SÃO PAULO SP-BRASIL-Timão segura pressão do Fla, desperta no segundo tempo e passeia na Arena


  • DESTAQUECLASSIFICAÇÃO E PRÓXIMOS JOGOSCom o resultado, o Corinthians chega aos 25 pontos, mesmo número do líder Palmeiras, que joga amanhã contra o Sport. Na próxima rodada, o Timão pega a Chapecoense, sábado, fora de casa. Já o Flamengo tem sua escalada contida e sofre um baque. Com 20 pontos, a equipe está em sétimo. Domingo que vem, enfrentará o Atlético-MG, em Brasília.

  • DESTAQUEPÚBLICO E RENDAPúblico pagante: 32.577
    Público presente: 32.960
    Renda: R$ 2.025.123,50

  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPOMais finalizações, menos passes errados, mais roubadas de bola e mais escanteios. Os números do primeiro tempo contam bem: o Flamengo foi melhor nos primeiros 45 minutos. Não foi um baile ou coisa assim. Longe disso. Mas o Rubro-Negro teve mais chances de abrir o placar do que o Corinthians. O Timão tentou fazer uma pressão inicial, mas as melhores chances foram da equipe carioca. O goleiro Cássio teve de trabalhar e foi bem com duas boas defesas. O meia Ederson acertou a trave. Na melhor chance que teve, com Marquinhos Gabriel, o Corinthians parou em Alex Muralha.

  • DESTAQUESEGUNDO TEMPOAgora, esqueça tudo o que leu até aqui. Passe a borracha. Porque o segundo tempo foi todo do Corinthians. O Flamengo teve uma única chance, aos 11 do segundo tempo. Depois, viu o Corinthians passear e não teve forças para suportar o adversário. Romero marcou o primeiro aos 14. E o Rubro-Negro sentiu o abalo. Não conseguiu mais trocar passes e nem marcar o rival. Virou passeio. Guilherme, aos 32, Rildo, aos 34, e novamente Romero, aos 43, decretaram a goleada. Sem dó.

  • DESTAQUEANJO MAUJá são 14 gols em Itaquera (só um a menos que Paolo Guerrero, o artilheiro do estádio) e 13 gols marcados em 2016. O paraguaio Ángel Romero foi decisivo neste domingo. Foi ele quem comandou o time na goleada sobre o Rubro-Negro. Com dois gols, o paraguaio ofuscou o peruano do Flamengo.

  • DESTAQUEDECEPÇÃOGuerrero até que fez um bom primeiro tempo, mas sumiu na segunda etapa. Não conseguiu fazer nada que incomodasse os zagueiros e mais uma vez perdeu a cabeça. Aos 39 do segundo tempo, desentendeu-se com o zagueiro corintiano Paulo Henrique e recebeu cartão amarelo. Como estava pendurado, prejudica o time e está fora da partida contra o Atlético-MG, domingo que vem.

  • DESTAQUECRITÉRIOS DE HÉBERO árbitro, como de hábito, não passou sem ser notado. No fim do primeiro tempo, um lance chamou a atenção. Aos 40 minutos, Ederson sofreu entrada dura do lateral Fagner. Fagner também acertou a bola, mas aplicou uma tesoura no camisa 10 Rubro-Negro. O juiz sequer marcou falta. E mais: expulsou o técnico do Flamengo, Zé Ricardo, por reclamação. Pouco depois, aos 45, Ederson fez uma falta normal em Fagner e recebeu amarelo. No segundo tempo, no lance que originou o primeiro gol do Timão, marcou uma falta duvidosa de Jorge em Rodriguinho.

  • DESTAQUEArão: “Perdemos a concentração. Bola parada. Foi um erro nosso. Jogo foi equilibrado até o primeiro gol, estávamos jogando bem criando chances. Temos que levantar a cabeça para a próxima partida.”

     

    Romero: ” Não sei porque vocês falam isso. Agora estou jogando. Aí aconteceu isso.”

LANCE A LANCE

  • 47′2º TEMPO

    Fim de jogo! Vitória do Corinthians!

  • 46′2º TEMPO

    Corinthians toca a bola. O Flamengo só observa.

  • 45′2º TEMPO

    Rodinei machuca o braço e fica caído no gramado com muitas dores.

    rib8344

Avalie esta postagem



Levany Júnior

Levany Júnior é Advogado e diretor do Blog do Levany Júnior. Blog aborda notícias principalmente de todo estado do Rio Grande do Norte, grande Natal, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau, Assú, Mossoró e todo interior do RN. E-mail: levanyjunior@blogdolevanyjunior.com

Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *