SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-Rede Estadual de educação do RN usa Inteligência Artificial para combater evasão escolar


Rede Estadual de educação do RN usa Inteligência Artificial para combater evasão escolar

O cenário de abandono escolar é preocupante em todo Brasil e não é diferente no Rio Grande do Norte. De acordo com a Secretária de Estado da Educação e da Cultura (SEEC), no Ensino Médio o índice de evasão escolar chegou aos 11,6% no ano passado. Para enfrentar o problema, a Secretaria decidiu usar a inteligência artificial para revelar que estudantes possuem risco de evasão antes que ela ocorra.

A ideia é que as escolas do RN consigam prever e traçar estratégias de combate ao problema, como explica a coordenadora de Gestão de Informação e Tecnologia na SEEC, professora Ana Paula Flor. “Por meio da tecnologia, nós conseguimos fazer uma prevenção para evitar essa evasão. O SIGEduc traz essa funcionalidade em que se utiliza a predição e mostra os estudantes que têm alto risco de evadir durante o ano letivo”.

Ainda segundo a coordenadora, os esforços feitos pelos órgãos de ensino no país sempre são voltados para agir após o momento da evasão. “Entendemos que o abandono escolar não é um problema exclusivo do Rio Grande do Norte, isso está encaixado no cenário nacional. A Unesco vem desenvolvendo ano a ano um trabalho de busca ativa, na qual vamos atrás do estudante que está fora da escola há um ou dois anos. É um trabalho importante que está remediando uma situação das redes de ensino, porém não se antecipa ao problema”, conta Ana Paula.

Ela revela ainda que o Rio Grande do Norte está se adiantando ao fazer um trabalho de prevenção, no qual se utiliza a Inteligência Artificial (IA). “Nós disponibilizamos para gestores de escolas e regionais, além dos professores, todos aqueles alunos que têm alto início de evadir, no início do ano letivo, para que os educadores possam atuar e evitar que eles abandonem a escola”, complementa. Ler mais…

Foi publicado, hoje (22), no Diário Oficial da União o decreto relativo ao Relatório Extemporâneo de Avaliação de Receitas e Despesas de Novembro de 2019, com liberação de todas as despesas discricionárias (não obrigatórias) contingenciadas (bloqueadas) em meses anteriores.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.