Sem Lula, Bolsonaro lidera disputa pela presidência no RN


No Rio Grande do Norte, mesmo sem poder concorrer, o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), faz toda diferença quando investigadas as intenções de voto para a eleição presidencial. Foi o que pesquisa Fiern/Certus revelou após investigar a questão, por meio de dois cenários: um com Lula outro sem.

Sem Lula, Bolsonaro lidera disputa pela presidência no RN
Sem Lula, Bolsonaro lidera disputa pela presidência no RN

No primeiro, com pergunta estimulada, o ex-presidente alcança os 50,21% das intenções de votos. Seguindo ele vem o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 13,62%; Ciro Gomes (PDT), 4,61%; Marina Silva (Rede), 3,12%; Geraldo Alckmin (PSDB), 1,56%; Álvaro Dias (Podemos), 1,13%. “Nenhum”, 18,09% e “Não sabe”, 6,10%.

Quando nome de Lula é retirado, o deputado Bolsonaro assume a liderança, com 15,25%, seguido por Fernando Haddad (PT), 11,49%; Ciro, 10,28%; Marina, 8,44%; Alckmin, 2,91%; Álvaro, 2,34%. No segundo cenário, sem Lula, o percentual de indecisos sobe para 11,21% e o de pessoas que rejeitam todos os candidatos quase duplica,. indo a 35,67%.

Quando a pesquisa é espontânea, Lula lidera isolado. Foto: Reprodução Fiern

Quando a pesquisa é espontânea, Lula lidera isolado. Foto: Reprodução Fiern

A maior rejeição é a do deputado Jair Bolsonaro, com 26,66%. Na pergunta espontânea, Lula aparece com 30,64% contra 11,42% de Bolsonaro. Todos os demais candidatos sequer passam dos 3%, cada. O nome do ex-presidente constou na pesquisa porque ela foi realizada antes da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de barrar a candidatura.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os números: RN-06196/2018 e BR-07862/2018. Foram realizadas 1.410 entrevistas domiciliares entre os dias 24 e 27 de agosto de 2018.

Os entrevistados foram eleitores maiores de 16 anos residentes nas oito regiões do estado do Rio Grande do Norte e a margem de erro é de 3,0% para mais ou para menos.

Candidatos a senador no RN estão emparelhados
Na pesquisa atual, quatro candidatos estão tecnicamente empatados. Foto: Reprodução Fiern

Na pesquisa atual, quatro candidatos estão tecnicamente empatados. Foto: Reprodução Fiern

Quando o assunto é a eleição para o Senado, o cenário não aparece tão nítido quanto para presidente e para governo. Os quatro principais candidatos têm percentuais que os colocal praticamente empatados, quando aplicada a margem de erro.

Com base na metodologia de apuração do TSE (voto 1 + voto 2), o Capitão Styvenson Valentim (Rede, tem 10,85%, o senador Garibaldi Alves Filho (MDB) 10,39%; a deputada federal Zenaide Maia (PHS), 8,48%; e o ex-senador Geraldo Melo (PSDB), 7,41%.

O deputado Antônio Jácome aparece com 3,65%; a ex-atleta Magnólia Figueiredo (SD) 1,67%; o médico Alexandre Motta (PT) 1,49%; e Ana Célia (PSTU), 1,17%.

Com informações do Portal OP9.

Sem Lula, Bolsonaro lidera disputa pela presidência no RN
Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *