TOUROS RN-Potiguares relatam visão de objeto e estrondo no céu; astrônomos explicam fenômeno



Objeto visto no céu por moradores de vários municípios do Rio Grande do Norte

1 minObjeto visto no céu por moradores de vários municípios do Rio Grande do Norte

00:00/00:04

Objeto visto no céu por moradores de vários municípios do Rio Grande do Norte

Moradores de vários municípios do Rio Grande do Norte relataram ter visto um objeto e escutado um estrondo no céu, na noite desta quarta-feira (3). Para astrônomos ouvidos pelo G1, o evento foi a entrada de um meteoro na atmosfera.

O caso aconteceu por volta das 22h. Há relatos de moradores de João Câmara, Parazinho, Touros, São Miguel do Gostoso e Parnamirim. Na região metropolitana de Natal, no entanto, o barulho não teria sido tão grande.

“Era como se fosse uma pedra que vinha com fogo se desfazendo, com uma coloração azul”, afirmou a dona de casa Jeane Nascimento, que viu o fenômeno em Parnamirim.

Para o professor José Dias do Nascimento, que atua na área de Astronomia e Astrofísica do departamento de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, o objeto era um meteoro que se desfez ao entrar na atmosfera.

“É um meteoro que entra na atmosfera e com o atrito deixa esse risco no céu, e pode explodir. Ocorre em todo o ano, em certas épocas de forma mais intensa. Entre Touros e Aracati é uma região que tem bastante ocorrência dessa entrada de meteoros. É um fenômeno natural e não traz riscos”, reforçou.

Posicionamento semelhante teve o professor da UFRN e astrônomo José Renan de Medeiros. “Devido à velocidade altíssima, além da queima, há o estrondo. Se sobrou algum pequeno fragmento dessa pedra, ele não oferece risco de contaminação”, afirmou.

Objeto foi visto no céu em vários municípios do Rio Grande do Norte. — Foto: Reprodução

Objeto foi visto no céu em vários municípios do Rio Grande do Norte. — Foto: Reprodução

Mais do G1



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.