SÃO GONÇALO DO AMARANTE RN-OMS RECOMENDA DOIS MEDICAMENTOS PARA REDUZIR RISCO DE MORTE POR COVID 07/07/2021 às 13:30por Daltro Emerenciano(0) deixe seu comentário Foto: Janiecbros/istock A Organização Mundial da Saúde (OMS)passou a recomendar o uso dos medicamentos para artrite Actemra, da Roche, e Kevzara, da Sanofi


OMS RECOMENDA DOIS MEDICAMENTOS PARA REDUZIR RISCO DE MORTE POR COVID

Foto: Janiecbros/istock

Organização Mundial da Saúde (OMS)passou a recomendar o uso dos medicamentos para artrite Actemra, da Roche, e Kevzara, da Sanofi, com corticosteróides, para pacientes com covid-19 graves. A recomendação veio após um estudo com cerca de 11 mil pacientes mostrar que os dois remédios reduzem o risco de morte pela doença e a necessidade de ventilação mecânica.

A análise de dados do estudo mostrou que o risco de morte em 28 dias para pacientes que recebem um desses medicamentos com corticosteroides, como a dexametasona, é de 21%, em comparação com um risco presumido de 25% entre aqueles que recebem o tratamento padrão para covid-19.

O estudo foi feito com o King’s College, de Londres, a Universidade de Bristol, a Universidade College London e o Guy’s and St Thomas’ NHS Foundation Trust, e publicado na terça-feira na revista especializada Journal of the American Medical Association.

Ambos os medicamentos são injetáveis e indicados no tratamento da artrite reumatoide grave, ativa e progressiva.  Em estudos, foi observado que as drogas podem influenciar na resposta inflamatória nos pulmões de pacientes em estado grave ocasionado pela covid-19.

Os medicamentos não atacam diretamente o novo coronavírus, mas inibem uma resposta imunológica anormal chamada ‘tempestade de citocinas’, que causa a inflamação nos pulmões.

A Food and Drug Administration (FDA), a agência americana equivalente à Anvisa, já concedeu autorização para uso de emergência do Actemra para tratamento de pacientes hospitalizados com covid-19 em estado grave. No Brasil, ainda não há essa autorização.

Catraca Livre

DEPUTADOS REJEITAM URGÊNCIA PARA PROJETO QUE CRIA CERTIFICADO DE IMUNIZAÇÃO

Foto; Pablo Valadares

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira (6) o regime de urgência para o Projeto de Lei 1674/21, do Senado Federal, que cria o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS), permitindo a seu portador livre ingresso em áreas públicas e privadas sem atender a restrições de aglomeração, uma espécie de passaporte de imunizados.

Para ser aprovado, um requerimento de urgência precisa do apoio de um mínimo de 257 votos, mas o pedido obteve apenas 232 votos favoráveis. Outros 232 deputados votaram contra o regime de urgência e 4 se abstiveram.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

GOLPE DO AMOR: POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITA POR ESTELIONATO E EXTORSÃO EM MOSSORÓ

Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN

Policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher de Mossoró (DEAM), em ação conjunta à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres/MT (DEDM Cáceres/MT), Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) e Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), prenderam, nesta quarta-feira (07), Camila Alessandra Souza Albuquerque, 30 anos. Ela foi detida em Mossoró.

Em desfavor de Camila Alessandra, existia um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça de Cáceres/MT, em decorrência da prática do “golpe do amor”, que consiste em crimes de estelionato e extorsão por meio cibernético.

Investigações realizadas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres/MT, ao longo de seis meses, apontaram que a vítima, além da violência psicológica, teve um prejuízo financeiro de mais de 100 mil reais. Após a prisão, a investigada foi interrogada na DEAM/Mossoró.

Ela foi conduzida à delegacia e, em seguida, foi encaminhada ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população envie informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

NATAL: VEREADORES PRESTIGIAM ASSINATURA DE ORDEM PARA CONSTRUÇÃO DE 70 KM DE CALÇADAS

Foto: Divulgação/Alex Régis

Na manhã da terça-feira (6), vereadores da Câmara Municipal de Natal participaram da cerimônia de assinatura da Ordem de Serviço para início das obras de reforma e construção de mais de 70 km de calçadas nos bairros em torno da Arena das Dunas.  A solenidade ocorreu no salão nobre da Prefeitura, onde o prefeito assinou o documento na presença de secretários municipais, lideranças comunitárias e dos vereadores Aldo Clemente (PSD) e Robson Carvalho (PDT) e da vereadora Nina Souza (PDT), líder da bancada governista na Câmara.

Os parlamentares destacaram a importância do projeto ser executado e como deve beneficiar toda a população. “Essa Ordem de Serviço abre pontes para organizar a infraestrutura e melhorar a qualidade de vida da população. É uma obra que coloca Natal no rumo do progresso, dando condições para as pessoas com mobilidade reduzida e melhorando a imagem para quem nos visita”, destacou Nina Souza.

O vereador Aldo Clemente, presidente da Comissão de Planejamento Urbano, Meio Ambiente e Habitação da Câmara, enfatizou que a obra representa um avanço para a população e para o turismo. “Contempla a infraestrutura da cidade que impacta diretamente na vida do cidadão quando melhora a mobilidade. É um trabalho que vai contribuir para o que a gente deve votar no Plano Diretor que vai chegar à Câmara neste ano”, disse.

O prefeito Álvaro Dias ressaltou que a obra está dentro da filosofia da gestão de modernizar e planejar Natal para as pessoas que moram nela. “É um trabalho para embelezar e modernizar a cidade, tornando-a mais agradável para que as pessoas possam usufruir. É a finalidade desta e de outras obras que fizemos e que ainda vamos fazer para melhorar a cidade. e torná-la ainda melhor para se viver”, declarou.

De acordo com o secretário de Obras do Município, Carlson Gomes, serão investidos R$ 29 milhões em mais de 70 km de calçadas. “É como se fosse numa distância de Natal a Canguaretama. Dessa forma, vamos contribuir para tornar a cidade mais planejada e com organização, incluindo a identificação de logradouros e também sinalizando nas calçadas as linhas de ônibus que passam na via”, informou.

COM MEDO DE VIRAR JACARÉ, TROCAR DE SEXO E ATÉ MORRER, INDÍGENAS RECUSAM VACINA CONTRA COVID

Foto:Reprodução

A difusão de fake news está gerando desinformação inclusive nas aldeias do país. Documentos em poder da CPI da Covid mostram que grupos indígenas ficaram com medo de tomar vacina depois de terem acesso a notícias falsas sobre supostos efeitos causados pelos imunizantes. Eles relataram ao Ministério da Saúde que rejeitaram ser vacinados com receio de virar jacaré, de mudar de sexo, de contrair o HIV e até de morrer.

Entre as razões apontadas pela pasta para justificar essas reações, as mais comuns são a disseminação da desinformação e a influência de grupos religiosos que pregam contra a vacina. Procurado, o Ministério da Saúde sustenta que, apesar disso, a vacinação vem sendo feita e que 74% dessa população já recebeu a segunda dose.

A pasta organiza a assistência à saúde indígena por meio de 34 distritos sanitários especiais (DSEIs). Desses, 19 têm relatórios disponíveis sobre as recusas dos índios em aceitar a vacina, além de estratégias para superar a resistência. A maioria é de março e abril. Por serem um grupo prioritário, os indígenas que vivem em aldeias estão entre os primeiros brasileiros a serem imunizados contra a Covid-19. O relato mais comum foi o de fake news, com 23 casos.

Em três localidades diferentes no DSEI Médio Purus, no Sul do Amazonas, houve relato de medo de virar jacaré, e em duas o temor era de que homens virassem mulheres e vice-versa. Em uma delas, 229 índios rejeitaram a imunização por motivos religiosos e fake news, que “foram reforçadas com vídeos amadores que mostram pessoas se transformando em jacaré”, relata o ministério. Nesse mesmo local, outros índios “diziam que a vacina era produzida com partículas do vírus HIV, chip da besta e restos mortais”.

“Os DSEIs iniciaram a Campanha de Vacinação, e aqueles que identificaram dificuldades para o alcance da meta foram orientados a aplicar o plano de sensibilização, uma vez que o principal motivo de resistência nos territórios indígenas ocorre devido à circulação de notícias falsas”, diz trecho da nota técnica assinada por Robson Santos da Silva, titular da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).

Plano de sensibilização

O plano de sensibilização inclui visitas a aldeias, rodas de conversa, campanhas de conscientização e elaboração de vídeos com a participação dos próprios índios na língua materna da tribo.

Em entrevista ao Globo, o secretário de Saúde Indígena disse que o ministério tem atuado na capacitação de agentes para explicar sobre os benefícios da vacinação.

O Globo

 

PERFIL DO APRESENTADOR SIKÊRA JR. É DERRUBADO NO INSTAGRAM APÓS COMENTÁRIOS HOMOFÓBICOS

Foto: Reprodução

Sikêra Jr., apresentador da RedeTV!, teve seu perfil derrubado no Instagram nas últimas horas. Com mais de seis milhões de seguidores, o comunicador vinha sofrendo críticas por ter feito comentários homofóbicos no final de junho. Desta vez, teve uma de suas redes sociais suspensas.

O profissional do canal paulista já havia perdido 37 anunciantes por conta do comentário de que gays são uma “raça desgraçada”, ao atacar uma campanha publicitária de uma marca de restaurante que apoiou o Dia do Orgulho LGBTQIA+.

O perfil Sleeping Giants Brasil, no Instagram, criou uma campanha nas redes sociais e ganhou o apoio de milhares de internautas para pressionar empresas que anunciavam seus produtos no programa e cancelaram patrocínios.

O pedido de desculpas de Sikêra Jr.

Na semana passada, Sikêra se desculpou. “Eu quero pedir licença aos meus colegas, aos meus diretores, pra falar algo que está me incomodando desde a última sexta-feira. Eu venho recebendo milhares de mensagens (de pessoas) incomodadas com o comentário que eu fiz sobre o comercial que se utilizou de crianças para promover a diversidade sexual. Eu recebi apoio de muitos, mas também fui alvo de muitas críticas e ataques. Sei também que colegas de trabalho que atuam nesse canal também foram atacados”, começou.

“Ninguém está imune de errar. Como eu falei, eu tenho a responsabilidade de pedir desculpas publicamente. Eu aprendi muito com essa lição. Vou seguir aqui na batalha para defender a família tradicional, para defender as crianças, mas sem nunca desrespeitar quem pensa diferente de mim. Aqui não tem censura nesse programa. Vou continuar defendendo a família brasileira. Você que se sentiu ofendido, eu lhe peço perdão. Me extrapolei, como revoltado com o que eu vi naquele comercial, que eu continuo contra. Você que se sente ofendido, o que eu posso fazer agora como humano, como homem de bem, é dizer: Me perdoe. Minha opinião continua a mesma, viva a família brasileira!”, completou.

Por Na telinha/ UOL

 

MULHER É PRESA APÓS TENTAR APAGAR TOCHA OLÍMPICA COM PISTOLA D’ÁGUA; VEJA VÍDEO

Foto: Reprodução

Uma mulher foi presa por tentar apagar a tocha olímpica usando uma pistola d’água. Ela borrifou o líquido contido no brinquedo em um corredor de revezamento da tocha no leste do Japão, no domingo (4).

Kayoko Takahashi, de 53 anos, foi presa pela polícia na cidade de Mito, na província de Ibaraki, cerca de 100 quilômetros a nordeste de Tóquio, sob suspeita de obstrução forçada.

Um vídeo filmado por seu parceiro de 17 anos, Hotori Amano, mostra Takahashi esguichando líquido de uma pistola d’água e gritando “apague o fogo da tocha, sou contra as Olimpíadas de Tóquio!” (assista acima).

Imediatamente depois, o pessoal de segurança correndo com o portador da tocha a detém e leva embora.

De acordo com relatos da mídia japonesa, Takahashi admitiu as acusações.

Amano, que conversou com a agência Reuters na terça-feira (6), disse que não fazia ideia de que sua namorada carregava uma pistola d’água e tinha planos de interromper o revezamento da tocha.

