Seria assombração? Menina mumificada em 1920 abre os olhos 94 anos depois


imagensa-da-mumua-300x250e

Uma criança de 2 anos que faleceu em 1920 teve seu corpo embalsamado por um médico logo após sua morte. A menina, porém, tem chamado a atenção recentemente, após aparecer com os olhos abertos, 94 anos depois.

Rosália Lombardo morreu ao sofrer uma forte pneumonia em Palermo, na Itália. Seu pai, desolado, chamou o médico conhecido como Dr. Alfredo Salafaia, a fim de embalsamar o corpo da criança. O homem havia estudado técnicas de mumificação nas tumbas faraônicas do Egito.

Recentemente, o cadáver de Rosália foi encontrado nas Catacumbas Capuchinhas de Palermo. Entre todos os corpos achados, o da menina era o único que permanecia totalmente intacto.

Uma câmera programada para registrar imagens de hora em hora foi posicionada, a fim de fotografar a criança. Foi percebido que os olhos de Rosália se abriam e fechavam todos os dias, intrigando as pessoas. Muitos consideraram o fato como um milagre, afirmando que a menina seria uma santa. Mas a ciência, porém, não vai ao encontro das alegações.

Segundo as explicações, os flashes gerados pelas câmeras causam uma fotodecomposição do corpo, e, juntamente com a oscilação de umidade, faz com que os olhos de Rosália se abram e se fechem de tempos em tempos. Os cabelos, cílios, sobrancelhas e demais pelos do corpo também se tornaram loiros, devido aos efeitos da umidade.

O antropólogo Pombino Mascali conseguiu descobrir a fórmula usada pelo Dr. Alfredo Salafaia para embalsamar tão bem o corpo da menina. Esta continha formol,álcool, ácido salicílico, glicerina e sais de zinco, gerando um poderoso composto.

O corpo de Rosália pode ser visitado em Palermo, na Itália. Ele encontra-se em exposição dentro de um pequeno caixão com tampa de vidro, em uma capela na catacumba descoberta.

Sequência de imagens:



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: [email protected]

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.