SÃO JOSÉ DE MIPIBU RN-A ambulância do Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros, em São José de Mipibu


Segundo direção do hospital, ambulância foi utilizada para serviço administrativo, em caráter excepcional, no intuito de sanar um problema emergencial para conter a infiltração na enfermaria da unidade

Reprodução/Redes Sociais

As imagens foram divulgadas na última sexta-feira, 10, gerando grande repercussão no município localizado na Região Metropolitana de Natal

A ambulância do Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros, em São José de Mipibu, foi flagrada, em fotos que circulam nas redes sociais, realizando o transporte de sacos de cimento. As imagens foram divulgadas na última sexta-feira, 10, gerando grande repercussão no município localizado na Região Metropolitana de Natal.

A fotografia do caso, compartilhada pelo aplicativo WhatsApp, exibe um homem – sem identificação de que se trata de servidor público – colocando um saco de cimento dentro do veículo público.

Procurada pela reportagem do Agora RN, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) confirmou o conteúdo da imagem e informou, ainda, que vai apurar o fato ocorrido no Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros. O órgão ressaltou que vai  tomar as providências cabíveis.

Ainda de acordo com a pasta estadual, a partir de esclarecimentos prestados pela direção do hospital de São José de Mipibu, a ambulância foi utilizada para serviço administrativo, em caráter excepcional, no intuito de sanar um problema emergencial para conter a infiltração na enfermaria da unidade.

A direção do hospital esclareceu, ainda, que o veículo administrativo da unidade também estava em serviço, mas em deslocamento para abastecimento de medicamentos, motivo pelo qual não pôde ser utilizado na ocasião.

Além disso, o hospital ressalta que a ambulância é de uso exclusivo para transportar pacientes, mas, em razão das infiltrações causadas pelas chuvas da última semana,  caso o problema não fosse sanado, os pacientes internados poderiam sofrer graves consequências em razão das intempéries.

Publicidade



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.