Ele também disse que o casal, de Hitachi, é contra a realização das Olimpíadas de Tóquio, mas veio assistir ao revezamento porque aprecia os eventos festivos.

As Olimpíadas de Tóquio estão programadas para começar em 23 de julho. Com informações do Globo Esporte.

PF CUMPRE MANDADOS NO RN E MAIS 3 ESTADOS CONTRA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE LAVAVA DINHEIRO DO TRÁFICO DE DROGAS

 Foto: PF/Cedida

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira(07),  a Operação Terra do  Sol II, com o objetivo de desarticular organização criminosa que lavava dinheiro oriundo do tráfico de entorpecentes.

Aproximadamente 50 policiais federais cumprem 6 mandados de prisão preventiva e 11 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara de Entorpecentes de Natal, nas cidades de Parnamirim, na região metropolitana da capital potiguar, além de Rio Branco, Teresina e Curitiba. Além disso, medidas de sequestro de contas e bens também estão sendo objeto de cumprimento.

As investigações tiveram início em 2018 quando um homem residente em Natal/RN tentou depositar a quantia de R$ 48 mil para uma conta de uma agência bancária no Acre. Ocorre que no momento em que o funcionário do banco solicitou o documento de identidade e passou a analisar o RG fornecido, o depositante rapidamente se evadiu do local deixando o dinheiro no balcão do caixa.

Com o aprofundamento das investigações, bem como a análise financeira feita pelo Ministério Público Federal em procedimento que transitava na Procuradoria da República do RN, descobriu-se que o depósito era na verdade uma  movimentação financeira de um grupo de traficantes e de supostos lavadores de dinheiro envolvidos na rota de tráfico entre o Acre e o Rio Grande do Norte.

Ainda de acordo com as investigações, a organização criminosa teria movimentado cifras superiores a R$ 1,5 milhão em suas contas.

 

AO VIVO: CPI OUVE ROBERTO DIAS, EX-DIRETOR DO MINISTÉRIO DA SAÚDE ACUSADO DE PEDIR PROPINA

Ex-diretor do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias chega para prestar depoimento à CPI da Covid, no Senado – Foto:  Marcos Oliveira/Agência Senado

A CPI da Pandemia ouve  nesta quarta-feira (7) o ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias. Ele foi exonerado do cargo em junho, depois da denúncia de que teria pedido propina para autorizar a compra da vacina AstraZeneca pelo governo federal. Dias nega a acusação.

A denúncia foi feita pelo policial militar Luiz Paulo Dominguetti, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, com sede nos Estados Unidos. Em depoimento à CPI, ele afirmou ter recebido um pedido de propina para a compra de 400 milhões de doses do imunizante. Segundo Dominguetti, Dias teria cobrado US$ 1 por dose.

Roberto Ferreira Dias negou, em fala inicial à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, ter pedido propina ao cabo da PM mineira e vendedor autônomo da Davati Medical Supply, Luiz Paulo Dominguetti Pereira.

Também disse que a mensagem enviada na noite de 20 de março deste ano ao servidor Luis Ricardo Miranda, irmão do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), se tratava do desembaraço da importação de doses da AstraZeneca, e nada teria a ver com o processo de compra da Covaxin. Segundo Dias, o lote da vacina chegaria no dia seguinte ao aeroporto de Guarulhos (SP), com presença do então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

 

PRESIDENTE DO HAITI É ASSASSINADO EM CASA DURANTE A NOITE, DIZ PREMIÊ

Foto: © REUTERS/Andres Martinez Casares

O presidente do Haiti, Jovenal Moise, foi assassinado a tiros por agressores não identificados em sua residência durante a noite, em “um ato desumano e bárbaro”, disse o primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph, nesta quarta-feira (7).

A esposa de Moise foi ferida e estava recebendo atendimento médico, disse Joseph em comunicado.

O ataque ocorre em meio ao crescimento da violência política na empobrecida nação caribenha. Com o Haiti dividido politicamente e enfrentando crescente crise humanitária e desabastecimento de alimentos, há temores da disseminação da desordem.

“Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do Estado e proteger a nação”, disse Joseph. Disparos de armas de fogo podiam ser ouvidos em toda a capital do país.

Porto Príncipe vem sofrendo com um aumento da violência entre gangues e entre esses grupos e a polícia pelo controle das ruas.

A violência foi alimentada pelo aumento da pobreza e da instabilidade política. Moise enfrentou protestos ferozes desde que assumiu a Presidência em 2017, com a oposição acusando-o, neste ano, de tentar impor uma ditadura ao ampliar seu mandato e se tornar mais autoritário – acusações que ele negava.

Agência Brasil/ Por Reuters

TURISTAS SÃO ASSALTADOS NA SAÍDA DE RESTAURANTE NA ZONA SUL DE NATAL

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Turistas foram assaltados na saída de um restaurante no bairro Ponta Negra, na noite desta terça-feira (6), em Natal. Na ação, os criminosos chegaram a empurrar uma das vítimas, que se feriu na perna.

Minutos após o crime, a Polícia Militar prendeu quatro suspeitos e conseguiu recuperar o material roubado. Os assaltantes foram levados para a Central de Flagrantes da Zona Sul da capital.

Segundo a polícia, os dois turistas, uma mulher e o filho dela, estavam saindo do restaurante localizado na avenida Roberto Freire, quando foram abordados por criminosos que chegaram ao local em um carro.

Dois teriam decido e outros dois ficaram dentro do veículo. Na abordagem, os assaltantes tomaram celulares, uma corrente e uma carteira. Eles agiram violentamente e chegaram a empurrar a mulher, que caiu.

A polícia foi acionada e, com a característica dos assaltantes e do veículo, conseguiu interceptar os suspeitos, detidos em flagrante.

No domingo (4), um turista de 48 anos foi morto com um tiro de arma de fogo após uma tentativa de assalto na praia de Cotovelo, em Parnamirim, região metropolitana de Natal. Com informações do G1

MANDATO DE WALTER ALVES ENCAMINHA MAIS DE R$ 1 MILHÃO PARA SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Fotos: Dkalisson

O deputado federal Walter Alves(MDB), em visita ao município de São José de Mipibu nesta terça-feira(06), apresentou ao prefeito José de Figueiredo Varela(MDB), indicações de emendas parlamentares que beneficiam o município com recursos na ordem de R$ 1.282.000,00 (um milhão duzentos e oitenta e dois mil reais), destinados à infraestrutura, saúde e aquisição de dois tratores com implementos agrícolas.

O parlamentar do MDB foi recebido pelo gestor municipal e assessores na sede do Executivo municipal, ocasião em que reafirmou o compromisso de continuar apoiando a atual gestão mediando assuntos do município pendentes na capital federal, como também direcionando mais recursos para auxiliar na manutenção da máquina pública.

O prefeito Zé Figueiredo agradeceu ao deputado pelo encaminhamento dos recursos, dizendo que “os valores são bem vindos, uma vez que o funcionamento da máquina pública, principalmente no tocante à Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, os recursos pactuados para a manutenção e funcionamento da unidade são insuficientes, levando o município a complementar os custos com valores que ultrapassam meio milhão de reais”.

Deixando a sede da Prefeitura Municipal o gestor municipal, acompanhado de assessores levou Walter Alves para conhecer as obras de ampliação na UPA Geraldo de Souza, inaugurada em 2018, passando a contemplar a população do município e de cidades da circunvizinhança com procedimentos de urgência e emergência traumáticas e não traumáticas, realização de exames laboratoriais, eletrocardiográficos e radiológicos para diagnosticar situações de urgência e emergência, apoio ao atendimento de unidades móveis do Corpo de Bombeiros e SAMU, como referência para pacientes com emergências, que possam lá ser resolvidas no local, ou apoio médico às unidades básicas ou intermediárias, e estabilização de pacientes com emergências, removendo-os imediatamente após regulação para hospital de referência.

O presidente estadual do MDB também visitou as instalações da usina de oxigênio, que entrou em funcionamento nesta terça-feira, passando a atender as demandas das unidades de saúde do município, como também oferecer suporte para outros municípios.



Comentários com Facebook




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.