A PALAVRA DO DIA-Firmes, constantes e sempre abundantes…


firmes-constantes

“Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor” 1 Coríntios 15:57-58.

Quando Paulo termina de explicar sobre a nossa ressurreição e como Jesus nos dá vitória sobre a morte, ele rompe em ações de graças e ao mesmo tempo nos exorta: “Graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.” E conclui: “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” Portanto é como dizer: Por causa desta vitória que já possuímos em Cristo, devemos ser firmes, constantes e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo…”

Curioso desta exortação é que o apóstolo usa palavras que parecem sinônimas. Dá a impressão de que ele está repetindo as palavras e até sendo redundante. Veja por exemplo: firmes e constantes, que também pode ser traduzido como “inabaláveis”. O que ele está realmente nos dizendo?

FIRMES – εδραιοσ hedraios de um derivado de hezomai (sentar- se); TDNT- 2:362,200; adj 1) que está sentado, sedentário 2) firme, imóvel, constante, inabalável.

INABALÁVEIS OU CONSTANTES – αμετακινητοσ ametakinetos de 1 (como partícula negativa) e um derivado de 3334;; adj 1) inamovível, firme, estável 2) metáf. firmemente persistente.

Ele está dizendo: fique aí no seu lugar, não se mexa, fique plantado e imóvel. Não apenas plantado, mas não permita que te removam para outro lugar ou condição fora da obra que esta fazendo. Pensando nisso, vale a pena refletir “hoje”, neste dia, sobre quantas circunstâncias, pessoas, demônios e coisas tentam nos mover da nossa firmeza na obra do Senhor Jesus. Esta recomendação apostólica me faz lembrar da resposta a um convite que Neemias recebeu: “Sambalate e Gesém mandaram dizer- me: Vem, encontremo- nos, nas aldeias, no vale de Ono. Porém intentavam fazer-me mal. Enviei-lhes mensageiros a dizer: Estou fazendo grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria a obra, enquanto eu a deixasse e fosse ter convosco?” Neemias 6:2-3 – Quando estamos seguros sobre a obra que realizamos, não podemos e não devemos nos mover. Não devemos “descer”. Não podemos “parar” a obra.

O conselho de Paulo parece que e segue redundante quando diz: SEMPRE ABUNDANTES.

SEMPRE – παντοτε pantote de 3956 e 3753;; adv 1) em todos os tempos, sempre, constantemente.

ABUNDANTE – περισσευω perisseuo de 4053; TDNT- 6:58,828; v 1) exceder um número fixo previsto, ter a mais e acima de um certo n/mero ou medida 1a) ter em excesso, sobrar 1b) existir ou estar a mão em abundância 1b1) ter muito (em abundância) 1b2) algo que vem em abundância, ou que transborda, algo que cae no campo de alguém em grande medida 1b3) contribuir para, despejar abundantemente para algo 1c) abundar, transbordar 1c1) ser abundantemente suprido com, ter em abundância, abundar em (algo), estar em afluência 1c2) ser preeminente, exceder 1c3)1c3) exceder mais que, superar 2) fazer abundar 2a) fornecer ricamente a alguém de modo que ele tenha em abundância 2b) tornar abundante ou excelente “Abundância” é usado de uma flor florescendo de um botão até abrir completamente.

Até a tradução da palavra “abundante” é abundante 🙂

Lembre-se que ele está se referindo a OBRA DO SENHOR – Sempre abundante na OBRA DO SENHOR. Paulo deixa clara em seus escritos a sua carga com relação ao progresso na obra do Senhor. Até os dons espirituais devem, segundo o apóstolo, progredir a fim de edificar a igreja. Parece a parábola dos talentos.

“Assim, também vós, visto que desejais dons espirituais, procurai progredir, para a edificação da igreja. Pelo que, o que fala em outra língua deve orar para que a possa interpretar.” 1 Coríntios 14:12-13

Ou seja, SEMPRE ABUNDANTE… Se nós desejamos dons espirituais, devemos desejar também progredir neles para a edificação do corpo de Cristo, que é a igreja.

Paulo conclui com um conhecimento que deve permear a nossa mente continuamente. Ele disse: SABENDO. Sabendo o que? “Que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão.” CREMOS NESTA VERDADE?

No amor do Senhor Jesus,

Sérgio Franco

Rate this post



Comentários com Facebook




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.