CEARA CE-Agricultores rifam bezerro para pagar curso de medicina da filha na Argentina: ‘Sempre foi o sonho dela’



Cearense de 19 anos, Kailany Pinheiro estuda medicina em Buenos Aires, na Argentina

00:00/02:07

Cearense de 19 anos, Kailany Pinheiro estuda medicina em Buenos Aires, na Argentina

Se formar em medicina para ajudar e “aliviar a dor do próximo”. Esse é o sonho da cearense Kailany Pinheiro da Silva, que estuda medicina em Buenos Aires, na Argentina. Para custear seus estudos, familiares estão rifando um bezerro em Quixeramobim, no interior do estado. O sorteio da rifa ocorre na manhã deste sábado (19).

Kailany tem 19 anos e é filha de agricultores. Desde pequena, sonha em se tornar médica com um único e exclusivo motivo: servir. Matricular-se na faculdade de medicina foi só alegria para ela e seus familiares.

“Desde pequena sempre foi meu sonho estudar medicina. Ajudar e aliviar a dor do próximo. Quero servir as pessoas. E a medicina foi a profissão com a qual eu mais me identifiquei. Conseguir chegar aqui foi um sentimento indescritível para mim. Quero me esforçar para ser uma excelente médica, para ajudar meus pais, toda minha região e a todas as pessoas que eu puder”, disse Kailany ao g1.

 

Apoio dos pais

 

A cearense Kailany Pinheiro da Silva estuda medicina em Buenos Aires, na Argentina — Foto: Arquivo pessoal

A cearense Kailany Pinheiro da Silva estuda medicina em Buenos Aires, na Argentina — Foto: Arquivo pessoal

Se manter em outro país, contudo, não é fácil. Kailany conta com ajuda dos pais, que fazem de tudo para que ela conclua os estudos. Para a viagem até Buenos Aires, familiares sortearam uma televisão e conseguiram cerca de R$ 10 mil.

Agora, eles fazem a rifa de um bezerro para conseguir enviar mais dinheiro para ajudar a manter Kailany na Argentina. O ponto na rifa custa R$ 10, e o dinheiro pode ser enviado pela chave PIX [email protected]

“A gente se viu assim, a gente já para ficar no vermelho e não sabia o que fazer. A gente tinha um impressora dela aqui em casa, a gente vendeu e conseguiu o dinheiro para comprar o bezerro para o sorteio. Sempre foi o sonho dela”, disse a agricultora Juliana Pinheiro, mãe de Kailany.

 

Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.