Vereador afirma que acusado de ameaças a Joaquim Barbosa é um “desequilibrado”


RN-QUA-INT-P

As ameaças do militante do Partido dos Trabalhadores, Sérvolo de Oliveira, que morou em Natal, ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa foram comentadas pelo vereador Fernando Lucena (PT) em entrevista ao RN Acontece nesta quarta-feira (14).

“Ele [Sérvolo] ficou me dando uma ajuda na Câmara em alguns projetos”, disse o vereador que ainda esclarecendo disse que “ele não chegou a ser nomeado, então, ele não era assessor”.

A notícia da ameaça ao presidente do STF foi publicada na revista nacional Veja no último domingo (11) e repercutida na imprensa local. “Ele é um desequilibrado. Ameaça não se faz a ninguém”, completou Fernando Lucena (PT).

O militante petista que trabalhou em Natal no ano passado, Sérvolo de Oliveira está sendo acusado pela Polícia Federal como um dos autores das ameaças ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa.

O vereador também acredita que o episódio não prejudica o PT local. “Não, não tem nada a ver. Para nós é um fato passado” e destaca que o fato ganhou mais repercussão porque tinha envolvimento com de um componente petista. “É uma campanha orquestrada contra o PT. A elite brasileira não admite as mudanças que o país teve, mas o povo quer”. 

Fernando Lucena (PT) também comentou as declarações do ex-presidente Lula a uma emissora portuguesa afirmando que o Mensalão Petista teve praticamente 80% de decisão política e 20% jurídica. “Eu também concordo com Lula. Está aí a prova, só estão presos os do PT”.

Com relação à eleição presidencial, o vereador Fernando Lucena (PT) falou que a presidente Dilma Rousseff (PT) vai ter três adversários. “O candidato mais forte é a mídia golpista, ou seja, a Veja, Globo, Folha de São Paulo, Estadão e os demais que reproduzem o que eles fazem.  Esse é o candidato mais forte contra o PT hoje. Depois vem o pré-candidato a presidência, Aécio Neves (PSDB) e o cabra de Pernambuco (pré-candidato a presidência, Eduardo Campos  do PSB).

A queda na popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT) não preocupa o PT, de acordo com o vereador. “O ex-presidente Lula quando aparecer na telinha vira o jogo. Não temos preocupação com isso”.  Segundo indicadores da pesquisa CNI/Ibope divulgada em março, contatou que de novembro de 2013 a março de 2014, o percentual da população brasileira que considera o governo Dilma ótimo ou bom caiu sete pontos: de 43% para 36%.

Outro assunto que entrou em pauta na entrevista foi a pleito estadual e a aliança entre o PT e o PSD. “Vamos ganhar as eleições! Inclusive, estou torcendo para que Henrique não desista. Eu tenho andando por aí e o acordão, a arca de Noé esta vazando água por todos os lados. Mossoró foi um recado claro, onde foi derrotada as três oligarquias de uma vez só”.

Ao final da entrevista, o vereador Fernando Lucena (PT) comentou a desclassificação das empresas no processo de licitação da Urbana. “Queria parabenizar a direção da Urbana em não aceitar chantagem de empresa nenhuma e fazer cumprir a lei. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) seriamente tinha dito que o valor era de R$ 341 milhões.

A Comissão Permanente de Licitação da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (CPL/Urbana) considerou desclassificadas todas as propostas apresentadas pelas empresas, Construtora Marquise S/A e Vital Engenharia Ambiental S/A, participantes do processo licitatório da limpeza urbana de Natal. A desclassificação ocorreu devido aos valores apresentados pelas empresas. 



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.