e senadores, um governador e cinco partidos políticos que receberiam comissão sobre contratos da Petrobras.

O site da revista “Veja”, por sua vez, diz que “três governadores, seis senadores, um ministro de Estado e pelo menos 25 deputados federais embolsaram ou tiraram proveito de parte do dinheiro roubado dos cofres da estatal”.

‘A CRISE É SÉRIA’, DIZ ASSESSOR PALACIANO

PUBLICIDADE

A revelação dos primeiros detalhes do depoimento de Paulo Roberto Costa levou grande preocupação ao governo e à campanha da presidente Dilma Rousseff. O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), Thomas Traumann, iria para o Rio de Janeiro mas desistiu da viagem e permaneceu em Brasília para monitorar os desdobramentos da situação. A presidente Dilma Rousseff e o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil), por sua vez, reuniram-se à noite no Palácio da Alvorada.

— A crise é séria — justificou um assessor palaciano.

De acordo com integrantes da campanha da presidente, o clima é de grande apreensão em relação aos nomes de políticos que seriam divulgados. Dentro do PT, avalia-se a possibilidade inclusive de se cancelar o evento que a presidente terá com taxistas hoje em São Paulo.

Read more: http://oglobo.globo.com/brasil/ex-diretor-da-petrobras-delata-parlamentares-governador-ministro-em-esquema-de-corrupcao-13848773#ixzz3CUO6P7XJ



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.